Configurando um servidor de cache DNS no Mandriva/Fedora

Publicado por Perfil removido em 18/10/2006

[ Hits: 22.582 ]

 


Configurando um servidor de cache DNS no Mandriva/Fedora



Se você trabalha com uma pequena rede, pode aumentar a eficiência de resolução de nomes -> IP fazendo com que o bind sirva como um cache de resolução de nomes.

Como funciona, resumidamente: quando você digita "www.vivaolinux.com.br" há servidores especializados na "tradução" deste. Eles tem uma lista bem graaaaaaande onde estão relacionados os nomes dos sítios de internet com seus respectivos endereços IP, encaminhando o pedido de acesso ao local onde está a página desejada.

O que o servidor de cache faz é "decorar" a correspondência nome -> IP de forma a facilitar o acesso na próxima vez. Isto poupa trabalho e trabalho poupado significa acesso mais rápido ao conteúdo de qualquer lugar.

Mas não pense que você terá uma conexão ADSL com modem discado. Há uma melhora na resposta que pode ser sentida a olhos vistos, mas velocidades de upload/download não mudam e a velocidade do próprio hosting, horário de pico de acesso etc são fundamentais.

CHEGA!!!!!!

a) instale os pacotes bind, bind-utils (no fedora: também o bind-libs) e caching-nameserver.

b) inicie o serviço named:

# service named start

Faça as seguintes configurações adicionais:

c) no servidor, comente a linha "usepeerdns" em /etc/ppp/options para que a configuração do /etc/resolv.conf do servidor não seja alterada a cada conexão.

d) no /etc/resolv.conf do servidor faça:

search domínio_da_rede
nameserver 127.0.0.1

e) já no /etc/resolv.conf dos clientes:

search domínio_da_rede
nameserver ip_do_servidor_usado_como_gateway

Se estiverem usando o Mozilla/Firefox:

f) alterem esta linha em "about:config" e reinicie o navegador:

network.dns.disable.IPv6 boolean true

Isto fará com que não haja tentativa de resolução de nomes em Ipv6(1), indo direto para Ipv4, que é o sistema atual de 0.0.0.0.

Nas placas de rede:

g) no arquivo /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-sua_placa (ex.: ifcfg-eth0) acrescente/altere:

IPV6INIT=no
IPV6TO4INIT=no
PEERDNS=no

Dá um pouco de trabalho, mas vai haver um bom incremento no acesso às páginas desejadas.

Pela minha experiência, usando-se Squid/Dansguardian este recurso é fundamental, pois sempre há uma pequena latência, principalmente em conexão discada.

É isto aí e até a próxima diquinha esperta!

Espero ter sido útil para alguém.
;-)

Referência


(1) Renato Siqueira Massaro,

Outras dicas deste autor

Ativando a rede no Fedora Core

gHasher - md5sum para quem usa Gnome

Instalando o aMSN 0.93 com traydoc no KDE 3.1

Atualizando o Firefox no Kurumin

Copiando e colando texto da web sem formatação

Leitura recomendada

Regra para redirecionar pacotes entre redes com IPTables

Bloquear Facebook acessado por HTTPS (iptables)

Conexão Wireless na Avenida Brasil - Rio de Janeiro - com o Ubuntu

Instalando Firefox e Thunderbird em Português no Slackware

Turbinando a navegação com o Firefox

  

Comentários
[1] Comentário enviado por sisconet.net em 14/03/2008 - 11:49h

Amigo naum estou conseguindo configurar o DNS do mandriva



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts