Kernel Debian no Funtoo

Publicado por Xerxes Lins em 25/08/2014

[ Hits: 2.970 ]

Blog: https://voidlinux.org/

 


Kernel Debian no Funtoo



De acordo com o manual oficial do Funtoo, o kernel recomendado é o kernel Debian com flags binárias, para quem não quer ter o trabalho de baixar e compilar o kernel a partir do fonte, ou para quem tem dificuldade em fazer isso.

O kernel deve ser configurado adequadamente para o hardware da sua máquina de maneira a dar suporte aos drivers, sistemas de arquivos, placas de rede, etc.

Usuários experientes podem preferir instalar o kernel puro e adequá-lo às suas necessidades. Porém, para usuários que tem dificuldade em fazer isso, é provido um script (ebuild) que irá construir um kernel "universal", com suporte a todo hardware e com tudo o que é necessário para iniciar o sistema.

Então, o objetivo do kernel Debian com flags binárias, é fazê-lo reconhecer tudo do seu sistema e deixá-lo pronto para que, após a primeira reinicialização, tudo aconteça tranquilamente e o usuário apenas se depare com a tela de login, sem mensagens de erros ou kernel panic.

Trata-se, portanto, de um método fácil e cômodo. Posteriormente, o usuário pode refinar o kernel ou instalar e configurar outro se precisar, ou quiser.

Obs.: kernel Debian, dessa forma, exige pelo menos 14GB de espaço livre em /var/tmp e leva em torno de uma hora para ser construído com um processador Intel Core i7.

Comandos:

# mkdir /etc/portage/sets
# echo sys-kernel/debian-sources > /etc/portage/sets/kernel
# echo "sys-kernel/debian-sources binary" >> /etc/portage/package.use

Quando o usuário quiser atualizar o sistema, ele usa emerge -auDN @world, mas isso não irá incluir o kernel, que fará parte de outro set (kernel).

Quando quiser atualizar apenas o kernel, o usuário executará emerge -au @kernel e, então, atualizará apenas o kernel, deixando todos os outros pacotes intactos.

Para construir o kernel:

# emerge @kernel


Links:
Outras dicas deste autor

Idioma Português no Fedora KDE Spin

Tiling nativo no Openbox

PDF com caracteres estranhos no Windows [Resolvido]

tasksel: aptitude failed (100) [Resolvido]

Removendo sombras das abas das janelas do i3 com o Compton

Leitura recomendada

Ativando e desativando CPUs sob demanda

Kernel patch de Con Kolivas (otimização para desktops)

Compilando kernel 3.15.8 no Slackware 14.1 x64

Driver Wireless RTL8191SEvA no Debian

Instalação pratica do novo kernel 2.6.20

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 26/08/2014 - 12:02h

Curioso, quando eu usei Funtoo, na época, o Kernel padrão, recomendado, era Kernel de Gentoo GIT, o "git-sources".
Era Kernel de Gentoo instável,novo.
No momento, não tenho Funtoo, tenho Sabayon, Gentoo, OpenSUSE e Mageia.
Acho que vou reinstalar o Funtoo, ele tá mudando muito, a documentação dele tá bem extensa agora.
Os Gentoístas puros não vão gostar,mas na minha opinião, atualmente, Funtoo é o Gentoo melhorado.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 26/08/2014 - 16:02h


[1] Comentário enviado por albfneto em 26/08/2014 - 12:02h:

Curioso, quando eu usei Funtoo, na época, o Kernel padrão, recomendado, era Kernel de Gentoo GIT, o "git-sources".
Era Kernel de Gentoo instável,novo.
No momento, não tenho Funtoo, tenho Sabayon, Gentoo, OpenSUSE e Mageia.
Acho que vou reinstalar o Funtoo, ele tá mudando muito, a documentação dele tá bem extensa agora.
Os Gentoístas puros não vão gostar,mas na minha opinião, atualmente, Funtoo é o Gentoo melhorado.


Apesar de não ser suário Gentoo (e nem me considero usuário Funtoo de verdade, pois ainda estou engatinhando) eu sempre preferi a ideia de usar Funtoo ao invés de Gentoo.

O primeiro motivo é que Funtoo é sistema mais moderno que Gentoo, do mesmo criador do Gentoo. Quando fiquei sabendo que Daniel saiu do Gentoo, para mim foi como se o Gentoo tivesse perdido o cérebro do time. Posso estar errado.

Se patrick volkerding, criador do Slackware, por algum motivo (hipoteticamente) saísse da sua empresa e criasse uma nova distribuição eu abandonaria Slackware e iria usar essa outra distribuição que ele criaria. Pois se ele foi responsável pela distro que eu gosto, é ele quem deve ser reconhecido.

Sempre fiquei intrigado porque usuários de Gentoo em desktop (que não precisam de suporte da empresa Gentoo) não migraram em massa para o Funtoo. Alguém me disse que parte do motivo é a questão de "tradição", respeito ao nome Gentoo. Até entendo, mas esse argumento não vale muito para mim. O nome é uma casca.

Prefiro seguir o cara responsável pela criação da distro ao invés de seguir o nome da distro. E o cara que criou Gentoo hoje mantém Funtoo. Por isso sempre achei melhor a ideia de usar Funtoo.

Já li também alguém dizendo que Funtoo é o playgraound do Daniel, como se fosse uma distro menos séria, mais sujeita a erros e experiências. Mas essa é uma imagem falsa. Daniel trabalha muito, de acordo com o site, para corrigir os bugs do Gentoo e fazer o Funtoo melhor. Não para competir, mas por prezar a qualidade.

Sobre documentação. Como Gentoo tem tradição e mais tempo, a documentação é muito grande. Funtoo tem pouca. Mas 99% da documentação Gentoo serve para Funtoo.

Além de tudo isso, você mesmo albfneto me disse com ótimos argumentos porque o Funtoo é melhor que Gentoo (até copiei sua resposta de fórum num dos meus artigos) então eu tenho todos os motivos para preferir Funtoo rsrsrs.

[3] Comentário enviado por albfneto em 26/08/2014 - 20:19h

Não está errado, Daniel Robbins era o Cerébro do Gentoo, incluisve ele fez o Gentoo, inventou o Gentoo...
Portage é uma Obra Prima de programação, o Daniel é brilhante.
a Fundação Gentoo não acha Funtoo melhor, mas...
Ciumeira e Dor de Cotovelo é igual em tudo Mundo... Alguns gostariam de ser Robbins, no fundo sabem que não são...
Quando o Daniel saiu, o Gentoo entrou em crise, por dois anos, a Galera do gentoo mal mal conseguia atualizar o código do Portage.
Inclusive, Portage de Funtoo é mais novo, e por um tempão, a Galera do Gentoo manteve o Portage de Funtoo hardmasked, para que que usuários Gentoo não a usassem

[4] Comentário enviado por xerxeslins em 25/05/2015 - 18:51h

Atualizando a informação:

stage3 do funtoo já vem com kernel. Não precisa mais compilar, se não quiser.

http://forums.funtoo.org/topic/527-pre-built-kernels/

--
http://pastebin.com/aji5Qp05



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts