Google Chrome - Falhou ao buscar http://dl.google.com/linux/chrome/deb/dists/stable/Release [Resolvido]

Publicado por Yuri R. Sucupira em 11/03/2016

[ Hits: 20.206 ]

 


Google Chrome - Falhou ao buscar http://dl.google.com/linux/chrome/deb/dists/stable/Release [Resolvido]



NOTA: a dica a seguir é uma compilação das informações que eu mesmo publiquei neste tópico: erro na sources.list do google chrome no ubuntu-15.10 [RESOLVIDO] [Ubuntu-BR]

A Google parou de dar suporte ao Google Chrome para sistemas de 32 bits ("i386"): atualmente, somente está disponível o Google Chrome de 64 bits ("amd64").

Por causa disso, o repositório de pacotes "i386" foi removido, o que está afetando muitos usuários de distribuições GNU/Linux que utilizam o sistema de pacotes DEB, como é o caso do Ubuntu, Debian, XUbuntu, Mint, LMDE etc.

O problema é que, mesmo assim, em tais distribuições, o APT irá procurar esse repositório de pacotes de 32 bits: ainda que o seu sistema seja de 64 bits e esteja executando o Google Chrome de 64 bits, o APT investigará tanto a presença de um repositório "i386" quanto a de um repositório "amd64".

Para evitar esse problema, é necessário editar o arquivo 'google-chrome.list' (em alguns sistemas pode ser 'google.list'), que se encontra em '/etc/apt/sources.list.d', para deste modo restringir a arquitetura a somente 64 bits.

Um modo de fazer isso - sem necessidade de executar um editor de textos em modo root - é executar este comando no shell:

sudo sed -i -e 's/deb http/deb [arch=amd64] http/' "/etc/apt/sources.list.d/google-chrome.list"

P.S.: caso o arquivo se chame 'google.list', o comando correto será este:

sudo sed -i -e 's/deb http/deb [arch=amd64] http/' "/etc/apt/sources.list.d/google.list"

Agora, faça o mesmo no arquivo de configuração do CRON, que é o serviço do GNU/Linux que cronologicamente (regularmente) executa certas tarefas, como, no caso, a tarefa de verificar se há atualizações para o Google Chrome:

sudo sed -i -e 's/deb http/deb [arch=amd64] http/' "/opt/google/chrome/cron/google-chrome"

DICA: caso o seu GNU/Linux esteja em modo gráfico (GUI), então, para evitar erros de digitação, na janela do seu navegador selecione o primeiro comando acima indicado e use a combinação de teclas 'Ctrl C' para copiá-lo para a área de transferência. Em seguida, abra a janela do emulador de terminal e use a combinação de teclas 'Ctrl Shift V' para colar o comando. Agora pressione a tecla ENTER para executá-lo.

Repita o procedimento para o segundo comando.

Isso fará com que, tanto dentro de '/etc/apt/sources.list.d/google-chrome.list' (ou de '/etc/apt/sources.list.d/google.list') quanto dentro de '/opt/google/chrome/cron/google-chrome' , a linha de configuração do repositório passe a constar assim:

deb [arch=amd64] http://dl.google.com/linux/chrome/deb/ stable main

(no caso do canal seguro acessado pelo serviço CRON, o endereço será 'deb [arch=amd64] https://dl.google.com/linux/chrome/deb/ stable main')

Aquele '[arch=amd64]' significa "arquitetura = 64 bits".

Executados todos esses passos, execute o supercomando abaixo para que seu sistema de gestão de pacotes seja atualizado e o cache de pacotes seja verificado quanto à integridade:

sudo apt-get update && sudo apt-get check

Pronto.

P.S.: agradeço ao usuário matheusks pelo lembrete de que é necessário atualizar também o arquivo de configuração do Google Chrome no serviço CRON. Também por ele ter comentado, lá no tópico, que no sistema dele o arquivo dentro de '/etc/apt/sources.list.d' chama-se 'google.list', ao invés de 'google-chrome.list'.

--
Yuri Sucupira ("Sampayu")

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Configurando conexão wireless no Mandriva One e superior (iniciantes)

Conectar à Internet no Ubuntu

Tenha seus preferidos do Firefox à mão em qualquer lugar, a qualquer momento

Mozilla SeaMonkey 2.7 no Ubuntu 10.04 LTS

Instalando Google Chrome num piscar de olhos

  

Comentários
[1] Comentário enviado por clodoaldops em 11/03/2016 - 23:47h

Nota 10!
Funcionou no ubuntu e linuxmint

[2] Comentário enviado por removido em 12/03/2016 - 04:21h

É isso aí.
Agora fica mais fácil para localizar.
E agora pode ser favoritado.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
http://24.media.tumblr.com/tumblr_m62bwpSi291qdlh1io1_250.gif

# apt-get purge systemd (não é prá digitar isso!)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[3] Comentário enviado por Yuri_Sucupira em 12/03/2016 - 12:07h

:)

--
Yuri Sucupira ("Sampayu")

[4] Comentário enviado por alison_rmx em 12/03/2016 - 21:37h

Aqui tbm funcionou!

comente na google.list e deu boa

obrigado

0100000101101100011010010111001101101111011011100010000001001101011000010111001001101001011011100110100001101111

Ideas For Life.

[5] Comentário enviado por agolorts em 22/04/2016 - 02:37h

Uso o Lubuntu 32 bits, e não estou conseguindo baixar os pacotes de atualização do sistema por causa do Chrome (exatamente como descrito acima).
Mesmo meu sistema sendo 32 bits, tentei os passos acima, mas não deu certo. Teria alguma forma de resolver esse problema especificamente pros sistemas que são 32?
Ou só vou conseguir resolver esse problema desinstalando o Chrome mesmo?

Vlw

[6] Comentário enviado por Yuri_Sucupira em 22/04/2016 - 02:41h


[5] Comentário enviado por agolorts em 22/04/2016 - 02:37h

Uso o Lubuntu 32 bits, e não estou conseguindo baixar os pacotes de atualização do sistema por causa do Chrome (exatamente como descrito acima).
Mesmo meu sistema sendo 32 bits, tentei os passos acima, mas não deu certo. Teria alguma forma de resolver esse problema especificamente pros sistemas que são 32?
Ou só vou conseguir resolver esse problema desinstalando o Chrome mesmo?

Vlw


Num sistema operacional de 64 bits é frequentemente possível fazer funcionar programas de 32 bits, mas o inverso não é verdade: um programa de 64 bits não tem como funcionar em um sistema operacional de apenas 32 bits.

Como seu sistema operacional é de 32 bits e o Google Chrome agora só está disponível em 64 bits, não há como você continuar usando o Google Chrome no seu sistema.

A minha sugestão é que você instale o LUbuntu de 64 bits.

--
Yuri Sucupira ("Sampayu")

[7] Comentário enviado por igorluppi em 10/05/2016 - 23:55h

[RESOLVIDO] Alguém pode me dar uma ajuda? Eu executei os comandos no terminal corretamente e ainda sim ao tentar dar um apt-get update ele relata problema com esse pacote do chrome.. O que fazer ? :(

---> Resolvi aplicando também no google.list, então fica a dica: apliquem o primeiro comando nele também

[8] Comentário enviado por Yuri_Sucupira em 11/05/2016 - 00:37h


[7] Comentário enviado por igorluppi em 10/05/2016 - 23:55h

[RESOLVIDO] Alguém pode me dar uma ajuda? Eu executei os comandos no terminal corretamente e ainda sim ao tentar dar um apt-get update ele relata problema com esse pacote do chrome.. O que fazer ? :(

---> Resolvi aplicando também no google.list, então fica a dica: apliquem o primeiro comando nele também


Isso depende da distribuição. Nas distros *Ubuntu (Ubuntu, XUbuntu, KUbuntu...) o nome do arquivo é "google-chrome.list", mas em outras distros varia, sendo normalmente "google.list". Qual Linux você está usando? Mint? Provavelmente é Mint.

Como eu explico ali em cima, não é necessário executar os dois comandos: apenas um deles, pois somente um daqueles dois arquivos existirá no sistema (eles não coexistirão). Mas, claro: se o usuário estiver em dúvida, basta executar o primeiro comando, e, caso não surta efeito, evidentemente é porque o arquivo "google-chrome.list" não existe, daí basta executar o segundo comando, que então corrigirá o arquivo "google.list" que existe no sistema. ;)

--
Yuri Sucupira ("Sampayu")

[9] Comentário enviado por Yuri_Sucupira em 11/05/2016 - 00:50h

Um modo alternativo de se resolver o problema consiste em purgar o Google Chrome e em seguida baixar novamente o arquivo de instalação do Google Chrome e instalar.

Para purgar, o comando é este:

sudo apt-get purge google-chrome -y ; sudo rm -r /opt/google/chrome/ /etc/apt/sources.list.d/google*

Para instalar de novo, basta acessar https://www.google.com/chrome/browser e fazer download do pacote DEB, daí instalar o pacote DEB e então executar novamente o comando:

sudo apt-get update && apt-get check

--
Yuri Sucupira ("Sampayu")

[10] Comentário enviado por fanig_01 em 20/05/2016 - 10:53h

Meu sistema é 32 bits, então não terei mais disponível o google chrome. Uma dúvida, esse comando de purge irá desinstalar só o google chrome ou o chromium q tenho aqui tbm será desinstalado? Eu uso o chromium aqui sem problemas e não quero desinstalá-lo.

[11] Comentário enviado por Yuri_Sucupira em 20/05/2016 - 11:16h


[10] Comentário enviado por fanig_01 em 20/05/2016 - 10:53h

Meu sistema é 32 bits, então não terei mais disponível o google chrome. Uma dúvida, esse comando de purge irá desinstalar só o google chrome ou o chromium q tenho aqui tbm será desinstalado? Eu uso o chromium aqui sem problemas e não quero desinstalá-lo.


O purge desinstalará somente o Google Chrome. Para desinstalar o Chromium seria necessário usar "sudo apt-get purge chromium-browser".

[12] Comentário enviado por lordmilca em 29/03/2017 - 13:40h

Sei que o tópico é antigo, mas me ajudou e muito, grato ao autor. Uma dúvida meu sistema é 64bits (Debian GNU/Linux 8 (jessie) 64-bit), e por que raios aconteceu esse erro? Não era pro sistema executar o arquivo mesmo sendo 32bit?

[13] Comentário enviado por Yuri_Sucupira em 29/03/2017 - 22:45h

"Não era pro sistema executar o arquivo mesmo sendo 32bit?" => Não consegui entender essa parte do seu texto.

?:-(

De qualquer modo: se o seu sistema é de 64 bits, então você pode instalar o Google Chrome, que evidentemente será de 64 bits (já que há tempos não existe mais Google Chrome de 32 bits). Eu atualmente uso XUbuntu 16.04 de 64 bits, não uso Debian, mas se ao executar o APT no seu Debian você percebeu que o APT procurou o repositório "i386" (32 bits) do Google Chrome, isso significa que a sua distribuição Debian Jessie 8 veio pré-configurada para pesquisar nos dois repositórios do Google Chrome: o repositório do Google Chrome de 32 bits e o do Google Chrome de 64 bits. Ou então o pacote DEB do Google Chrome, que você pegou no website da Google, veio pré-configurado com esse erro (veio com os dois repositórios - de 32 e de 64 bits - pré-configurados dentro do pacote DEB).

Seja lá qual tenha sido o motivo por que o erro aconteceu no seu sistema, se você corrigir os arquivos de configuração do APT e do CRON (como explicado na dica acima) e atualizar o cache do APT (com aquele comando 'sudo apt-get update && sudo apt-get check'), o problema será eliminado.

PS: se por "Não era pro sistema executar o arquivo mesmo sendo 32bit?" você quis dizer "Não era pro Debian analisar o repositório de 32 bits, mesmo sendo um repositório para instalação do Google Chrome de 32 bits?", a resposta é a seguinte: o repositório de 32 bits foi deletado, não existe mais. Quando o APT procura esse repositório, ele não encontra, daí retorna um erro que interrompe a atualização do cache de repositórios do APT (e isso impossibilita a instalação de alguns novos pacotes DEB via APT).

PPS: se por "Não era pro sistema executar o arquivo mesmo sendo 32bit?" você quis dizer "Não era pro Debian NÃO procurar repositórios de 32 bits, já que meu sistema Debian é de 64 bits?", a resposta é a seguinte: o APT do seu sistema está configurado para procurar repositórios nas duas arquiteturas (32 e 64 bits), mas não sei o porquê disso. Eu não uso Debian, por isto não sei se ele faz isso por ser o padrão dele (configuração "de fábrica" do Debian Jessie 8), ou se é porque você executou o comando 'sudo dpkg --add-architecture i386' (configurou o APT do seu sistema de 64 bits para também ser capaz de instalar programas, bibliotecas etc. que estejam disponíveis em 32 bits).

Se quiser experimentar desativar o modo de 32 bits do APT do seu sistema, execute este comando, no terminal do shell:

dpkg --remove-architecture i386

Se o comando acima retornar um erro, é porque seu sistema operacional possui componentes de 32 bits instalados. Em tal caso, você terá de desinstalar todos eles, antes de poder desabilitar a arquitetura de 32 bits, no seu sistema de 64 bits. Se quiser remover todos os pacotes de 32 bits, primeiro execute este comando, para listar todos os pacotes de 32 bits que estão no seu sistema de 64 bits:

dpkg -l | grep i386 |more

Se resolver que quer mesmo desinstalar todos eles, execute este comando:

sudo apt-get remove .*:i386

--
Yuri Sucupira ("Sampayu")



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts