Sincronizando Portage com GIT no Sabayon Linux

Publicado por Alberto Federman Neto. em 10/08/2017

[ Hits: 1.618 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Sincronizando Portage com GIT no Sabayon Linux



Sabayon Linux tem dois instaladores de pacotes.

Um principal, binário e semi-binário, o Entropy. Mas também pode usar o Portage do Gentoo.

Como no Gentoo clássico e antigo, o Portage no Sabayon é sincronizado com RSYNC. Porém de uns meses para cá, os RSYNC brasileiros e sul-americanos do Gentoo estão offline.

Após as sugestões de alguns amigos aqui do VOL, resolvi testar a sincronização do Portage, do Sabayon Linux, com o GIT.

Consultei o usuário de Sabayon e Gentoo, italiano, Sabayonino. Ele também testou. O procedimento que usei é uma modificação do dele.

No Sabayon (novas versões) o diretório clássico das configurações do Portage, /etc/portage, é link simbólico de /opt/sabayon-build/conf/intel/portage. Portanto, editei o arquivo /opt/sabayon-build/conf/intel/portage/repos.conf/gentoo.conf.

Comentei as linhas de todos os RSYNC, inclusive do norte-americano (que eu estava usando no lugar dos RSYNC brasileiros e sul-americanos, agora fora do ar) e adicionei a linhas para sincronizar com GIT.

Usei como servidor o conhecido "Espelho" do Gentoo GIT. Alternativamente, pode seu usado o servidor oficial do Portage Gentoo GIT.

Há outros servidores, oficiais e não oficiais, bem como outras maneiras (como usar CVS, Subversion ou mesmo GIT junto com RSYNC), mas seu uso pode requerer modificações de sintaxe.

Deixei o arquivo /opt/sabayon-build/conf/intel/portage/repos.conf/gentoo.conf assim:

# Para usar GIT:


[DEFAULT]
main-repo = gentoo

[gentoo]
location = /usr/portage
sync-type = git
sync-uri = https://github.com/gentoo-mirror/gentoo.git
auto-sync = yes

# Deixar Comentados, TODOS os RSYNC, para desativá-los:
# sync-type = rsync
# Rsync Geral:
# sync-uri = rsync://rsync.gentoo.org/gentoo-portage/
# Rsync Americano. eu estava usando:
# sync-uri = rsync://rsync.us.gentoo.org/gentoo-portage/
#Rsync Brasileiros, offline:
# sync-uri = rsync://rsync.br.gentoo.org/gentoo-portage/
# sync-uri = rsync://rsync1.br.gentoo.org/gentoo-portage/
# Sul-Americano, offline:
# sync-uri = rsync.samerica.gentoo.org/gentoo-portage
# auto-sync = yes

Após isso, testei a sincronização do Portage:

# emerge --sync
ou
# eix-sync

e funcionou:

Parte do código da saída do comando:
metadata/md5-cache/dev-perl/Rose-Object-0.859
            970 100%   55.72kB/s    0:00:00 (xfr#97, to-chk=1402/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Rose-ObjectX-CAF-0.03
            969 100%   55.66kB/s    0:00:00 (xfr#98, to-chk=1401/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Search-Query-0.18
          1,085 100%   62.33kB/s    0:00:00 (xfr#99, to-chk=1400/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Search-Tools-0.57
          1,110 100%   63.76kB/s    0:00:00 (xfr#100, to-chk=1399/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Spreadsheet-ParseExcel-Simple-1.04
          1,009 100%   57.96kB/s    0:00:00 (xfr#101, to-chk=1398/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Spreadsheet-XLSX-0.13
            951 100%   54.63kB/s    0:00:00 (xfr#102, to-chk=1397/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/String-Escape-2010.002
            870 100%   47.20kB/s    0:00:00 (xfr#103, to-chk=1396/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Sys-Mmap-0.14
            903 100%   48.99kB/s    0:00:00 (xfr#104, to-chk=1395/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/Text-CSV-Separator-0.20
            921 100%   49.97kB/s    0:00:00 (xfr#105, to-chk=1394/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/WebService-Validator-HTML-W3C-0.26
            986 100%   53.49kB/s    0:00:00 (xfr#106, to-chk=1393/2237)
metadata/md5-cache/dev-perl/XML-SAX-Base-1.02
            917 100%   49.75kB/s    0:00:00 (xfr#107, to-chk=1392/2237)
metadata/md5-cache/dev-php/
metadata/md5-cache/dev-php/PEAR-Auth_SASL2-0.1.0

Considero a sincronização com GIT vantajosa pela maior rapidez.

Além do fato de todos os RSYNC de Gentoo, brasileiros e latino-americanos, estarem fora do ar (eu gostava de usar os espelhos brasileiros). Além disso, eu estava usando apenas os RSYNC americanos (mais próximos do Brasil do que os da Europa, padrão no Sabayon), mas nem todos são de acesso público.

Experimente sincronizar seu Sabayon Linux, com GIT! Com ligeiras modificações (até mais fáceis) o procedimento pode seu usado em Gentoo.

Outras dicas deste autor

Kuroo - Facilitando a instalação de pacotes no Gentoo

Como liberar espaço em partições cheias no Mandriva Linux

Brincar com Linux - Inutilitários de Linux!

Como usar Looking Glass sem alterar seu sistema Linux

Obtendo sempre o GParted mais recente

Leitura recomendada

Steam no openSUSE 13.2 64 bits sob o Xfce

Instalando tcpdump no DD-WRT

Configurando SCIM (Smart Common Input Method) no aMSN

Erro na Interface Web do CUPS no Ubuntu

Interfaces de rede - Comandos para iniciantes e intermediários

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 14/08/2017 - 18:42h

ATUALIZAÇÃO;

14 de Agosto de 2017.

Tem mais um espelho GIT que pode usar, é este:

https://gitweb.gentoo.org/repo/sync/gentoo.git
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts