Como criar um pendrive bootável

Publicado por Ellis em 05/09/2020

[ Hits: 813 ]

 


Como criar um pendrive bootável



ATENÇÃO: tome muito cuidado com os comandos, não copie nem cole sem entender o que fazem neste contexto.

Para começar devemos identificar o nosso pendrive, afinal não queremos formatar o HD :D, para isso caso saiba o nome do pendrive, execute este comando:

mount | grep [nome do seu Pendrive]

Sem as chaves, por exemplo se o nome do seu pendrive é "Disco", ficaria assim:

mount | grep Disco

O mount sozinho identifica quais sistemas de arquivos estão montados (lembrando que os sistemas mais modernos, montam automaticamente os sistemas de arquivos, por exemplo, seu pendrive ao ser inserido é montado automaticamente pelo Sistema Operacional, logo eis uma vantagem para usá-lo).

O pipe ("|"), funciona como um redirecionador de saída, de uma forma mais simples, ele pega a saída do comando anterior e ao invés de mostrar na tela, o manda para o próximo comando.

O comando grep serve para buscar por padrões, sendo assim ele procurará pela(s) linha(s) que contenham o padrão que o usuário pediu.

Caso você não saiba o nome do seu pendrive, não se preocupe, temos outro comando que o ajudará nisso:

sudo fdisk -l
ou
# fdisk -l

O comando fdisk serve para configurarmos partições, mas isto não nos interessa nesse assunto, mas uma de suas opções é o -l (pra quem estuda, ou convive com Linux, a opção -l quase sempre é o mesmo que "list", que por sua vez representa liste algo), no nosso caso ele listará todas as partições e mais algumas informações.

Dito isto, após achar o nome do seu pendrive você deve achar o nome dos dispositivos de armazenamento, que podem variar por existir uma unidade SCSI ou IDE (ambos são controladores de dispositivos, que é a grosso modo aqueles que administram os dados dos periféricos), nos discos IDE, temos o prefixo HD acompanhado de uma letra, (por exemplo hda, hdb, hdc), no SCSI, temos o prefixo sd acompanhado de uma letra, (por exemplo sda, sdb, sdc), ambos sempre serão acompanhado de um /dev/, (se for hda, /dev/hda, se for sda, /dev/sda), após identifica o seu caso, partimos para o próximo comando, para o nosso caso usaremos (/dev/sdb):

sudo umount /dev/sdb1
ou
# umount /dev/sdb1

Se com mount, vemos sistemas montados e também montamos, com umount temos o oposto, para primeiro caso precisamos formatar o nosso pendrive, mas antes vamos desmontá-lo, o comando umount fará isso, observe que agora há um "1" ali, isso mesmo, observe que os dispositivos de armazenamento podem ser divididos em partições, ou seja, podem haver mais de uma divisão (sdb1, sdb2, sdb3, ..., sdbn-2, sdbn-1, sdbn), não vamos nos deter muito nisso, mas é importante notar que iremos apenas desmontar a parte que temos, em geral os pendrives só tem uma única parte, então desmontaremos essa parte. Após isso faremos:

sudo mkfs.vfat /dev/sdb
ou
# mkfs.vfat /dev/sdb

Este comando executa a formatação do pendrive para o padrão utilizado em pendrives, que é o FAT 32, após isso faremos a instalação da ISO. E por último:

sudo dd if=[caminho da iso] of=[nome do armazenamento] status=progress && sync
ou
# dd if=[caminho da iso] of=[nome do armazenamento] status=progress && sync

Exemplo:

sudo dd if=/home/usuario/minhaiso.iso of=/dev/sdb status=progress && sync
ou
# dd if=/home/usuario/minhaiso.iso of=/dev/sdb status=progress && sync

Segundo esta dica, com ele você pode fazer uma cópia exata de um arquivo, ou seja, uma cópia bit a bit. Já apresentando nosso exemplo, você define o arquivo no "if", define o destino no "of", os outros argumentos apenas dizem a você o progresso da execução do comando.

E como prometido vou recomendar alguns que uso e recomendo:

O primeiro é o GParted, ele não faz pendrives bootáveis, mas ainda é uma ótima opção para quem quer formatar o pendrive ou qualquer outra mídia de armazenamento, ele agiliza muitooo, na hora de formatar, o pendrive, caso algo dê errado.

O segundo (que é o primeiro), é o multibootusb, ele tem muitas vantagens, e dentre elas permite o multiboot no pendrive(como o nome sugere).

O terceiro é o WoeUSB, ele boota pendrive apenas para ISOs Windows, é uma boa para quem busca um dualboot Linux e Windows.

Obrigado por ler minha dica, espero ter ajudado, Jesus te ama!

Nos vemos na próxima ^^ :D

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Como instalar temas

Base - O patinho feio do BrOffice?

Zenwalk vs Slackware

A história do Blender e seu criador

Resume em downloads

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 05/09/2020 - 23:29h


Muito boas dicas.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[2] Comentário enviado por edergonn em 26/09/2020 - 01:18h

Muito bom, muito obrigado por compartilhar. Ajudou bastante.



Contribuir com comentário