Firefox sem complicação!

Publicado por edps em 15/02/2012

[ Hits: 6.093 ]

Blog: https://edpsblog.wordpress.com/

 


Firefox sem complicação!



Veremos aqui como baixar e instalar a última versão do Mozilla Firefox no Debian, com extrema facilidade, sem a necessidade de compilação, sem o uso de PPA do Ubuntu e tampouco sem conflitar com o Iceweasel.

Obs.: Embora o teste tenha sido realizado no Debian isso vale para qualquer outra distribuição.

Direto ao assunto, digo que novas versões poderão ser baixadas através dos endereços abaixo:
Baixando e instalando o Firefox i686...

wget -c -T0 http://releases.mozilla.org/pub/mozilla.org/firefox/releases/latest/linux-i686/pt-BR/firefox-10.0.1.tar.bz2
sudo tar -jxf firefox-10.0.1.tar.bz2 -C /usr/local/
$ sudo ln -s /usr/local/firefox/firefox-bin /usr/local/bin/firefox-bin
$ sudo nano /usr/share/applications/firefox.desktop


Obs.: Alguns costumam utilizar /opt, eu prefiro /usr/local.

Nesse passo acrescente o conteúdo abaixo (no arquivo "firefox.desktop" aberto), salve e feche com Ctrl+O e Ctrl+X:

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Name=Firefox
Name[pt_BR]=Firefox
Comment=Browse the World Wide Web
Comment[pt_BR]=Navegue na Internet
GenericName=Web Browser
GenericName[pt_BR]=Navegador Web
X-GNOME-FullName=Firefox Web Browser
X-GNOME-FullName[pt_BR]=Navegador Web Firefox
Exec=/usr/local/bin/firefox-bin %u
Terminal=false
X-MultipleArgs=false
Type=Application
Icon=/usr/local/firefox/icons/mozicon128.png
Categories=Network;WebBrowser;
MimeType=text/html;text/xml;application/xhtml+xml;application/xml;application/v$
StartupWMClass=Firefox-bin
StartupNotify=true


Depois continue com:

sudo chmod +x /usr/share/applications/firefox.desktop

E com isso o ícone desse tão famoso navegador já estará disponível no menu Internet.

Obs.: Apesar de ter exposto o que fazer para tê-lo, não nego minha preferência aos navegadores Opera, Chromium, Seamonkey ou Midori.

Em imagens...
Linux: Firefox sem complicação!

Linux: Firefox sem complicação!

Linux: Firefox sem complicação!

Linux: Firefox sem complicação!

Um detalhe importante de se ressaltar que nas imagens acima o navegador fora aberto usando as configurações de uma pasta já existente (~/.mozilla) referente ao Iceweasel e não só reconheceu todas as extensões lá instaladas como reconheceu todos os plugins do sistema, o que é muito bom!

E tendo renomeado essa pasta e aberto o navegador novamente, lógico que nada de extensões (exceto a do Tor Button) e de novo os plugins foram todos reconhecidos, excelente!

Dica publicada em meu Blog: http://gnu2all.blogspot.com - Firefox sem complicação!

Outras dicas deste autor

Menu Principal, Painel inferior, Opção de Desligamento e Botões de Janelas no Gnome3

Acelerando (ainda mais) a abertura do LibreOffice

Firewall (Iptables + Squid) no Debian Squeeze

eBook Linux 101 Hacks

Excluindo pacotes da lista de atualizações em distros Debian-like

Leitura recomendada

Eucalyptus + Ubuntu = Cloud Computing

Usando lynx com proxy autenticado

Bloqueando o ping (ICMP) com IPtables

Squid: Bloquear MSN de forma transparente

Conheça o buscador SempreUpdate Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por chimico em 22/02/2012 - 11:25h

@edps
olá meu amigo, eu uso o Firefox Nightly e o Thunderbird Daily descompactados em minha home (~/myusr/local).

No caso do Firefox, eu deixo este como padrão do sistema assim:

update-alternatives --install /usr/bin/x-www-browser x-www-browser /home/chicao/myusr/local/firefox/firefox 300
update-alternatives --install /usr/bin/gnome-www-browser gnome-www-browser /home/chicao/myusr/local/firefox/firefox 300

Desta forma, quando rodar o comando

sudo update-alternatives --display x-www-browser

o seu firefox vai aparecer na lista e poderá ser gerenciado pelo sistema Debian Alternatives, mesmo não estando instalado pelo apt.

Abraço!

[2] Comentário enviado por removido em 22/02/2012 - 11:41h

valeu brother, eu que fiz um artigo sobre os alternatives do Debian não me lembrei de citá-lo, e isso também vale para a dica do Terminator, só que lá usei a força bruta e editei o link /etc/alternatives/x-terminal-emulator trocando lá no final:

exec('gnome-terminal',@args);

por:

exec('terminator',@args);

um abraço.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts