Compilar programas com muitos parâmetros

Publicado por Judson A. Borges em 17/08/2008

[ Hits: 5.324 ]

 


Compilar programas com muitos parâmetros



Dica muito simples.

Às vezes precisamos compilar um programa com muitos parâmetros, como por exemplo:

# ./configure --prefix=/usr --exec_prefix=/usr --bindir=/usr/sbin --sbindir=/usr/sbin --libexecdir=/usr/lib/squid --sysconfdir=/etc/squid -localstatedir=/var/spool/squid --datadir=/usr/share/squid --enable-auth="ntlm,basic" --enable-basic-auth-helpers="winbind" --enable-ntlm-auth-helpers="winbind" --enable-external-acl-helpers="winbind_group,wbinfo_group" -enable-delay-pools --enable-removal-policies --enable-underscores --enable-cache-digests --disable-ident-lookups --enable-truncate --enable-arp-acl --with-winbind-auth-challenge

Então para facilitar a sua vida é só criar um arquivo ".sh" com um editor de texto qualquer e jogar tudo isso dentro (observar na hora de alinhar para ficar na sequência correta). Depois dar permissão de execução "chmod 755 xxx.sh" e executar "./xxx". Lembrando que o "xxx.sh" deve ser criado no mesmo diretório onde está o arquivo "configure".

Bom, uma singela e meiga contribuição!

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Shell Script - Imprimindo nome da própria função em execução

Declarando constantes em shell scripts

Usando variáveis para alterar arquivos com sed, *grep e outros

Como lidar com variáveis retornadas pelo Expect - removendo CR do fim de linha

Controle e Automação

  

Comentários
[1] Comentário enviado por chimico em 18/08/2008 - 08:33h

Olá karvox, blza?
Na verdade é possível você usar o script sem a necessidade de criá-lo no local onde está o comando ./configure a ser executado. Basta criar uma pasta bin/ em sua pasta de usuário e colocar seu script com permissão de execução dentro dela e você poderá chamar o script de qualquer outro local. No Debian apenas isso é necessário, em outras distros deve-se criar a pasta bin, e adicionar o seguinte em .bashrc
export PATH="$PATH:~/bin"
ou ainda
adicionar ~/bin ao PATH padrão em /etc/profile
na linha
PATH="/bin:/usr/bin: .....
ficando assim:
PATH="~/bin:/bin:/usr/bin: ....

Fique com Deus!

[2] Comentário enviado por karvox em 20/08/2008 - 00:09h

Blz Chicotrance!

Mais uma aí para eu aprender.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts