Desmontando um dispositivo ocupado

Publicado por D. M. Tavares em 28/02/2008

[ Hits: 25.041 ]

 


Desmontando um dispositivo ocupado



Às vezes quando vou desmontar meu chaveiro USB (USB Flash Drive), o comando umount retorna a mensagem "umount: /mnt/flash: o dispositivo está ocupado", e o dispositivo não é desmontado. Como faço para desmontá-lo?

Resposta:

O comando não consegue desmontar dispositivos que estão sendo usados. Então para desmontar o dispositivo é necessário fechar todos os programas que estão usando arquivos do dispositivo, como por exemplo: editores, navegadores, visualizadores de imagens etc. Além disso, caso exista algum terminal com caminho corrente igual a uma pasta do dispositivo, o caminho corrente deste deve ser modificado, ou o terminal deve ser fechado.

Se você não conseguir localizar os programas que estão usando o dispositivo, não se desespere, o comando "fuser" irá lhe auxiliar. Exemplo de uso:

# fuser -vm /mnt/flash/

Saída do comando acima:

                     USER        PID   ACCESS   COMMAND 
/mnt/flash/:         fulano     3599   F...    vi 
                     fulano     3629   f....    xpdf 
                     fulano     3632   ..c..    bash 

Agora você tem uma lista dos programas (na verdade processos) que estão usando o dispositivo montado em "/mnt/flash". Você poderá fechá-los manualmente, caso não consiga, poderá matar os processos, uma vez que agora você conhece os identificadores dos processos (PID).

Exemplo de como matar os processos que estão utilizando o dispositivo montado em "/mnt/flash":

# kill -9 3599
# kill -9 3629
# kill -9 3632


Depois de fechar os programas (ou matar os processos) que estão utilizando o dispositivo basta desmontá-lo como de costume.

# umount /mnt/flash/

Abraços,

Prof. D.M.T.

Outras dicas deste autor

Cronometrando o tempo de execução

Imprimindo "man pages"

Mantendo o programa em execução após logout

TAR seletivo

Mensagens do boot

Leitura recomendada

Problemas com autenticação no AD do Windows utilizando SuSE

Google Chrome Stable no CentOS 6.x

Removendo repositório conflitante do Fedora

Trocando o gerenciador de login do Ubuntu (GDM) pelo LXDM

Flash 9 + Firefox 3

  

Comentários
[1] Comentário enviado por dfsantos em 28/02/2008 - 08:42h

Show de bola sua dica amigo vai ser de grande ajuda =]

[2] Comentário enviado por guimaluf em 28/02/2008 - 09:36h

?comentario=ótima dica cara! parabens.... nunca soube desse comando fuser :)

[3] Comentário enviado por RCoimbra em 28/02/2008 - 09:48h

Valew, dica muito útil mesmo!!!!!!!!!

[4] Comentário enviado por douglasdiasn em 29/02/2008 - 01:54h

muito util, não conhecia o comando

att

Douglas Noronha

[5] Comentário enviado por chimico em 29/02/2008 - 18:08h

?comentario=Da man page do comando fuser temos:

fuser -km /mnt/flash

#para matar todos os processod que estão acessando o sistema de arquivos montado em /mnt/flash/ , mas pode ser usado em arquivos e dispositivos de bloco, como /dev/cdrom,... etc, aí é só desmontar.
Se mesmo assim a desmontagem falhar é só usar

umount -l /mnt/flash/

[6] Comentário enviado por kaizerslawten em 12/04/2012 - 17:38h

Muito bom Tavares não conhecia este comando muito util valeu mesmo.

Digamos sim a Liberdade !



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts