Protegendo SSH no CentOS com Fail2ban

Publicado por Daniel Lara Souza em 02/10/2013

[ Hits: 11.214 ]

Blog: http://danniel-lara.blogspot.com/

 


Protegendo SSH no CentOS com Fail2ban



Um dica rápida para se proteger de ataques e tentativas de login na porta do SSH utilizando o Fail2ban.

Bom, sua instalação e configuração é muito fácil.

Vamos instalar o repositório EPEL:

No CentOS 5:

32 bits:

# rpm -ivh http://dl.fedoraproject.org/pub/epel/5/i386/epel-release-5-4.noarch.rpm

64 bits:

# rpm -ivh http://dl.fedoraproject.org/pub/epel/5/x86_64/epel-release-5-4.noarch.rpm

No CentOS 6:

32 bits:

# rpm -ivh http://dl.fedoraproject.org/pub/epel/6/i386/epel-release-6-8.noarch.rpm

64 bits:

# rpm -ivh http://dl.fedoraproject.org/pub/epel/6/x86_64/epel-release-6-8.noarch.rpm

Agora, instale o Fail2ban:

# yum install fail2ban -y

Altere o arquivo jail.conf:

# vim /etc/fail2ban/jail.conf

E deixe assim o seu arquivo, na parte referente ao SSH:

[ssh-iptables]

enabled  = true
filter   = sshd
action   = iptables[name=SSH, port=ssh, protocol=tcp]
           sendmail-whois[name=SSH, dest=you@example.com, sender=root@localhost]
logpath  = /var/log/secure
maxretry = 3
bantime = 31536000

Salve o arquivo e inicie o Fail2ban:

# service fail2ban start
Ou:
# /etc/init.d/fail2ban start

E coloque-o para inicializar com a máquina:

# chkconfig fail2ban on

Pronto. Os IPs bloqueados do SSH, tu verifica no IPtables.

Nesse caso, já bloqueou um IP:

 Chain fail2ban-SSH (1 references)
 num  target     prot opt source            destination
 1    DROP       all  --  222.189.239.102   0.0.0.0/0
 2    RETURN     all  --  0.0.0.0/0         0.0.0.0/0


Espero que ajude.

Guia de referência: How To Protect SSH with fail2ban on CentOS 6 « DigitalOcean

Outras dicas deste autor

Nintendinho no seu Fedora

Usando o snmpconf para configuração do snmp

Cinnamon no Fedora 18

Compartilhando Internet com Centos 5.X

TeamViewer no Fedora 18

Leitura recomendada

Snort atualizado, versão 2.9.1, confira!

Alterando a senha de root no Metasys Corporate MC

Quebrando senhas com John the Ripper!

A importância de rastrear comandos com o HISTFILE

Portas do Samba no IPTables

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts