Compilando seus RPMs como usuário comum

Publicado por Cesar Cardoso em 04/08/2003

[ Hits: 6.460 ]

 


Compilando seus RPMs como usuário comum



Bem, eu estava atrás disso, e achei no site do JPackage (jpackage.sf.net).

Compilar RPMs como root não é considerado uma boa prática - aliás, é considerada uma péssima idéia. Mas como construir os pacotes como usuário comum?

1) Primeiro, construa a seguinte estrutura:
rpm
|-- BUILD
|-- RPMS
|   |-- (arquiteturas)
|   `-- noarch
|-- SOURCES
|-- SPECS
|-- SRPMS
`-- tmp
O (arquiteturas) significa que você deve criar um diretório para cada arquitetura para a qual você deseja construir pacotes. Por exemplo, no meu caso específico, eu tenho os diretórios RPMS/i386 e RPMS/i686; se você tiver um Athlon/Duron, os diretórios devem ser RPMS/i386 e RPMS/i586; se você tiver um PowerPC, basta RPMS/ppc.

2) Crie o seguinte arquivo como $HOME/.rpmmacros:

%_topdir        %(echo ${HOME}/rpm)
%_tmppath       %{_topdir}/tmp

%packager       PrimeiroNome UltimoNome <seu.email@aqui>

O seu .rpmmacros pode ser bem mais sofisticado, mas isto nos basta.

É isso! Agora basta compilar os seus RPMs normalmente como usuário comum.

Outras dicas deste autor

Suas próprias fontes no XFree86 4.3.0

Evolution 1.4 Release Candidate 1

Introdução a Linux e wireless networking

Convertendo de Microsoft Outlook para Ximian Evolution

Mundo livre para RedHat e Fedora Core

Leitura recomendada

P2P completo e sem mistérios

Instalando o KDE 4.0.1 no ResuLinux

Bacula - Construindo um sistema de backup a nível enterprise

Inovação tecnológica - Fique atualizado sobre tudo em questão tecnologia de ponta

Configurando opções avançadas do KDE

  

Comentários
[1] Comentário enviado por atilazip em 04/04/2004 - 14:10h

legal!



Contribuir com comentário