Guardando SPAM com Procmail e SpamAssassin

Publicado por Luiz Antonio da Silva Junior em 24/06/2006

[ Hits: 8.300 ]

 


Guardando SPAM com Procmail e SpamAssassin



Resolvi escrever essa dica depois de passar algum tempo procurando uma solução contra SPAM. Quem administra servidor de e-mail vive numa constante batalha contra essa praga e sabe como o usuário reclama.

Bom, uma das melhores soluções para identificar SPAM é a utilização do SpamAssassin. Porém, ele não bloqueia e sim identifica a mensagem adicionando "*****SPAM*****" no "Subject" da mensagem original e colocando a mensagem como anexo. Assim, os emails continuam chegando à caixa de mensagem do usuário, agora, classificada como SPAM.

Exemplo de uma mensagem:

*****SPAM***** VoIP - Economize em suas ligações!!!

O foco dessa dica não é configurar o SpamAssassin e sim utilizar o sistema com ele já configurado.

Mas por que "guardar" SPAM invés de jogá-lo fora diretamente?

Simples, algumas vezes, principalmente pouco depois de configurar o SpamAssassin, é bem provável que ele identifique falsos-positivos, ou seja, classifica como SPAM mensagens que não são e, mantendo-as num diretório específico você pode, posteriormente, ensiná-lo quais mensagens são e quais não são SPAM. Depois disso, poderá apagá-los pois não terão mais utilidade.

Pois bem, edite seu /etc/procmailrc e adicione as seguintes linhas:

:0:
*^Subject:.\*\*\*\*\*SPAM\*\*\*\*\*
$HOME/INBOX.Spam

Com isso, tudo que vier com o título "*****SPAM*****" (que é o que o SpamAssassin faz quando encontra um SPAM, por padrão) será jogado para o /home/USUARIO/INBOX.Spam, assim, mesmo baixando as mensagens via cliente (Outlook, Thunderbird etc) elas não chegarão para o usuário.

Para o usuário checar esses emails ele deverá acessar via webmail e conferir se há falsos-positivos.

Obs. 1: Editando o /etc/procmailrc a regra valerá para todos os usuários. Se quiser ativar para um usuário específico adicione a regra no arquivo .prcmailrc dentro do seu HOME.

Obs. 2: Crie o aquivo ~/INBOX.Spam com permissão de escrita para o usuário ou o arquivo que preferir. Não esquecer de listar essa "pasta" no webmail para que seja visível ao usuário.

Nunca mais tive reclamações de clientes depois de fazer isso.

:-)

JuNiOx

Outras dicas deste autor

Resume em downloads

Visualizando applets

Exibindo arquivos OpenOffice sem ter o OpenOffice

Movie Studio in a Box

NumLock na inicialização

Leitura recomendada

Configurando o Exim como MX secundário

Configurando o Dovecot (servidor IMAP) para aceitar usuário Master

Zimbra - "Erro: PKIX path building failed" ao executar o Zmmailbox

Checando automaticamente seu Gmail pelo Firefox

Zimbra: Aplicando patch de segurança para vulnerabilidade de CCS Injection (CVE-2014-0224)

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts