Configurando o Compiz no OpenSuSE 11.2

Publicado por Fernando alves em 30/11/2009

[ Hits: 7.604 ]

 


Configurando o Compiz no OpenSuSE 11.2



Para os usuários que estiverem com problemas para utilizar o Compiz no openSUSE 11.2.

Logo após a instalação do sistema pelo DVD, instale os drivers da placa de vídeo (Nvidia ou ATI). No meu caso adicionei o repositório da Nvidia.

A maneira mais fácil de adicionar repositórios no openSUSE é abrir o YaST, clicar em repositórios de software e colar a URL:

download.nvidia.com/opensuse/11.2/

Instale os drivers indicados para sua minha placa no YaST.

Com os drivers da placa instalados, os efeitos de desktop funcionam perfeitamente com o kwin, mas não funcionam se instalar o Compiz. Tentei pelo "one click install" também, não rola.

A solução foi atualizar o KDE para a versão 4.3.3.

Adicione o repositório:

download.opensuse.org/repositories/KDE:/43/openSUSE_11.2/

A seguir atualize o KDE via YaST.

Adicione o repositório X11/XGL:

download.opensuse.org/repositories/X11:/XGL/openSUSE_11.2/

Agora é só instalar o Compiz e seus plugins, emerald, temas emerald, etc pelo YaST.

Instale também o fusion-icon para ativar o Compiz. Crie um link para o fusion-icon na pasta .kde4/Autostart - esta pasta é oculta e está na sua pasta de usuário. Assim o Compiz rodará automaticamente no boot e você terá o ícone no tray para alterar as configurações. como por exemplo selecionar o emerald como decorador de janelas.

Você também poderia selecionar o Compiz como gerenciador de janelas no painel de controle do KDE nos aplicativos preferenciais, mas acho o fusion-icon legal iniciando no tray.

Depois é só utilizar o ccsm e configurar os efeitos.

Aqui está funcionado perfeitamente e mais leve que na versão anterior,

Espero ter ajudado, qualquer dúvida é só postar. Abraço a todos.

Fernando Alves.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Redirecionar requisições do site da porta 80 para 443

Corrigindo acentuação no gnome-terminal

Instalar o CentOS a partir de um chaveiro USB

Como aumentar a memória do Tomcat7 no Linux

Acesso SSH

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 09/12/2009 - 22:38h

estou testando essa dica hoje no open suse.

[2] Comentário enviado por albfneto em 27/03/2010 - 23:44h

funciona bem e também para o 11.3 experimental...

[3] Comentário enviado por Vitou em 08/06/2010 - 13:51h

Oi, eu gostaria de uma ajuda para fazer o compiz funcionar, pois já instalei de varias formas e nunca funciona. Já instalei pelo site do openSUSE (eu estou usando a versão 11.2), pelo Yast e pelo terminal, mas, sempre acontece a mesma coisa, quando eu vou clicar no "fusion-icon" ele carrega um pouco mas não abre. Nem criando um atalho para ele na pasta "/home/USUÁRIO/.kde4/Autostart" resolve. Eu consigo acessar o "compizconfig" e mudar as configurações do compiz, mas, o principal (fusion-icon) não funciona. Boa tarde. Obrigado.

[4] Comentário enviado por fernandoeu em 09/06/2010 - 15:38h

Vitou, você tem certeza que o driver da sua placa de vídeo está instalado? você fez atualização recente de kernel? pra te ajudar preciso de mais informações, se você quiser posso te ajudar por email ou msn.

[5] Comentário enviado por Vitou em 10/06/2010 - 01:21h

Fernando, o driver está instalado perfeitamente pois todos os efeitos do kwin funcionam. O KDE instalado foi a versão 4.3.5, pois o repositório descrito acima não funcionou, nem no YaST e nem pelo terminal, nem acrescentando "http://" no inicio da url e nem removendo a "/" no final da mesma (pois isso funcionou nas outras duas url's). Tentei, também, iniciar o fusion-icon pelo terminal, ele carregou um pouco mas no final deu um erro de arquivo não encontrado (obs: o fusion-icon está na pasta /usr/share/applications e na pasta /usr/share/applications/X11, não sei o motivo do "arquivo não encontrado"). Referente ao krenel, sim, ele foi atualizado. Obrigado.

[6] Comentário enviado por veloztec em 18/06/2010 - 18:47h

aqui tambem ta igual a do Vitou
ja tentei de varias maneiras porem o fusion-icon nao fica ativo



Contribuir com comentário