Instalando o Squid-2.5.stable11 no Slackware 10.2

Publicado por Felipe Lobo em 01/08/2008

[ Hits: 8.409 ]

 


Instalando o Squid-2.5.stable11 no Slackware 10.2



Após várias noites de sono perdidas atrás de ajuda em fóruns e alguns tutoriais pela net para instalar o Squid, resolvi escrever este tutorial, aliás meu primeiro, que foi criado com o objetivo de ajudar as pessoas que estão iniciando no Squid e que usam o Slackware como distribuição.

Baixando e instalando o Squid

Baixar o programa squid-2.5.stable14.tar.bz através do link:
Descompactar de preferência dentro do seu /home/usuário para que você saiba aonde estará a pasta do programa:

$ tar -jxvf squid-2.6-stable.tar.bz

Após descompactar, entre na pasta gerada, algo do tipo squid-2.5.STABLE14/.

Digite o comando a seguir, que serve para definir o local de instalação do Squid:

$ ./configure --prefix=/usr/local/squid

OBS: Caso seu kernel não tenha compiladores C instalados, será necessária uma breve configuração: coloque o cdrom 1 do Slack e siga os passos a seguir (como root):

# mount /mnt/cdrom
# installpkg /mnt/cdrom/slackware/d/*tgz


Feito isso vamos preparar o local e compilar o programa de instalação do Squid digitando o comando a seguir:

$ make all

Instalando o Squid (como root):

# make install

Configurando o Squid

Depois de instalado o Squid, editaremos seu arquivo de configuração. Segue uma configuração mínima para seu funcionamento:

# vi /usr/local/squid/etc/squid.conf

Descomentar a linha abaixo:

http_port 3128

Adicionar esta linha logo após:

visible_hostname NomeDesejado

Descomentar as linhas abaixo:

cache_dir ufs /usr/local/squid/var/cache 512 128 256
cache_access_log /usr/local/squid/var/logs/access.log
cache_log /usr/local/squid/var/logs/cache.log
cache_store_log /usr/local/squid/var/logs/store.log
pid_filename /usr/local/squid/var/logs/squid.pid

Alterar a última linha após a parte do arquivo destinada para suas próprias regras, de deny all para allow:

http_access allow all

Alterando permissões das pastas

Criar a pasta cache dentro /usr/local/squid/var:

# cd /usr/local/squid/var
# mkdir cache


Depois alterar as permissões das pastas (considerando que você está em /usr/local/squid/var/):

# chmod 777 cache
# chmod 777 logs


Criando os arquivos de cache e subindo o Squid

Finalmente execute o seguinte comando para criar o cache:

# /usr/local/squid/sbin/squid -z

E subir o serviço do Squid:

# /usr/local/squid/sbin/squid

Pronto! Seu Squid já deve estar funcionando de maneira básica. Em um próximo tutorial trataremos de configurações mais específicas usando ACLs.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

IPPL - IP Protocols Logger

Compilando programas com SlackBuilds

Squid em servidor Windows

Localizando IP de seu servidor Linux (inclusive IP dinâmico)

Montando servidor proxy Squid com o Endian Community (básico)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por OSiriX em 26/08/2008 - 03:04h

e a configuraçao de MB dedicado a cache ?
vc esqueceu de botar isso .. nessa sua configuraça..
ela ta como default que é 16MB



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts