Rodando (ElasticSearch + Kibana) em 5 minutos

Publicado por Leonardo Berbert Gomes em 24/07/2020

[ Hits: 2.449 ]

Blog: https://www.linkedin.com/in/leoberbert

 


Rodando (ElasticSearch + Kibana) em 5 minutos



Nessa dica simples, vamos aprender como rodar o ElasticSearch e o Kibana sem a necessidade de root. Primeiramente realizaremos o download de ambos no diretório $HOME do usuário que está sendo utilizado.

cd $HOME
wget https://artifacts.elastic.co/downloads/elasticsearch/elasticsearch-7.8.0-linux-x86_64.tar.gz
wget https://artifacts.elastic.co/downloads/kibana/kibana-7.8.0-linux-x86_64.tar.gz

Obs.: nesta dica trabalharemos com a última versão no momento, que é a 7.8. O único pré-requisito para que essas aplicações rodem é o Java, então será necessário realizar também o download dele. No artigo que escrevi do rundeck, tem o passo a passo para instalação do Java sem necessidade de root: Rundeck - Um Poderoso Agendador de Tarefas [Artigo]

Iremos neste ponto descompactar nossos arquivos e criar alguns links simbólicos para nos ajudar na organização da nossa estrutura:

tar -xf elasticsearch-7.8.0-linux-x86_64.tar.gz
tar -xf kibana-7.8.0-linux-x86_64.tar.gz
ln -sf elasticsearch-7.8.0 elasticsearch
ln -sf kibana-7.8.0-linux-x86_64 kibana

Agora já poderemos remover os arquivos que foram baixados para economizar espaço em disco:

rm -f elasticsearch-7.8.0-linux-x86_64.tar.gz kibana-7.8.0-linux-x86_64.tar.gz

Edite o arquivo abaixo para permitir seu acesso externo ao kibana, conforme valor abaixo:

vim $HOME/kibana/config/kibana.yml

server.host: "0.0.0.0"

Eu costumo criar um script bem simples para realizar o "{start|stop|status|restart}" das aplicações.

1 – ElasticSearch

vim elasticsearch.bash

#!/usr/bin/bash

case "$1" in
start)
   if [ -e /dev/shm/elasticsearch.pid ]; then
        echo Kibana is already running, pid=`cat /dev/shm/elasticsearch.pid`
        exit 1
   fi
   nohup $HOME/elasticsearch/bin/elasticsearch 2> /dev/null 1>&2 &
   echo $!>/dev/shm/elasticsearch.pid
   ;;
stop)
   kill -TERM `cat /dev/shm/elasticsearch.pid`
   rm -f /dev/shm/elasticsearch.pid
   ;;
restart)
   $0 stop
   $0 start
   ;;
status)
   if [ -e /dev/shm/elasticsearch.pid ]; then
      echo elasticsearch is running, pid=`cat /dev/shm/elasticsearch.pid`
   else
      echo elasticsearch is NOT running
      exit 1
   fi
   ;;
*)
   echo "Usage: $0 {start|stop|status|restart}"
esac

exit 0

2 – Kibana

vim kibana.bash

#!/usr/bin/bash

case "$1" in
start)
   if [ -e /dev/shm/kibana.pid ]; then
        echo Kibana is already running, pid=`cat /dev/shm/kibana.pid`
        exit 1
   fi
   nohup $HOME/kibana/bin/kibana 2> /dev/null 1>&2 &
   echo $!>/dev/shm/kibana.pid
   ;;
stop)
   kill -TERM `cat /dev/shm/kibana.pid`
   rm -f /dev/shm/kibana.pid
   ;;
restart)
   $0 stop
   $0 start
   ;;
status)
   if [ -e /dev/shm/kibana.pid ]; then
      echo kibana is running, pid=`cat /dev/shm/kibana.pid`
   else
      echo kibana is NOT running
      exit 1
   fi
   ;;
*)
   echo "Usage: $0 {start|stop|status|restart}"
esac

exit 0

Concederemos permissão de execução nos scripts:

chmod +x elasticsearch.bash
chmod +x kibana.bash

Os parâmetros para os scripts são:

{start|stop|status|restart}

Então agora iremos iniciar as aplicações:

./elasticsearch.bash start; ./kibana.bash start

Para verificar se a aplicação subiu corretamente, podemos executar o comando abaixo:

* ElasticSearch:

curl --silent http://localhost:9200

* Kibana:

Acessar o browser através do endereço: http://172.27.11.10:5601

Obs.: altere pelo endereço IP da máquina onde ele está em execução.

Outras dicas deste autor

Habilitando Parallel Downloading do Pacman no ArchLinux

Instalando temas no GKrellM

Testando configurações no logstash

Instalando a última versão do ZSH

Rundeck - alterando a senha de admin

Leitura recomendada

Obtendo informações do sistema com o script INXI

Instalando o servidor ssh no Mandriva One e superior

Slackyd

Ubuntu Electronics Remix - UER

VI ou VIM: Mostrando o número de linhas

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts