Linux como cliente VPN de servidor Windows

Publicado por Reuel em 01/09/2008

[ Hits: 14.108 ]

 


Linux como cliente VPN de servidor Windows



Olá pessoal...

Neste tutorial vou exemplificar como efetuar uma configuração de VPN no Linux, tomando como base a distribuição KUbuntu, com o servidor de VPN (Microsoft) já criado e funcionando.

Vamos lá...

1. Instale o pacote network-manager-pptp, no meu caso já está instalado por padrão.

2. É necessário efetuar um restart neste serviço, caso ele já esteja rodando, executando os comandos abaixo:

# /etc/dbus-1/event.d/25NetworkManager restart
# /etc/dbus-1/event.d/26NetworkManagerDispatcher restart


3. Caso o ícone de rede não esteja aparecendo no canto inferior da tela (perto do relógio), execute o passo 4.

4. Pressione Alt+F2, em seguida no campo de busca digite nm-applet, feito isso o ícone será exibido na barra de tarefas.

5. Com o botão esquerdo do mouse clique em cima dele e selecione: VPN Connections - Configure VPN.

6. Após configurada sua conexão de vpn, efetue o restart do serviço novamente, repetindo o passo 2.

7. Agora é só clicar novamente no ícone de rede e selecionar sua VPN configurada.

Obs.: Para visualizar os logs de conexões da VPN enquanto trabalha, execute o comando:

# tail -f /var/log/syslog

Façam bom proveito!

Abraço.

Reuel

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Caracteres semigráficos

XV - Veja seus vídeos com qualidade máxima!

Instalando o SuperKaramba por pacote .rpm

LiveUSB do openSUSE a partir do Windows

Configurando Wireless Atheros AR5212 no Fedora 4

  

Comentários
[1] Comentário enviado por carolinesv em 26/01/2009 - 16:27h

Ótima dica. Estava procurando uma maneira fácil de configurar e gerenciar a conexão do cliente VPN e esta dica ajudou muito.
Tem uma meira de ver as informações da conexão VPN pelo nm-applet, pois quando clico em "Informações da Conexão" vejo apenas o status da minha interface eth0?

[2] Comentário enviado por reuelbr em 28/01/2009 - 23:33h

Carolinesv!

Basta executar o comando # tail -f /var/log/syslog

Abraços!



Contribuir com comentário