CentOS 7: Configurando NTFS através do Repositório EPEL

Publicado por Carlos Adriano em 19/07/2016

[ Hits: 22.372 ]

 


CentOS 7: Configurando NTFS através do Repositório EPEL



Saudações!

Recentemente, ao terminar de instalar o CentOS 7 com KDE, percebi que não havia o reconhecimento NTFS. E percebi que no repositório padrão, não havia o pacote ntfs-3g.

Portanto, vamos a dica simples para configuração.

Procedimentos

Abra o terminal, torne-se root com comando:

su

Execute o seguinte comando, como usuário root no shell, para habilitar o repositório EPEL:

# yum install epel-release

Instale o pacote ntfs-3g através do comando abaixo;

# yum install ntfs-3g

Feito isso, através do navegador de arquivos (Dolphin), você já pode acessar a partição NTFS desejada, pois geralmente, ela deve ser montada automaticamente ao ser acessada pelo navegador de arquivos.

Para montar manualmente

Para visualizar qual partição deve ser montada, utilize o comando abaixo:

# fdisk -l

Crie o caminho desejado para local onde a partição será montada. No comando abaixo, fica um exemplo:

# mkdir /media/hd-externo

Para montar a partição NTFS:

# mount -t ntfs-3g /dev/sdb1 /media/hd-externo

Onde:
  • Partição NTFS
  • /dev/sdb1

O caminho onde será montada a partição NTFS, para acesso posteriormente: /media/hd-externo

Montagem automática durante o boot

Para configurar a montagem automática durante o boot:

Antes de iniciar, vamos utilizar o comando abaixo para fazer backup do fstab:

# cp /etc/fstab /etc/fstab.original

Execute o comando abaixo, para visualizar a partição NTFS:

# blkid

Vamos utilizar o nano como editor e abrir o arquivo de configuração com o comando:

# nano /etc/fstab

Para montar a partição, vamos inserir na ultima linha do fstab, os valores de acordo com a saída do seu comando blkid :

Abaixo, vamos entender cada valor do blkid,
  [Partição (UUID) ]  [Montagem]  [Tipo]  [Parâmetros]  [Restauração e Backup]  [Checagem e Correção]
UUID="333EB1909EB146E2" /media/hd-externo       ntfs-3g defaults        0 0

Após inserir os dados no fstab corretamente, pressione no teclado:
  • Ctrl+o para salvar;
  • Ctrl+x para sair.

Você pode reiniciar e conferir, ou simplesmente usar o comando abaixo:

# mount -a

NOTA: comandos acima usados como root.

É isso aí!
Até a próxima.

Outras dicas deste autor

Driver Nvidia 340.96 no Debian ou Kali Linux

USB Audio Controller Adapter no Linux

Login Automático e Grub oculto no Debian

Remover Chaveiro de Sessão no Debian 8.3 Jessie Cinnamon

Programas não abrem após instalar Arch Linux com Plasma KDE?

Leitura recomendada

CD de boot para o Fedora Core 2

Erro ao montar HD portátil [Resolvido]

Estendendo, à quase eternidade, a vida útil do SD card no Raspberry Pi

Instalar distros dentro de arquivos

Servidor para instalação remota com PXE

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Ric_Sts em 06/06/2019 - 16:53h

Valeu, cara!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts