Como manter KDE 3.5.10

Publicado por Alberto Federman Neto. em 06/08/2009

[ Hits: 7.588 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Como manter KDE 3.5.10



Uma dica simples, que considero útil aos fãs do antigo KDE 3.5.10.

O desenvolvimento do KDE em suas versões 4 e seus muitos temas e efeitos visuais 2D e 3D (Kwin) tem sido responsável pelo renascimento do KDE como ambiente gráfico principal, porque na época do KDE 3, ele estava sendo cada vez mais abandonado e substituído pelo GNOME, popularizado pela distro Ubuntu.

Uma evidência disso era que muitos usavam Ubuntu e quase ninguém usava Kubuntu até o advento do KDE 4.

Eu gosto dos dois, mas tenho visto na Internet que muitos usuários, de várias distribuições, gostam de KDE 3 e não gostam de KDE 4, que consideram pesado e seus menus pouco amigáveis.

Tenho feito experimentos com KDE 3.5.10 e KDEs 4.2 e 4.3, sejam sozinhos, sejam coexistindo, instalados independentemente nas mesmas distros...

Atualmente o KDE 3 ainda tem muitos usuários, pela sua praticidade e facilidade de uso, mas não é mais desenvolvido. Por isso é difícil mantê-lo agora. Se você tem KDE 3 e gosta dele, existe um jeito de conservá-lo.

Você precisa instalar a distro com KDE 3.5.10 e não atualizar mais os pacotes de KDE e ainda não atualizar a distro toda. Faça o seguinte.

Instale sua Distro com KDE 3 e controle as versões do que instala, usando a interface gráfica do gerenciador de pacotes, por exemplo, com Synaptic.

Você instala a distro em versão com KDE 3 e imediatamente em seguida, procura os pacotes que gosta e vai instalando. Se você instalar um Krusader, um Amarok, um Kopete etc... por exemplo, escolha no Synaptic as versões antigas, ex. Krusader 1.9, Amarok 1.4 etc... e aí já fica instalado.

Quando você atualizar os repositórios vai chegar a hora em que não mais achará os pacotes de KDE 3. Simplesmente continue a controlar as versões, não instale mais nada de KDE novo e nem atualize totalmente a distro (equivale a NÃO FAZER apt-get upgrade).

Não é nenhum problema usar os pacotes só do KDE 3 se você não gostar do KDE 4. Os pacotes são antigos, mas o KDE 3 também é.

Assim poderá manter somente o KDE 3.

Manter os dois KDEs está cada vez mais difícil porque cada pacote novo traz dependências de KDE 4 e sua instalação ou atualização substitui, deixando órfãos os pacotes de KDE 3.

Existe a possibilidade de manter os dois apenas em alguns tipos de distros, como nos Gentoo, aonde se pode mascarar os pacotes do KDE 4 para que não sejam instalados ou pular as dependências. Se sua Distro tiver esses recursos, use-os.

Uma sugestão para quem quer usar Gentoo para conservar o KDE 3, pode trabalhar com Sabayon (Itália); Ututo (Argentina); Nova (Cuba); Litrix (Brasil); Toorox (Alemanha) ou Calculate Linux (Rússia).

São todos Gentoo like fáceis de instalar e manter, e com exceção de Toorox e Calculate, os outros lhe dão opção de usar binários, ao invés de compilar tudo.

Uma vantagem dos Gentoo é que eles são muito versáteis e customizáveis e é mais fácil controlar as versões dos pacotes.

Meus testes estão sendo feitos usando Mandriva Spring Free 2010 Alfa 1 Cooker, Sabayon 4.2 (Branch 5.0 Testing) e Gentoo.

Outras dicas deste autor

Krusader 2.0.0 Phoenix Egg - Gerenciador de arquivos completo para o KDE4 ou superior

Sincronizando Portage com GIT no Sabayon Linux

Scripts adduser (para criar usuários) em distros não Debian - Para iniciantes

Compilando/Instalando o novo Cairo-Dock no Sabayon

Regulando velocidade e energia gasta pelos processadores. Método moderno. cpupower

Leitura recomendada

SPM - compilando programas-fonte com facilidade

Instalando o VirtualBox no CentOS 6

RecordMyDesktop no Slackware Funcionando no KDE Plasma 5

Grub Customizer no LMDE-2014

Instalação do React-Native no Debian Buster

  

Comentários
[1] Comentário enviado por m4iir1c10 em 06/08/2009 - 09:23h

Alberto, Alberto!

Ja virei o seu fan de carterinha...
Seguinte eu quero deixar o kde 3.5.10 no meu Sabayon, assim como o Amarok 1.4.10 (pra mim foi uma decepcao o Amarok 2), eu estava fazendo isso que voce falou de nao fazer update de tudo quanto e pacote (principalmente depois de zuar o meu spritz com um update do python, ja resolvi isso instalei o 4.2), agora minha questao e:

Como e esse esquema de mascarar os pacotes e pular as dependencias?

[2] Comentário enviado por albfneto em 06/08/2009 - 16:33h

Esta dica permite manter o KDE 3 també em outras distros

Olá...
olha, o Amarok novo 2, é MUITO bugado, ele para, trava, fecha sozinho, perde o som etc...
é uma pena ver no que virou o melhor player de áudio! eu também gosto mais do 1.4, e agora esto o exaile, é parecido.
Olha, seu problema com python... sim ocorre, e no gentoo também, pq as versões novas tem sido escritas para ou usando pyhton 2.6, e as outras antigas, python 2.5;;;
espere pelo sabayon 5, (sairá breve) ou instale gentoo com portage novo (já é 2.6 o python)

solução paliativa para problema python. teste para saber se tem o problema, abra portato.... portato funfa em pyhton 2.5 no sabayon e não funfa em 2.6...
solução paliativa, facilita mas não égarantia.
1) não use python 2.6, em SABAYON 4, nem GGC 4.4

2) se vc ja estiver usando python e gcc novos, e estiver funfando, não mexe e faça:

python-updater

3)não está funfando faça os comandos:

equo install eselect ou emerge -av eselect
eselect python list
eselect python set numero e faça setar python 2.5...
gcc-config -l
gcc-config numero e sete o GGG 4.3...
a seguir entre no PORTATO, use a palavra chave python e REMOVA SÒ O PYTHON 2.6, deixando o 2.5, ou reinstalando o 2.5.4

se um dia tiver um tempo e gostar, experimente o gentoo, ele é igualzinho para usar o portage, apesar que eu acho atualmente, o sabayon é o melhor linux, pelo menos é o que mais gosto..., fácil de instalar e usar e personalizável e otimizável pra hardware como o gentoo...

PULAR AS DEPS:

ao instalar os pacotes, faça assim:

equo install --ask --nodeps nome do pacote
ou
emerge --ask --verbose --pretend --nodeps nome do pacote ex:
vc quer uma versão do kopete pro kde3...
se fizer emerge kopete, vai pegar aversão pro o 4, e suas deps e parte do seu KDE 3, vai pra casa do chapéu, vão ficar orphaned!
então faça:

emerge -av eix
eix-update
eix kopete

e verá todas as versões existentes de kopete...
outro jeito e abrir portato e procurar o kopete antigo, então anote o nome e SAIA DO PORTATO. viu o nome e versão?, então faça:

emerge -pv =net-im/kopete-X.Y.Z

onde x, y, x, são os numeros que indicam a versão antiga do kopete pro KDE 3... aí já ve se tem muitas deps de KDE4, ex kdelibs...
para instalar, use então:

emerge -av --nodeps =net-im/kopete-X.Y.Z

também dá pra fazer co equo, só não usa o sinal de igual..

Máscaras em entropy e portage, mascarar, basicamente é copiando os nomes nos arquivos keywords ou masked, é um pouco complicado para esxplicar em um post, mas veja:

http://www.gentoo.org/doc/pt_br/handbook/handbook-x86.xml?part=2&chap=1

Como mascarar em sabayon e gentoo, portage, e como aqui, mas vc precisa fazer isso com todas as deps e de preferencia com todo o KDE 4!

http://under-linux.org/wiki/index.php/Gentoo/ss-e2fsprogs-com_err
http://wgo.wolf911.us/?p=13

MASCARANDO NO EQUO, NO ENTROPY:

é parecido, mas precisa copiar os nomes dos pacotes, para o package.mask em

/etc/entropy/packages

entrando no arquivo verá que tem uma sinatxe diferente, é só copiar no jeitão que está dentro do arquivo, só mudando o nome do pacote.
naturalmente. se for um só pacote, vc pode usar comando echo pra copiar, mas no caso do KDE 4 precisa mascarar muita coisa.

veja em:

http://www.sabayonmania-forum.com/sabayonlinux-f15/mascherare-pacchetto-t813.htm?highlight=mascherar...

o único how to que achei ta em italiano, mas acho que dá pra ler algo.

Vc instalou KDE 4... pra recolocar o 3, vc precisa apagar todo o 4, no sulfur, em sessão aberta no fluxbox, depois marcar so os pacotes do 3, enão pode mais atualizar nada de KDe, senão começa puxar deps do 4....



Contribuir com comentário