Configurando o SMART no Fedora Core 5

Publicado por Felipe Rafailov em 17/08/2006

[ Hits: 7.372 ]

 


Configurando o SMART no Fedora Core 5



O Smart é um projeto brasileiro para um gerenciador de pacotes e atualizações com suporte a vários tipos de repositórios, como apt, apt-rpm, pkg[install|update|remove], e é claro, Yum. Mais informações sobre o Smart podem ser encontrados em:
Para instalar o Smart você precisa do python e do pygtk2, esse último pode não vir com uma instalação padrão do FC5, instale com:

# yum install pygtk2

1) Baixe o arquivo do site oficial. Para os preguiçosos, aqui vai um link para uma das versões mais recentes (01/07/06):
2) Descompacte-o com:

# tar xvfj smart-0.42

3) Instale com:

# cd smart-0.42
# make
# make install


(como a maior parte dos códigos-fonte)

3.1) Há um .RPM para o Fedora Core 5 disponível no site, porém se você mantém seu sistema atualizado como eu, você deve ter a versão do Python 2.4.3 instalada, enquanto que o RPM disponível no site é para o Python 2.4.2. Uma pequena diferença que já impede que o RPM seja instalado de forma "normal". Pode ser que eles atualizem o RPM depois dessa data, então vale à pena conferir.

4) Ainda como root, digite:

# smart --gui

Isso mesmo, ele tem uma linda interface gráfica parecida com o Synaptic. Vamos adicionar os repositórios Core, Updates e Extras. Você pode adicionar outros se quiser, de forma semelhante.

4.1) Vá em "Editar" e "Canais". Selecione "Novo" e "Prover informações do canal". Selecione "MetaData RPM" (sistema utilizado pelo yum). Essa etapa é igual para todos os repositórios que você for adicionar.

4.2) Com seu editor de texto favorito, abra os arquivos /etc/yum.repos.d/fedora-core.repo, /etc/yum.repos.d/fedora-extras.repo e /etc/yum.repos.d/fedora-updates.repo. Nesses arquivos a parte que interessa é o "baseurl". Copie toda linha depois de "baseurl=". Coloque isso no campo URL Base, substituindo $releasever por 5 e $basearch por i386 (ou a sua arquitetura, x86_64, etc.). Em apelido coloque um nome curto como "extras", e em nome coloque um nome extenso como "Fedora Extras". Faça o mesmo com os 3 repositórios e os demais que você queira adicionar.

4.3) Na janela principal clique em "Arquivo" e "Atualizar canais". Isso deve levar alguns minutos. Depois disso você já pode adicionar, remover e atualizar pacotes com o Smart.

5) Pronto! Tente atualizar os pacotes, adicionar novos pacotes, procurar por pacotes, e você verá que a interface dele é muito auto-explicativa, totalmente traduzida para o português, e fácil de usar.

Boa sorte a todos!

Felipe

Outras dicas deste autor

Modo browser no Nautilus

BugMeNot: cadastro nunca mais!

SSH com chave pública + SVN por SSH

Leitura recomendada

Informação do Tempo – Um benchmark no Desktop do elementary OS

Corrigindo bug dos ícones sobrepostos no i3bar

Placa de vídeo - S3 Unichrome - RESOLVIDA

kappfinder: utilitário que busca e cria links no KDE

Configurando um IP no BackTrack

  

Comentários
[1] Comentário enviado por supradados em 17/08/2006 - 09:08h

Olá, tudo bem? Dê uma olhada nesse meu artigo: http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5075. Tem mais umas 'cositas' lá.

Até mais.

[2] Comentário enviado por removido em 18/08/2006 - 00:58h

Não é necessário compilar na mão. Basta usar o yum, simplificando a coisa.
Executei aqui o comando:
yum install smart
e me retornou:
smart i386 0.42-35.fc5 extras 681 k
fedora-package-config-smart i386 5-6 extras 6.5 k



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts