Slackware + Gentoo - Dual-boot sem live-CD/USB

Publicado por Jose Mario em 19/03/2014

[ Hits: 5.019 ]

 


Slackware + Gentoo - Dual-boot sem live-CD/USB



Salve, galera.

Vou fazer uma demonstração de instalação de um Dualboot com o Slackware e o Gentoo.

Vou instalar o Gentoo pelo Slackware através do chroot.

Obs.: a instalação do Gentoo requer bastante tempo, antes de começar a instalar, planeje bem.

Vídeo da parte 1:

Vídeo da parte 2:

Adiantarei os procedimentos de "baixar o stage 3 e o Portage", configurar o make.conf. Os links estão na referência.

Instalação - Primeira parte

O começo da instalação do dualboot:

# mkdir /mnt/gentoo
# mkfs.ext4 /dev/sda2
# mount /dev/sda2 /mnt/gentoo
# tar -jxpvf stage3-amd64-20140313.tar.bz2 -C /mnt/gentoo
# tar -jxpvf portage-latest.tar.bz2 -C /mnt/gentoo/usr
# cp -L /etc/resolv.conf /mnt/gentoo/etc/
# mount -t proc proc /mnt/gentoo/proc
# mount --rbind /sys /mnt/gentoo/sys
# mount --rbind /dev /mnt/gentoo/dev
# chroot /mnt/gentoo /bin/bash
# echo "pt_BR ISO-8859-1" >> /etc/locale.gen
# echo "pt_BR.UTF-8 UTF-8" >> /etc/locale.gen
# locale-gen


# nano /etc/env.d/02locale
 LANG="pt_BR.UTF-8"
 LC_COLLATE="C"


# env-update && source /etc/profile

Configuração

Configurei o make.conf, vou deixar o link:
Tive que ter atenção nessa parte, pois estou usando máquina virtual

CFLAGS="-march=native -fomit-frame-pointer -O2 -pipe"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"
CHOST="x86_64-pc-linux-gnu"
FEATURES="parallel-fetch"
ACCEPT_KEYWORDS="amd64"
MAKEOPTS="-s -j2"    #altere para sua realidade
ACCEPT_LICENSE="*"

INPUT_DEVICES="evdev keyboard synaptics vmouse"    #altere para sua realidade
VIDEO_CARDS="vmware"    #altere para sua realidade

Depois de ter salvado o make.conf, movo ele para /mnt/gentoo/etc/portage/, com outro terminal:

# emerge --sync
# emerge -av gentoo-sources


Copiei o .config do Slackware, por outro terminal, para o Gentoo:

# cd /usr/src/linux
# make menuconfig
    #rodei esse comando para verificar se está tudo ok no .config

Salve e feche

# make bzImage
# make modules
# make modules_install
# cp arch/x86/boot/bzImage /boot/kernel
    #sua versão

Tive que criar o initramfs, porque se não, dá erro:

# emerge -av genkernel
# genkernel --install initramfs


fstab

Configuro o fstab:

/dev/sda2                       /                   ext4    noatime          0 1
/dev/sda3                       none             swap    sw                 0 0
/dev/sda4                       /home           ext4    noatime          0 2
/dev/cdrom                    /mnt/cdrom    auto    noauto,ro        0 0

Outras configurações

Crie o nome da sua máquina:

# nano /etc/conf.d/hostname

Teclado:

# nano -w /etc/conf.d/keymaps

keymap=”br-abnt2

Relógio:

# nano -w /etc/conf.d/hwclock

clock="local"

# cp /usr/share/zoneinfo/America/Sao_Paulo /etc/localtime
# passwd

# emerge -av pciutils
# emerge -av dhcpcd
# rc-update add dhcpcd default


Agora, vou configurar o lilo.conf do Slackware (a referência de configuração do LILO, vou deixar na descrição).

Rodo o comando em outro terminal

# ls -al /dev/disk/by-uuid/     #listar minhas partições

# nano /etc/lilo.conf    #acrescente o que está abaixo, adaptando à sua realidade

# Gentoo
image = /mnt/gentoo/boot/( seu_kernel)
  root = /dev/disk/by-uuid/( seu_uuid )
  label = Gentoo
  initrd = /mnt/gentoo/boot/( seu initramfs-genkernel )
  append="real_root=/dev/sda( o numero correspondente )"
  read-only

# lilo

Obs.: para o LILO adicionar o Gentoo, a partição raiz dele, deve estar montada neste momento, para que possa carregar o Gentoo e salvar as configurações.

Depois, crio um guia de instalação ( gentoo_segunda_parte ) e movo para a pasta do Gentoo /mnt/gentoo/root.

# exit

Desmonto o sistema:

# exit
# cd
# umount -l /mnt/gentoo/dev{/sys,/pts,}
# umount -l /mnt/gentoo{/proc,}
# reboot


Instalação - Segunda parte

# emerge -pv xorg-drivers
# echo "x11-base/xorg-server udev" >> /etc/portage/package.use
# emerge -av xorg-server
# env-update && source /etc/profile

# eselect profile list
# eselect profile set 3
# emerge -av twm xterm

# startx
    #para ver se está funcionando

Instalando o Xfce

Obs.: como estou usando a mesma partição /home para os 2 sistemas, usei nome de usuarios diferentes para cada um.

# useradd -m -G users,cdrom,cdrw,usb,video,audio,wheel -s /bin/bash seu_usuario
# passwd seu_usuário
# emerge -av xfce4-meta xfce4-notifyd
# emerge -av x11-terms/xfce4-terminal
# env-update && source /etc/profile


Criei um .xinitrc:

echo "exec startxfce4 --with-ck-launch" > ~/.xinitrc

# reboot


Depois vamos ver se está funcionando devidamente .

Obs.: para quem quiser instalar somente o Gentoo, pode usar o guia acima.

A única coisa que terá que fazer diferente, é usar um live-CD/live-USB, partionar o HD (exemplo: em 3 partições ) com cfdisk ou outra ferramenta semelhante :

# cfdisk /dev/sda
 sda1  <-------  /        #essa  será  a  raiz  (marque  essa  como  bootável)

 sda2  <-------  SWAP        #essa  será  a  SWAP

 sda3  <------  /home        #essa  será  sua  home


Terão que formatar e montar as partições:

# mkfs.ext4 /dev/sda1
# mount /dev/sda1 /mnt/gentoo
# mkswap /dev/sda2
# swapon /dev/sda2
# mkfs.ext4 /dev/sda3


* Não monte a /home agora, acrescente ela no fstab, que ela inicializa quando você sair do live-CD, ou live-USB, e estiver logado no Gentoo.

Prefira adicionar seu usuário somente quando você estiver logado no Gentoo . Caso queira adicionar seu usuário na instalação (não recomendo), terá que montar a /home .

# mkdir /mnt/gentoo/home
# mount /dev/sda3 /mnt/gentoo/home


O restante, é seguir a dica.

Deixe pra instalar o GRUB quando estiver quase terminando a parte do live-CD ou live-USB .

Para instalar o GRUB, dá uma olhada aqui:

Referências


Sobre o Gentoo, dicas e artigos com Alberto Federman Neto.

Links

make.conf:
stage3/Portage:
Xfce:
Configuração do LILO no Slackware:
Este é um guia que pode ser adptado a outras realidades. O limite, é apenas sua curiosidade!

Obrigado pela atenção, Salve!

Outras dicas deste autor

Puppy Linux : Instalação e configuração

Patchs no i3-WM e Dmenu - "Automagicamente" compilando e aplicando

GitHub - Gerenciando repositório pelo terminal

Instalando Slackware ou Debian em HD (formato GPT) com Secure Boot / UEFI

Script gerenciador e configurador para QEMU

Leitura recomendada

MC - Gerenciador de arquivos em modo texto do Linux

Recuperando a senha de root de forma simples e rápida

Skype + Webcam usando X11 no lugar do XV com o Driver SIS 671 em Debian/Ubuntu

Utilização de SSH com par de chaves criptográficas

27 e 28/10 - III Fórum Goiano de Software Livre

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 19/03/2014 - 01:00h

Grande, parabéns pelo trabalho... Favoritado

[2] Comentário enviado por zezaocapoeira em 19/03/2014 - 09:21h


[1] Comentário enviado por tropper em 19/03/2014 - 01:00h:

Grande, parabéns pelo trabalho... Favoritado


Salve tropper . Obrigado .

[3] Comentário enviado por lcavalheiro em 19/03/2014 - 14:11h

Caralho, mano, você está de parabéns! Fico orgulhoso de ver gente que nem você aqui no VOL, gente que se interessa, corre atrás, aprende e passa a desenvolver suas próprias soluções pras merdas que enfrentamos no dia-a-dia. Você tá de parabéns mesmo, cara!

[4] Comentário enviado por zezaocapoeira em 19/03/2014 - 14:13h


[3] Comentário enviado por lcavalheiro em 19/03/2014 - 14:11h:

Caralho, mano, você está de parabéns! Fico orgulhoso de ver gente que nem você aqui no VOL, gente que se interessa, corre atrás, aprende e passa a desenvolver suas próprias soluções pras merdas que enfrentamos no dia-a-dia. Você tá de parabéns mesmo, cara!


Salve Icavalheiro . Obrigado .

[5] Comentário enviado por albfneto em 22/03/2014 - 18:00h

Muito boa essa Dica, favoritada.

Matou a Pau!

Uma mão na roda para quem for instalar Gentoo.

podia ter publicado isso como Artigo, invés de Dica.

Sensacional! Parabéns!

[6] Comentário enviado por zezaocapoeira em 22/03/2014 - 18:47h


[5] Comentário enviado por albfneto em 22/03/2014 - 18:00h:

Muito boa essa Dica, favoritada.

Matou a Pau!

Uma mão na roda para quem for instalar Gentoo.

podia ter publicado isso como Artigo, invés de Dica.

Sensacional! Parabéns!


Salve albfneto . Obrigado .

[7] Comentário enviado por xerxeslins em 09/08/2014 - 14:01h

Melhor dica que eu já vi no VOL. Concordo com albfneto, podia ser artigo para ganhar mais visibilidade. Abraço, fera!

[8] Comentário enviado por zezaocapoeira em 09/08/2014 - 20:40h

Salve mano . Obrigado . Já enviei o artigo pra moderação .

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 12:27h

Uma dúvida: a instalação nesse caso, necessita de uma partição livre para o Gentoo, nada mais natural. No caso é /dev/sda2.

Porém, veja minha situação:

sda1 e sda2 estão sendo usados para Windows.

Sda3 para raiz do Slackware e sda4 para swap.

Seria possível eu montar uma partição dentro da raiz do slackware (ou seja, ainda em sda3), instalar o gentoo lá e dar boot por ela no LILO, criar outra partição só pra gentoo?

Sei que seria melhor uma partição separada. Mas diante da minha situação fiquei com essa dúvida e curiosidade.

Se alguém souber, comente aí!

Abraço!

[10] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/08/2014 - 12:33h


[9] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 12:27h:

Uma dúvida: a instalação nesse caso, necessita de uma partição livre para o Gentoo, nada mais natural. No caso é /dev/sda2.

Porém, veja minha situação:

sda1 e sda2 estão sendo usados para Windows.

Sda3 para raiz do Slackware e sda4 para swap.

Seria possível eu montar uma partição dentro da raiz do slackware (ou seja, ainda em sda3), instalar o gentoo lá e dar boot por ela no LILO, criar outra partição só pra gentoo?

Sei que seria melhor uma partição separada. Mas diante da minha situação fiquei com essa dúvida e curiosidade.

Se alguém souber, comente aí!

Abraço!


Salve mano . Como tá particionado seu hd , somente partições primárias , primárias e logicas , tem espaço livre disponivel , home é separada ?

[11] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 12:45h



Comentário enviado por zezaocapoeira:

Salve mano . Como tá particionado seu hd , somente partições primárias , primárias e logicas , tem espaço livre disponivel , home é separada ?


apenas partições primárias. Ou seja, não posso ter mais de 4 partições.

Mas realmente, eu fiquei curioso pra saber se tem como instalar um linux dentro do outro e dar boot. Mesmo se eu não tivesse essa limitação das partições.

[12] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/08/2014 - 12:58h


[11] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 12:45h:



Comentário enviado por zezaocapoeira:

Salve mano . Como tá particionado seu hd , somente partições primárias , primárias e logicas , tem espaço livre disponivel , home é separada ?

apenas partições primárias. Ou seja, não posso ter mais de 4 partições.

Mas realmente, eu fiquei curioso pra saber se tem como instalar um linux dentro do outro e dar boot. Mesmo se eu não tivesse essa limitação das partições.


Eu faria da seguinte forma .

Com um liveCD que tenha o gparted deletaria a swap , reduziria a partição do Slackware o máximo possível .

Criaria uma partição lógica , e nela uma partição para o Gentoo , uma para swap e uma partição para a home .


Alteraria o fstab do Slackware , pelo chroot , adicionando a swap nova . E rodando o # lilo .

Suponho que sua home esta na mesma partição da raiz do Slackware . Deixe a home do Slackware ai "nao mexa nela agora"

Daria boot nos sistemas para ver se estão dentro dos conformes .

estando tudo ok , continuemos


instalo o Gentoo conforme a dica , na partição criada pra ele adiciono e a home do Gentoo na partição criada pra ser a HOME , adiciono ele no lilo.conf conforme a dica .


Apos um boot dos sistemas funcionado corretamente , logo no Slackware "( copio a home do Slackware para a nova partição home , e seto ela no fstab do Slackware , e renomeio a home antiga para BACKUP-home deixando no mesmo local , para caso de erro ele possa ser contornado facilmente .

rodo # lilo

Faço login no Slackware novamente pra ver se está tudo ok .

Estando tudo ok prosseguimos com o Gentoo


Obs > quando for criar o usuario do Gentoo crie com nome diferente do usuario do Slackware , exemplo " xerxes-gentoo" pra nao dar conflito .

Aqui na minha maquina uso a mesma partiçao home para os dois .

Essa é minha sugestão .





[13] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 13:06h


[12] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/08/2014 - 12:58h:


[11] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 12:45h:



Comentário enviado por zezaocapoeira:

Salve mano . Como tá particionado seu hd , somente partições primárias , primárias e logicas , tem espaço livre disponivel , home é separada ?

apenas partições primárias. Ou seja, não posso ter mais de 4 partições.

Mas realmente, eu fiquei curioso pra saber se tem como instalar um linux dentro do outro e dar boot. Mesmo se eu não tivesse essa limitação das partições.

Eu faria da seguinte forma .

Com um liveCD deletaria a swap , reduziria a partição do slackware o máximo possível .

recriaria uma partição lógica , e nela uma partição para o Gentoo e uma partição para a home .


Alteraria o fstab do Slackware , pelo chroot , adicionando a swap nova . E rodando o # lilo .

Suponho que sua home esta na mesma partição da raiz do Slackware . Deixe a home do Slackware ai "nao mexa nela agora"

Daria boot nos sistemas para ver se estão dentro dos conformes .

estando tudo ok , continuemos


instalo o Gentoo conforme a dica , na partição criada pra ele e a home do Gentoo na partição criada pra ser a HOME adiciono ele no lilo


Apos um boot dos sistemas funcionado corretamente , logo no Slackware "( copio a home do Slackware para a nova partição home , e seto ela no fstab do Slackware , e renomeio a home antiga para BACKUP-home , para caso de erro ele possa ser contornado facilmente .

rodo # lilo

e logo novamente pra ver se está tudo ok .


Obs &gt; quando for criar o usuario do Gentoo crie com nome diferente do usuario do Slackware , exemplo " xerxes-gentoo" pra nao dar conflito .

Aqui na minha maquina uso a mesma partiçao home para os dois .

Essa é minha sugestão .






sugestão anotada!

Valeu!

[14] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/08/2014 - 13:09h


[13] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 13:06h:


[12] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/08/2014 - 12:58h:


[11] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2014 - 12:45h:



Comentário enviado por zezaocapoeira:

Salve mano . Como tá particionado seu hd , somente partições primárias , primárias e logicas , tem espaço livre disponivel , home é separada ?

apenas partições primárias. Ou seja, não posso ter mais de 4 partições.

Mas realmente, eu fiquei curioso pra saber se tem como instalar um linux dentro do outro e dar boot. Mesmo se eu não tivesse essa limitação das partições.

Eu faria da seguinte forma .

Com um liveCD deletaria a swap , reduziria a partição do slackware o máximo possível .

recriaria uma partição lógica , e nela uma partição para o Gentoo e uma partição para a home .


Alteraria o fstab do Slackware , pelo chroot , adicionando a swap nova . E rodando o # lilo .

Suponho que sua home esta na mesma partição da raiz do Slackware . Deixe a home do Slackware ai "nao mexa nela agora"

Daria boot nos sistemas para ver se estão dentro dos conformes .

estando tudo ok , continuemos


instalo o Gentoo conforme a dica , na partição criada pra ele e a home do Gentoo na partição criada pra ser a HOME adiciono ele no lilo


Apos um boot dos sistemas funcionado corretamente , logo no Slackware "( copio a home do Slackware para a nova partição home , e seto ela no fstab do Slackware , e renomeio a home antiga para BACKUP-home , para caso de erro ele possa ser contornado facilmente .

rodo # lilo

e logo novamente pra ver se está tudo ok .


Obs &amp;gt; quando for criar o usuario do Gentoo crie com nome diferente do usuario do Slackware , exemplo " xerxes-gentoo" pra nao dar conflito .

Aqui na minha maquina uso a mesma partiçao home para os dois .

Essa é minha sugestão .






sugestão anotada!

Valeu!


Não esqueça de criar a swap .

Atenção maxima na configuração do fstab de ambas as Distros .Espero que a sugestão lhe ajude .Boa sorte .



[15] Comentário enviado por removido em 20/12/2014 - 23:03h

Boa dica, mas ta parecendo mais um artigo. :P

conheço uma maneira de fazer a instalação do slackware totalmente de forma manual, sem o uso dos scripts(pq sabemos que aquele SETUP é somente um tanto de scripts juntos, um chamando o outro.

Parabéns por esse modo de pensar diferente, no linux pode se fazer a mesma coisa de milhares de formas diferentes.
:)



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts