Firefox sem complicação!

Publicado por edps em 15/02/2012

[ Hits: 5.826 ]

Blog: https://edpsblog.wordpress.com/

 


Firefox sem complicação!



Veremos aqui como baixar e instalar a última versão do Mozilla Firefox no Debian, com extrema facilidade, sem a necessidade de compilação, sem o uso de PPA do Ubuntu e tampouco sem conflitar com o Iceweasel.

Obs.: Embora o teste tenha sido realizado no Debian isso vale para qualquer outra distribuição.

Direto ao assunto, digo que novas versões poderão ser baixadas através dos endereços abaixo:
Baixando e instalando o Firefox i686...

wget -c -T0 http://releases.mozilla.org/pub/mozilla.org/firefox/releases/latest/linux-i686/pt-BR/firefox-10.0.1.tar.bz2
sudo tar -jxf firefox-10.0.1.tar.bz2 -C /usr/local/
$ sudo ln -s /usr/local/firefox/firefox-bin /usr/local/bin/firefox-bin
$ sudo nano /usr/share/applications/firefox.desktop


Obs.: Alguns costumam utilizar /opt, eu prefiro /usr/local.

Nesse passo acrescente o conteúdo abaixo (no arquivo "firefox.desktop" aberto), salve e feche com Ctrl+O e Ctrl+X:

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Name=Firefox
Name[pt_BR]=Firefox
Comment=Browse the World Wide Web
Comment[pt_BR]=Navegue na Internet
GenericName=Web Browser
GenericName[pt_BR]=Navegador Web
X-GNOME-FullName=Firefox Web Browser
X-GNOME-FullName[pt_BR]=Navegador Web Firefox
Exec=/usr/local/bin/firefox-bin %u
Terminal=false
X-MultipleArgs=false
Type=Application
Icon=/usr/local/firefox/icons/mozicon128.png
Categories=Network;WebBrowser;
MimeType=text/html;text/xml;application/xhtml+xml;application/xml;application/v$
StartupWMClass=Firefox-bin
StartupNotify=true


Depois continue com:

sudo chmod +x /usr/share/applications/firefox.desktop

E com isso o ícone desse tão famoso navegador já estará disponível no menu Internet.

Obs.: Apesar de ter exposto o que fazer para tê-lo, não nego minha preferência aos navegadores Opera, Chromium, Seamonkey ou Midori.

Em imagens...
Linux: Firefox sem complicação!

Linux: Firefox sem complicação!

Linux: Firefox sem complicação!

Linux: Firefox sem complicação!

Um detalhe importante de se ressaltar que nas imagens acima o navegador fora aberto usando as configurações de uma pasta já existente (~/.mozilla) referente ao Iceweasel e não só reconheceu todas as extensões lá instaladas como reconheceu todos os plugins do sistema, o que é muito bom!

E tendo renomeado essa pasta e aberto o navegador novamente, lógico que nada de extensões (exceto a do Tor Button) e de novo os plugins foram todos reconhecidos, excelente!

Dica publicada em meu Blog: http://gnu2all.blogspot.com - Firefox sem complicação!

Outras dicas deste autor

RSS - Boas fontes de notícias para os linuxers

Acelerando a navegação com o browser Opera

Linuxtopia - Documentação online

Debian Mirror Redirector

sources.list para o Ubuntu 10.10 Maverick Meerkat

Leitura recomendada

Instalando player VLC no Fedora 22

Download do site como estático com wget

Torpak bloqueado com Squid

Redirecionamento de portas com rinetd

Fim dos problemas: wmode funciona no Flash Player 10-b2 + Firefox 3.0

  

Comentários
[1] Comentário enviado por chimico em 22/02/2012 - 11:25h

@edps
olá meu amigo, eu uso o Firefox Nightly e o Thunderbird Daily descompactados em minha home (~/myusr/local).

No caso do Firefox, eu deixo este como padrão do sistema assim:

update-alternatives --install /usr/bin/x-www-browser x-www-browser /home/chicao/myusr/local/firefox/firefox 300
update-alternatives --install /usr/bin/gnome-www-browser gnome-www-browser /home/chicao/myusr/local/firefox/firefox 300

Desta forma, quando rodar o comando

sudo update-alternatives --display x-www-browser

o seu firefox vai aparecer na lista e poderá ser gerenciado pelo sistema Debian Alternatives, mesmo não estando instalado pelo apt.

Abraço!

[2] Comentário enviado por removido em 22/02/2012 - 11:41h

valeu brother, eu que fiz um artigo sobre os alternatives do Debian não me lembrei de citá-lo, e isso também vale para a dica do Terminator, só que lá usei a força bruta e editei o link /etc/alternatives/x-terminal-emulator trocando lá no final:

exec('gnome-terminal',@args);

por:

exec('terminator',@args);

um abraço.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts