Criando LiveCD do Debian

Publicado por Bruno Magalhães de Souza em 20/05/2007

[ Hits: 17.953 ]

Blog: http://www.linkedin.com/in/brmagalhaes

 


Criando LiveCD do Debian



Precisamos do pacote live-package, que se encontra nas versões unstable e testing. Para as versões stable, precisamos do cdebootstrap, que se encontra no repositório testing.

Instalando

Versão testing:

# apt-get install live-helper

Versão stable:

Adicione em sua /etc/apt/sources.list:

deb http://www.backports.org/debian sarge-backports main

# apt-get update

Instalando cdebootstrap:

# apt-get install -t sarge-backports cdebootstrap

Instalando dependências do live-package para o sarge:

# apt-get install genext2fs mkisofs squashfs-tools

Instalando o live-package:

# apt-get install -t unstable live-helper

Fazendo o liveCD

Gerando imagem de acordo com suas configurações de sistema:

# make-live

Gerando com desktop - KDE:

# make-live -p kde-desktop

Gnome:

# make-live -p gnome-desktop

xfce:

# make-live -p xfce-desktop

Gerando cd com arquiteturas específicas:

# make-live -a i386
# make-live -a amd64


Distribuição:

# make-live -d etch
# make-live -d sarg


Exemplos um pouco mais complicados:

Gnome com audacity:

# make-live -r /target/directory -a i386 -s "main contrib non-free" -p gnome --packages audacity

Boot pela rede:

# make-live -r /target/directory/netboot-server -a i386 -d etch -t net

O arquivo gerado é .iso, bastando apenas gravar um cd e fazer o teste.

Para quem possui o qemu, apenas digite:

# qemu -m 256 -cdrom debian-live/binary.iso -boot d

Comandos, config e exemplos:
[]´s

Outras dicas deste autor

Wormux: WORMS com Tux, GNU, Beastie, Firefox, Thun

PHP + Shell script

Remover Exim4

Som - notebooks Positivo

DNS - Melhorando a Internet de sua rede DHCP

Leitura recomendada

CLAWS-MAIL - Atualização não-oficial para Ubuntu

TtyLinux - Linux com ISO de 6 MB

E-book sobre Debian 4.0 no Desktop (em português)

Instalando o Cairo-Dock no Fedora Core 8

Teclas de brilho inoperantes [Resolvido]

  

Comentários
[1] Comentário enviado por leandromoreirati em 29/06/2007 - 16:53h

Caro,
Estou usando sua dica pra montar um live CD do debian, gostaria de saber se voce consegue adicionar pacotes personalizado, pois preciso adicionar alguns pacotes compliados por mim.

Att.

Leandro

[2] Comentário enviado por brmagalhaes em 07/07/2007 - 01:53h

Ola amigo Leo_jfa

o liveCD é montado do jeito que seu sistema está instalado... se vc tiver o cedega instalado, no liveCD o cedega tb estará e rodará ( teoricamente ) direto do CD. entendeu o fio da questao ?

Monte sua distro do jeito que vc pretende utilizar e faça o liveCD.

e ela estará de acordo com o seu sistema instalado..

precisando estamos ai..

[]´s

[3] Comentário enviado por guilhermefuchs em 25/10/2007 - 15:37h

Olá galera , onde baixo esse live-package , pelo que andei vendo não existe mais nos repositorios do debian andei lendo q agora ele é death .

to querendo gerar um live do debian mais não acho nd

Abraços

[4] Comentário enviado por sabha em 07/10/2008 - 20:55h

fala pessoal!! alguem consegui criar o live cd com essa dica? na minha instalação o comando make-live não existe... instalei todos os pacotes descritos pela base testing e unstable, conforme indicado o cdebootstrap pela backports.

alguem ai tem alguma dica de como resolver isso?

valew... abraços

[5] Comentário enviado por Sd BM SC em 12/01/2009 - 14:33h

Ola pessoal, eu instalei o BigLinx 4.2 em uma determinada máquina, junto instalei alguns aplicativos necessários para o uso do Corpo de Bombeiro de SC, gostaria de saber como eu posso criar um LiveCd de instalação do PC (igual esses cd's que vem com esses notebook toshiba da vida, que é só colocar o cd e reinstalar o sistema prontinho...), ou seja, gostaria de ter um cd ou dvd de instalação do próprio PC já com todos os aplicativos, para caso um dia de problema, qualquer usuário leigo recupere o SO já com todos os aplicativos... tentei usar o Remastersys a primeira vez que usei após criar a imagem ISO e gravar no dvd dá um erro ao tentar iniciar, dizendo "Could not find kernel image /casper/vmlinux", já na segunda vez que tentei deu a seguinte mensagem de erro "The compressed filesystem is larger than the iso9660 specification allows for a single file. You must try to reduce the amount of data you are backing up and try again." e nem criou a imagem Se alguém quizer me ajudar agradeço!!!

[6] Comentário enviado por junior em 17/02/2009 - 14:21h

Talvez o tamanho do arquivo .iso não caiba no cd que você esteja tentando gravar via remastersys.

[7] Comentário enviado por scr1pt em 29/03/2009 - 16:31h

make-live command not found , esse post é antigo mas me interessei sou novo no forum e gostaria de uma ajuda .

[8] Comentário enviado por inacioalves em 24/07/2009 - 11:00h

Aqui eu usei o remastersys.
Para isto, você precisa saber inicialmente a versão do seu kernel para instalar dois pacotes que são

squashfs-modules-versao; e
aufs-modules-versao ou unionfs-modules-versao

depois de instalados estes pacotes você reinicia a máquina, instala o remastersys e usa um dos comandos
remastersys backup (copia tudo, inclusive seu diretorio pessoal)
remastersys dist (copia tudo, menos seu diretorio pessoal)

Com isto você terá uma distribuição em liveCD ou liveDVD.

Se as máquinas para onde você quer instalar a distribiução são todas identicas(pl. mãe, HD, etc.), você pode usar o partimage.

[9] Comentário enviado por hugutux em 03/10/2009 - 10:40h

vlw Obrigado, eu uso o remastersys.. ele é mais simples para usar.

vlw a dica.

[10] Comentário enviado por psychokill3r em 22/10/2009 - 04:24h

scr1pt

tenta instalar o live-magic
alem de todas as dependencias acima
vai em applications>>acessorios>>live-magic
selecione s mesmas opcoes descritas acima porem com o mouse em uma interface grafica.
#live-magic -r /target/directory -a i386 -s "main contrib non-free" -p gnome --packages audacity >>deve funcionar nao testei ainda
valeu.

[11] Comentário enviado por negronni em 06/04/2013 - 09:41h

Achei isso na net e resolvi compartinhar. Remastersys no Squeeze Como já foi mostrado aqui, o Remastersys é uma mão na roda no sentido de se fazer backups de uma instalação completa do Debian ou então fazer um live-dvd para dar para os amigos. Até pouco tempo o Remastersys só estava funcionando no Debian Lenny pois não havia o módulo squashfs, aufs ou openafs para serem aplicados ao kernel original do Squeeze (2.6.32.5), mas agora já há disponível e vamos ver aqui como instalar e fazer um live-dvd do Squeeze, que não é muito diferente do modo que se faz o mesmo no Lenny. Abra o Terminal (ou Konsole) e digite " sudo gedit /etc/apt/sources.list " e adicione a seguinte linha ao final do arquivo: # Remastersys deb http://www.geekconnection.org/remastersys/repository/">http://www.geekconnection.org/remastersys/repository/ debian/ Para squeeze:deb http://www.geekconnection.org/remastersys/repository squeeze/ Depois, salve e feche o arquivo e, ainda no Terminal (ou Konsole), digite " sudo apt-get update " e depois " sudo apt-get install remastersys " e aguarde o fim do processo. Depois disso, digite " sudo module-assistant " (se der comando não encontrado, sudo apt-get install module-assistant) e escolha a opção Prepare para preparar o sistema para fazer compilações; depois vá na opção Select e escolha a opção openafs-modules (aperte espaço) e depois Aceitar. Depois disso, escolha Get para baixar o código-fonte e aguarde o build e install dos módulos (se não aparecer no automático, basta ir escolhendo build e install de acordo com as etapas que estão sendo efetuadas). Uma vez instalados os módulos, reinicie a máquina no kernel original (caso você tenha mais de um) e volte ao Terminal (ou Konsole). Aí é só digitar sudo remastersys backup para fazer um live-dvd com a sua instalação do Squeeze completa, inclusive arquivos pessoais e configurações; ou sudo remastersys dist para fazer um live-dvd com tudo mas sem um usuário definido. O live-dvd criado é plenamente funcional e, para instalar o sistema em uma outra máquina ou mesmo recuperar a instalação, basta ir no menu de alicativos e escolher Remastersys Installer. O sistema será transferido exatamente como ele era ao fazer o live-dvd, com todos os seus programas e tudo mais, inclusive os kernels presentes na máquina. Mas lembre-se que o live-dvd tem que ser feito no kernel original do Debian (2.6.32.5) já que não há os módulos necessários compilados para os kernels mais novos. Uma dica, SEMPRE tenha na sua máquina pelo menos dois kernels, o original e um outro qualquer da sua preferência ou necessidade. Como eu sempre falo, Debian é Debian...



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts