VI ou VIM: Mostrando o número de linhas

Publicado por Gabriel Duarte Guimarães Costa em 06/10/2008

[ Hits: 79.989 ]

Blog: http://kinuxlinux.org/gabriel_duarte

 


VI ou VIM: Mostrando o número de linhas



Estava querendo que o VI/VIM mostrasse o número de linhas do documento, como acontece em algumas IDEs, pois isso é muito útil para programar! Depois de uma pequena pesquisa, descobri que após abrir o arquivo você pode digitar em modo de comando:

:set number

e as linhas aparecerão na lateral esquerda, indicando o número de cada linha. Caso queira voltar ao modo normal (sem as linhas), digite:

:set nonumber

Outra opção é colocar os comandos dentro do arquivo de configuração. No meu caso o VIM usava o padrão, que fica localizado em /etc/vimrc, mas como não tinha permissão para modificá-lo, copiei o arquivo de configuração em meu home, renomeei-o como .vimrc e modifiquei-o:

cp /etc/vimrc .vimrc
$ vi .vimrc


Adicione a linha "set number" e pronto!

Entre no VI/VIM e verá que os números das linhas entram automaticamente.

Meu .vimrc:

if v:lang =~ "utf8$" || v:lang =~ "UTF-8$"
   set fileencodings=utf-8,latin1
endif

set nocompatible        " Use Vim defaults (much better!)
set bs=indent,eol,start         " allow backspacing over everything in insert mode
"set ai                 " always set autoindenting on
"set backup             " keep a backup file
set viminfo='20,\"50    " read/write a .viminfo file, don't store more
                        " than 50 lines of registers
set history=50          " keep 50 lines of command line history
set ruler               " show the cursor position all the time
set number # Linha que adicionei
" Only do this part when compiled with support for autocommands
if has("autocmd")
  " In text files, always limit the width of text to 78 characters
  autocmd BufRead *.txt set tw=78
  " When editing a file, always jump to the last cursor position
  autocmd BufReadPost *
  \ if line("'\"") > 0 && line ("'\"") <= line("$") |
  \   exe "normal! g'\"" |
  \ endif
endif

if has("cscope") && filereadable("/usr/bin/cscope")
   set csprg=/usr/bin/cscope
   set csto=0
   set cst
   set nocsverb
   " add any database in current directory
   if filereadable("cscope.out")
      cs add cscope.out
   " else add database pointed to by environment
   elseif $CSCOPE_DB != ""
      cs add $CSCOPE_DB
   endif
   set csverb
endif

" Switch syntax highlighting on, when the terminal has colors
" Also switch on highlighting the last used search pattern.
if &t_Co > 2 || has("gui_running")
  syntax on
  set hlsearch
endif

if &term=="xterm"
     set t_Co=8
     set t_Sb=^[[4%dm
     set t_Sf=^[[3%dm
endif

Outras dicas deste autor

Nova distribuição: Terabeauts

Lançado o FltkEmu

Leitura recomendada

Procurando uma solução para multimídia?

Como colocar vídeos em documentos PDF

Como usar o Ubuntu vencido?

EasyVMX, criador de máquinas virtuais para VMware-Player

Adicionando o repositório UserAndLinux (UALinux) no Ubuntu 20.04

  

Comentários
[1] Comentário enviado por PotHix em 07/10/2008 - 09:53h

Apenas um:
set nu

Já resolve por aqui! =)

Há braços

[2] Comentário enviado por slacker.d em 20/03/2013 - 16:15h

Boa dica...
set nu e set nonu, aqui já funfa tambem, valeu pelo post, e valeu PotHix...

[3] Comentário enviado por keryton em 29/01/2014 - 12:11h

Excelente dica. Consegui enumerar e de quebra colorir com o comando "syntax

[4] Comentário enviado por removido em 11/06/2016 - 20:28h

(set number # Linha que adicionei)
Apenas modifique o # por " pra não mostrar um erro no vim toda vez que você roda ele.



Contribuir com comentário