Como instalar o LibreOffice mais recente no Debian Estável

Publicado por Edivan Santtos em 27/09/2019

[ Hits: 756 ]

Blog: http://bit.ly/2Pi7y0m

 


Como instalar o LibreOffice mais recente no Debian Estável



Vou passar uma dica rápida para vocês novatos no mundo Debian. Somente há pouco tempo que decidi usar Debian, embora já tenha utilizados outras distros "apt". Realmente o Debian faz jus à fama de estabilidade, mas na semana de lançamento não fez. Deu muito trabalho para reconhecer minha Nvidia gtx 950 SC, mesmo seguindo a wiki para instalação Nvidia. E meu teclado da Alfawise também não era reconhecido devidamente.

No entanto, recentemente a placa funcionou e consegui usar. Preferi ficar sem usar ele a ter que não usar a GPU externa, visto que conseguia usar ele com o nouveau.

Feita essa breve introdução, evidentemente que eu já tinha lido muito da wiki antes de instalar, e sabia que as versões dos pacotes são mais antigas que outras distros LTS.

No meu caso, sinto falta do recurso de um pacote específico; o LibreOffice.
Para não ter que usar esses novos formatos de empacotamento nem usar o testing agora, decidi fazer de outra forma: usar o backports.

Na versão atual o Debian vem com o LibreOffice 6.1, embora na própria página da Linux Foundation eles já recomendem o uso da versão 6.2.6 para ambientes empresariais.

Se você não quer esperar, pode instalar a versão mais nova pelo backports. Para isso vamos lá!

Tenha o repositório backports na sua sources.list:

deb http://deb.debian.org/debian buster-backports main

Para adicionar ele, você pode acessar a sources.list da seguinte forma:

# nano /etc/apt/sources.list

Troque "nano" pelo seu editor preferido: gedit, pluma...

Após adicionar o repositório, salve (caso esteja utilizando o nano) com o comando ctrl+o, ctrl+x para sair.

Rode:

# apt update
# apt upgrade


Agora, desinstale seu LibreOffice antes de prosseguir. Não use o purgue, pois seu programa ficará como na imagem abaixo.
Provavelmente o purgue está removendo alguma lib. Mesmo que depois você limpe seu PC, remova o programa, o repositório, ele ainda irá ficar assim caso use o purgue para remover.

Desinstale normalmente com o comando:

sudo apt-get remove nome_do_programa
$ sudo apt-get autoclean


Agora, logado como root digite:

# apt-get -t buster-backports install libreoffice

Pronto, agora já terá a versão 6.3.x no seu Debian Estável!
Para saber mais sobre o backports, use a wiki do Debian: https://backports.debian.org/Instructions/

Atenção! Essa versão está na cor cinza, não consegui mudar ela no programa.

Outras dicas deste autor

Mudar ícone do menu na Solus

Corretor ortográfico no LibreOffice Writer

Como abrir pastas como usuário root na Solus

Como resolver o erro "structure needs cleaning"

Como resolver problemas na Solus?

Leitura recomendada

Ubuntu - Funções do LibreOffice Calc em português

Vídeo tutorial sobre como deixar o LibreOffice do Ubuntu em Português

LibreOffice no SliTaz 4.0

Aplicativos Office - Acelerando a abertura no Linux

LibreOffice 3.5.3 - Instalação no CentOS 6.x

  

Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 03/10/2019 - 18:11h

Eu deixo os repos do teste e do instável habilitados e pinados no meu Debian e, hoje mesmo, instalei o LibreOffice a partir do Sid:

sudo apt -t unstable libreoffice

Minha lista de preferências ("/etc/apt/preferences") para usar os três repos (estável, teste e instável) fica assim:

Package: *
Pin: release a=stable
Pin-Priority:500

Package: *
Pin: release a=testing
Pin-Priority: 50

Package: *
Pin: release a=unstable
Pin-Priority: 50

Package: *
Pin: release a=experimental
Pin-Priority: 50


[2] Comentário enviado por pinduvoz em 03/10/2019 - 18:14h

Esqueci de mencionar que o LibreOffice do Sid é o 6.3.2.2.

[3] Comentário enviado por edivandjs em 04/10/2019 - 16:43h


[1] Comentário enviado por pinduvoz em 03/10/2019 - 18:11h

Eu deixo os repos do teste e do instável habilitados e pinados no meu Debian e, hoje mesmo, instalei o LibreOffice a partir do Sid:

sudo apt -t unstable libreoffice

Minha lista de preferências ("/etc/apt/preferences") para usar os três repos (estável, teste e instável) fica assim:

Package: *
Pin: release a=stable
Pin-Priority:500

Package: *
Pin: release a=testing
Pin-Priority: 50

Package: *
Pin: release a=unstable
Pin-Priority: 50

Package: *
Pin: release a=experimental
Pin-Priority: 50




Ótimo. Nunca usei dessa forma, mas tenho um amigo que usa assim.

[4] Comentário enviado por edivandjs em 04/10/2019 - 16:50h


[2] Comentário enviado por pinduvoz em 03/10/2019 - 18:14h

Esqueci de mencionar que o LibreOffice do Sid é o 6.3.2.2.


Estou usando essa versão, instalei pelo tar.gz.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts