Pgrep e pkill

Publicado por Eduardo Mariano em 19/05/2010

[ Hits: 13.172 ]

 


Pgrep e pkill



Essa dica foi escrita por Rubens Queiroz de Almeida no dicas-l, achei interessante e resolvi postar aqui.

Quem é usuário antigo de sistemas Unix e derivados, provavelmente já gastou os dedos digitando coisas como:

ps -ef | grep eduardo

Mas como tudo no mundo do software livre, em que a ordem é simplificar e economizar tempo, veio alguém e criou os comandos pgrep e pkill.

Como o nome mesmo indica, pgrep significa process grep, que na verdade é o comando anterior aglutinado em apenas um. Por exemplo, eu quero descobrir os PID (process id) de todos os programas do usuário rubens associados ao Firefox:

pgrep -u eduardo firefox
9397

Se eu quiser matar algum processo, eu posso fazê-lo de forma genérica, eliminando todos os processos, de todos os usuários, ou posso também atuar de forma seletiva:

pkill firefox
ou
pkill -u eduardo firefox

Além de terminar processos, eu posso usar o comando pgrep em combinação com outros. A documentação do programa dá um exemplo interessante, em que o comando pgrep é usado para redefinir a prioridade de um programa:

renice +4 `pgrep netscape`

O programa netscape irá rodar exigindo menos recursos da máquina, sendo mais nice. :-)

Existem diversas possibilidades, mas as mais comuns e úteis são mesmo as que foram apresentadas. Uma outra diretiva bastante útil é a "-l", que faz com que o nome completo do processo seja listado juntamente com sua identificação:

pgrep -l ssh
1407 ssh-agent
2204 sshd
8162 ssh

Os programas pgrep e pkill fazem parte do pacote procps e podem ser instalados, em sistemas Debian e derivados, com o comando:

# apt-get install procps

Estes programas são de autoria de Kjetil Torgrim Homme e Albert Cahalan.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Autostart no GNOME

Inicializando o OpenOffice via linha de comando

Checar versão do Dspace

Sed - Adicionar uma Linha em Branco no Final do Arquivo

Salvo pelo SED!

  

Comentários
[1] Comentário enviado por arauto_ em 19/05/2010 - 16:56h

Legal, a dica. Já está anotada.

[2] Comentário enviado por guimaluf em 11/03/2011 - 14:50h

aiaiai
quantas vezes eu não digitei
ps aux | grep firefox
olha o pid e
kill -9 35345

coisa linda de tux esse pkill

[3] Comentário enviado por vandomen em 26/08/2016 - 02:29h

Além de muito útil, o pgrep e pkill são cobrados na nova prova LPI1 101-400 (103.5 Create, monitor and kill processes).




Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts