Compartilhamento NFS

Publicado por William Robert Neumann em 08/10/2008

[ Hits: 46.679 ]

Blog: https://br.linkedin.com/in/williamneumann1

 


Compartilhamento NFS



Este tutorial descreve uma maneira fácil de como configurar o serviço NFS (Network File System) para habilitar o compartilhamento para uma ou mais máquinas-cliente.

NFS Server

Utilizando o editor de texto da sua preferência, editar o arquivo:

# vi /etc/exports

O arquivo deve conter a linha:

/dados/backup 192.168.1.2(rw,async)

Em que:
  • /dados/backup é o diretório que será compartilhado com as máquinas-cliente;
  • 192.168.1.2 determina o ip da máquina-cliente;
  • (rw) permissão que a máquina-cliente tem ao acessar o compartilhamento leitura e escrita (read/write);
  • (async) o NFS trabalha de forma assíncrona, ou seja, sem precisar esperar uma resposta do cliente a cada pacote enviado, isto torna a transferência de arquivo mais rápida.

Se você quer que o usuário remoto tenha privilégios de root, insira no final da linha: no_root_squash

192.168.1.2(rw,async) no_root_squash

Cada usuário remoto que precisar acessar nosso servidor NFS deverá ter seu endereço ip declarado no arquivo:

192.168.1.2(rw,async) no_root_squash
192.168.1.23(rw,async)
192.168.1.6(rw,async) no_root_squash
192.168.1.22(ro,async)

A última linha foi configurada com permissão (ro) read only, com esta opção estamos informando que a máquina-cliente tem apenas permissão de leitura, ou seja, os arquivos podem ser lidos porém não alterados.

Salve o arquivo :wq e no terminal digite:

# exportfs

Com esse comando o arquivo /etc/exports será lido e o kernel será atualizado com as mudanças realizadas.

NFS Cliente

Na máquina-cliente, abrir um terminal e digitar:

# mkdir /backup

Em seguida, montar o diretório usando o comando mount com o parâmetro -t nfs.

# mount -t nfs 192.168.1.1:/dados/backup /backup

Se é um compartilhando que você precisa acessar frequentemente, é recomendado que você configure no arquivo /etc/fstab para que o sistema se encarregue de montá-lo durante o processo de boot do sistema.

# vi /etc/fstab

192.168.1.1:/dados/backup /backup nfs auto,exec 0 0

  • 192.168.1.1:/dados/backup - endereço do servidor NFS;
  • /backup é o diretório local do cliente;
  • nfs especifica o sistema de arquivo;
  • auto faz com que o compartilhamento seja montando durante o boot do sistema;
  • exec permite executar programas dentro do diretório compartilhado.

Salvar o arquivo e saia :wq, a partir do próximo reboot do sistema seu diretório NFS já será montado automaticamente.

Espero que este artigo esclareça algumas dúvida.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Compiz no Linux Mint Xfce

Bloqueando Meebo no Linux (iptables)

Autenticação no Apache com MySQL

Fechando programas que não estão respondendo no modo gráfico

Busca em texto com o método de Boyer Moore

  

Comentários
[1] Comentário enviado por cytron em 10/05/2009 - 00:15h

Só pra lembrar... é preciso que o daemon portmap esteja ativo.

No Slackware por exemplo, dentro de /etc/rc.d deixe +x em rc.portmap e rc.nfsd



Contribuir com comentário