Configurando a inicialização do Blackbox

Publicado por Moon em 16/04/2005

[ Hits: 8.284 ]

 


Configurando a inicialização do Blackbox



Essa dica é para usuários novos no Linux que ainda não conhecem muita coisa e que gostam de gerenciadores de janelas leves, mas não sabem como colocar vários programas para carregar em sua inicialização.

Aqui vou usar como exemplo o Blackbox, que é o gerenciador que uso, mas acredito que também serve para gerenciadores similares.

Vou mostrar como você pode colocar, por exemplo, um papel de parede, uma música, o gkrellm e o idesk para inicializar junto com o Blackbox (esses programas, são apenas para exemplo, você pode escolher os que você quiser).

A primeira coisa a se fazer é encontrar o seu arquivo de configuração das janelas do Blackbox que você usa.

Se você instalou o Blackbox pelo código fonte, então provavelmente os arquivos estão na pasta "/usr/local/share/blackbox/styles".

Caso você não esteja achando, utilize o comando "find" para encontrar a pasta...faça dessa forma:

$ find / -name blackbox

Entre no sub-diretório "styles" e abra o arquivo de estilo que você usa com o seu editor de texto favorito, e encontre a linha "rootComand: ".

Apague o que está escrito depois (não apague as outras linhas, somente o que vem escrito na mesma linha depois do "rootComand: ".

Bom, depois do "rootComand: ", coloque o seguinte: "~/.initbb".

Então vai ficar assim, "rootComand: ~/.initbb".

Salve o arquivo e crie um novo no seu diretório home com o nome de ".initbb" (não esqueça do ponto antes do nome, pois é um arquivo oculto), com o seu editor de texto, coloque o seguinte nele:

#!/bin/bash

# Inicialização do Black Box

Esetroot -fullscreen "nome_do_papel_de_parede.jpg" &
amp "nome_da_musica.mp3" &
gkrellm &
idesk &

Agora salve o arquivo e dê permissão de execução para ele com o comando:

$ chmod 755 ~/.initbb

Está pronto. Agora basta sair e entrar de novo no Blackbox, para ver como ficou.

Esses "&", no final de cada linha, servem para que o comando seja executado em segundo plano, isso faz com que programas como o gkrellm e o idesk, que continuam sendo executados ininterruptamente, liberem o terminal, para o próximo comando.

OBS: O comando "Esetroot" para colocar o papel de parede, não precisa ser exatamente ele, você pode usar qualquer outro, como "xv", "xsetbg", "xsetroot", etc.

OBS2: O comando da música "amp" também pode ser qualquer outro programa de música, mas é recomendável que seja algum que funcione apenas por linha de comando, para não ficar aparecendo nenhuma janela toda vez que você iniciar o Blackbox.

É isso, aí... espero que tenham gostado.

Outras dicas deste autor

Tocando um som na saída do Blackbox

Leitura recomendada

Ícone de mostrar área de trabalho no Plank

Iceweasel - Versão atual no CrunchBang

Desabilitar montagem automática de dispositivos no Ubuntu 10.04

Convertendo arquivos para PDF a partir do menu de contexto do Nautilus

Imprimindo em PDF no Firefox usando CUPS-PDF no KUbuntu Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 16/04/2005 - 04:58h

Olá! Bela dica, mas um caminho mais curto e que serve para TODOS os gerenciadores de janelas é usar o arquivo ~/.xinitrc para executar os programas. Segue sugestão de leitura:

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=35

[]'s

[2] Comentário enviado por PeQuEnO_TuX em 06/02/2006 - 13:04h

valeu pela dica amigo muito bom mesmo deu certinho no fluxbox tambem

[3] Comentário enviado por removido em 12/11/2007 - 00:51h

blzura de post, usei no flux e rodou muito bem!!!

valeuww

[4] Comentário enviado por removido em 12/11/2007 - 00:53h

blzura de post, usei no flux e rodou maravilha,

valewwww!!!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts