ProFTPD: Como corrigir o Erro: "Fatal: ScoreboardPath: deprecated. Use "ScoreboardFile /path/to/ scoreboard/file" instead"

Publicado por Higor Pereira em 30/12/2006

[ Hits: 6.573 ]

 


ProFTPD: Como corrigir o Erro: "Fatal: ScoreboardPath: deprecated. Use "ScoreboardFile /path/to/ scoreboard/file" instead"



Estava pesquisando sobre configurações do ProFTPD no Linux e vi que algumas pessoas tem o seguinte problema quando tenta iniciar o ProFTPD:

Fatal: ScoreboardPath: deprecated. Use 'ScoreboardFile /path/to/scoreboard/file' instead

ScoreboardPath: configura o diretório onde os arquivos necessários para que o Proftpd funcione corretamente (em tempo de execução do servidor) sejam mantidos. Define o path do "ficheiro PID" do servidor.

Esse erro consegui resolver de duas maneiras:

Alterando o nome da variável "ScoreboardPath" para "Scoreboardfile"

ou

Acrescentando no arquivo de configuração do ProFTPD, na variável "ScoreboardPath", o "path"(caminho) completo que aponta para os arquivos do ProFTPD, no meu caso ficou assim:

ScoreboardPath                  /var/run/proftpd/scoreboard

Espero ter ajudado com essa dica.

Abraços.

Aqui estou mostrando como ficou meu arquivo de configuração do ProFTPD:

# Configuração do ProFTPD

ServerName                     "ProFTPD - Instalação Padrão"
ServerType                      standalone
DefaultServer                   on
ScoreboardPath                  /var/run/proftpd/scoreboard
DeferWelcome                    on
ServerAdmin                     [email protected]
SyslogFacility                  AUTH

# Utiliza-se a porta 21 (padrão ftp) no caso de funcionamento standalone
Port                            21

# Umask 022 é um bom padrão para prevenir que novos diretórios e
# arquivos sejam graváveis pelo grupo ou outros usuários
Umask                           022

# Para prevenir ataques do tipo DoS, limita-se o numero de instâncias à
# 30. Caso se queira permitir mais de 30 conexões simultâneas, simplesmente
# aumenta-se este valor. Esta diretiva só se aplica ao funcionamento
# standalone

MaxInstances                    30

# Usuário e grupo para o servidor
#
User                            nobody
Group                           nobody


  AllowOverwrite                on


# Configuração básica para ftp anônimo, sem diretório para recepção
# de arquivos. Para ativar, basta descomentar.
#

  User                          ftp
  Group                         ftp
  DirFakeUser                   on
  DirFakeGroup                  on

# Esta opção habilita o usuário ftp sem que mesmo precise ter sua shell 
# listada no arquivo /etc/shells
  RequireValidShell             off

# ftp = anonymous
  UserAlias                     anonymous ftp

# número máximo de logins anônimos
  MaxClients                    10 "Número máximo de clientes."

# No máximo duas conexões por cliente.
  MaxClientsPerHost             2 "Muitas conexões simultâneas."

# welcome.msg mostrado na conexão e .message mostrado para cada
# diretório acessado.
  DisplayLogin                  welcome.msg
  DisplayFirstChdir             .message
  AccessGrantMsg                "Acesso anônimo aceito para %u."

# Limite gravação no chroot anônimo
  
    DenyAll
  
Outras dicas deste autor

Alterar data e hora que um arquivo foi criado

Bloqueio de acesso SSH para determinado IP

Leitura recomendada

Servidor FTP ativo no CentOS com o vsftpd

Criando usuário com acesso a leitura + postagem e sem direito de deletar arquivos

Alterando o Timezone do Proftpd - Slackware 13.1

Instalando e usando o lftp

Acessando SFTP em modo gráfico com o Nautilus

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mylossindrino em 31/12/2006 - 22:17h

Ajudo :)

[2] Comentário enviado por gpr.ppg.br em 03/03/2008 - 08:55h

quando vou mandar varios arquivos trava o dreamweaver, principalemente diretorios. o que pode ser?



Contribuir com comentário