Editar arquivos de sistema no Linux Ubuntu via ambiente gráfico

Publicado por Paulo Edson em 02/05/2015

[ Hits: 10.521 ]

Blog: https://www.facebook.com/srpauloedson

 


Editar arquivos de sistema no Linux Ubuntu via ambiente gráfico



A alteração nos arquivos de sistema do Ubuntu 14.04 LTS pelo modo texto, isto é, via Terminal, é, para alguns usuários, uma "dor de cabeça". Dessa forma, segue abaixo uma dica para possibilitar tais alterações via MODO GRÁFICO!

Primeiramente, abra o Terminal (Ctrl + Alt + T) e atualize todo o sistema, utilizando o seguinte comando:

# apt-get update && apt-get upgrade

Após isso, caso não esteja instalado, será necessário instalar o "gerenciador de ambiente gráfico", bastando, para tanto, o seguinte comando:

# apt-get install gksu

Pronto! Sempre que você precisar executar alterações nos arquivos de sistema via AMBIENTE GRÁFICO, basta abrir o Terminal e digitar o seguinte comando:

# gksu nautilus

OBS 01.: Após ter feito as alterações nos arquivos, feche o gerenciador de arquivos, isto é, o nautilus. Sendo assim, o Ubuntu retornará para o Terminal. Basta teclar Ctrl + C.

OBS 02.: É importante lembrar que qualquer alteração MAL FEITA (um delete acidental ou exclusão de linhas nos arquivos de sistemas etc) poderá comprometer seriamente o Ubuntu. Por isso, muito embora a manipulação nos arquivos de sistema – via modo gráfico – seja mais prática e mais fácil, tomem muito cuidado para não danificar o sistema operacional!

Dica testada em Ubuntu 14.04 LTS.

Por Paulo Edson de Carvalho Macedo

Outras dicas deste autor

Ubuntu GNOME 13.10 totalmente em português

Restaurar (resetar) o ambiente gráfico (interface) do Lubuntu 14.04 LTS

Criando e excluindo partições NTFS

Copiar e colar textos do Windows para máquina virtual Debian

Editor de áudio Wavosaur x Wine

Leitura recomendada

Daemon Tools no Linux?

fsn - Um navegador de arquivos em 3D

Partições NTFS - Resolvendo problema de montagem

Visualização da partição Win no Linux

Evitando a perda de dados - Backup via rede com DD e Netcat

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 02/05/2015 - 20:02h

O ideal é não ter que abrir o Gerenciador de Arquivos como root, pois os riscos de fazer "caca" são grandes. Então complementando a sua dica, seria mais apropriado adicionar um atalho ou opção no menu contexto do Nautilus de abrir o "arquivo" como root. Assim, nem precisaria abrir o terminal para digitar "gksu nautilus".

[2] Comentário enviado por albfneto em 03/05/2015 - 15:05h

Complemento...

Se optar por usar "gksudo" nem usará senha de root, usará a de usuário comum.

para KDE, tem kdsu e kdesudo.

Isso é "Sudo Gráfico", é considerado um modo elegante e correto de usar "sudo" em aplicativos gráficos.

tenho um artigo publicado sôbre isso. Vejam:

http://www.pinguimteajuda.com.br/node/192
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts