Porta paralela /dev/lp0 não aparece

Publicado por Fábio em 16/02/2007

[ Hits: 16.706 ]

 


Porta paralela /dev/lp0 não aparece



Palavras chaves: paralel port, porta paralela, /dev/lp0, /dev/lp1, /dev/lp2, bash: /dev/lp0: No such device or address, bash: /dev/lp1: No such device or address, bash: /dev/lp2: No such device or address, modprobe, lsmod, parport_pc, parport, parport0: PC-style at 0x378 [PCSPP,TRISTATE]
lp0: using parport0 (polling). lp0: console ready a porta lp0 não aparece no cups porta da impressora não aparece

Primeiramente verifique se a porta paralela na BIOS do seu micro está marcada como enable, é possível que esteja marcada como disabled, aí não vai funcionar de jeito nenhum. Em um micro PC normal basta reiniciar o computador e pressionar a tecla DELETE enquanto o micro inicia, uma tela modo texto irá aparecer (essa é a tela de configuração da BIOS), procure pela opção de periféricos em algum dos menus (geralmente estará em inglês) e então verifique se a opção da porta paralela está como enabled, caso não esteja, mude para enabled e salve as alterações na BIOS, reinicie o micro e verifique se tudo está ok.

Caso não resolva, é provável que o módulo responsável pelas portas paralelas não estejam carregadas, para isto basta digitar:

# modprobe parport
# modprobe parport_pc


Caso a segunda opção seja a responsável pelo funcionamento, adicione em /etc/rc.d/rc.local no final do arquivo as duas linhas digitadas acima para que ao iniciar o sistema os módulos sejam carregados.

Outras dicas deste autor

Definir navegador padrão

Impressão Java em Linux

Problema com som no Sony Vaio vpcea24fm - Ubuntu 10.04

Problema na Transmissão da Declaração de Imposto de Renda (PF) pelo Aplicativo IRPF [Resolvido]

Claro.com.br não funciona no Firefox (solução alternativa)

Leitura recomendada

Instalando BRLix Linux - versão EeePC

Xorg.conf para Fedora 17 Alpha com placa SIS 672

Leitor Biométrico no Thinkpad X230 com openSUSE 13.2 - Configuração

Cor de fundo no editor de textos leafpad (ou mousepad também)

Adicione o Google à lista de repositórios do Ubuntu

  

Comentários
[1] Comentário enviado por PaMpLoNa em 17/02/2007 - 13:35h

Comentário: o modprobe é mais "inteligente" que o insmod, basta carregar o módulo parport_pc que os outros de quem ele depende como parport são carregados, neste caso são apenas dois módulos, mas quando se precisa carregar vários módulos saber disso é mais útil.

[2] Comentário enviado por fba em 03/04/2007 - 11:35h

interessante, valeu pela contribuição ;)



Contribuir com comentário