Boot de ISO GNU/Linux gravada no disco rígido

Publicado por Alberto Federman Neto. em 13/06/2014

[ Hits: 5.564 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Boot de ISO GNU/Linux gravada no disco rígido



Esta é uma dica para fazer boot direto de uma ISO GNU/Linux gravada no seu GNU/Linux, do seu disco rígido.

Isso permite o boot direto, sem que a ISO esteja queimada em um live-CD ou colocada em um pendrive.

O método usado, foi reportado pelo usuário Cristian Gherman, Romênia, que ele publicou em um blog de notícias Linux:
Gentilmente, ele traduziu o procedimento para o inglês, no grupo oficial do Sabayon no Facebook:
E me autorizou a publicá-lo, e foi de lá que eu complementei, adaptei e traduzi o procedimento dele.

Procedimentos

1. Crie um diretório iso, na sua pasta /home:

cd /
$ cd ~/
$ sudo mkdir iso
$ cd iso


2. Baixe a ISO que você quiser de Sabayon, por exemplo, do espelho brasileiro:
E grave-a no disco rígido, em /home/iso.

3. Cuidadosamente, edite o seu arquivo /boot/grub/grub.cfg.

Basicamente, existem três jeitos de você editar o GRUB 2.

O meu jeito, é diretamente na edição do grub.cfg:
Ou o procedimento sugerido pelo autor, que é editar como root, o arquivo /etc/grub.d/40_custom, colocando as linhas nele e depois atualizando o GRUB 2, com o comando:

# grub2-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

Detalhes da edição de maneira análoga e essa, podem ser vistos neste excelente artigo de nosso Colega mcnd2:
Ou ainda, a maneira recomendada, editar o /etc/default/grub e depois restaurar o GRUB:
4. Por qualquer dos procedimentos sumarizados na parte 3, coloque na sessão "BEGIN /etc/grub.d/40_custom", de seu /boot/grub/grub.cfg, estas linhas:

menuentry "NOME"
{
set cmdline="looptype=squashfs loop=/livecd.squashfs cdroot"
set isofile="/iso/NOME.iso"
loopback loop (hdX, sdYZ)${isofile}
linux (loop)/boot/sabayon ${cmdline} root=/dev/ram0 initrd=/boot/sabayon.igz isoboot=${isofile}
initrd (loop)/boot/sabayon.igz
}

Em "NOME", use o nome completo de sua ISO, a que baixou, por exemplo: "Sabayon_Linux_DAILY_amd64_KDE".

E em "(hdX, sdYZ)", a identificação de seu HDD e sua partição de /home. Exemplo, um só HDD e uma partição /home em sda3, ficaria: "(hd0,sda3)".

5. Resete o micro e acesse a ISO, pela entrada dela no GRUB.

Observações: o autor reporta que, com partições ext4, funciona melhor ou mais facilmente. Eu testei em Sabayon, com uma ISO do próprio Sabayon Daily Xfce, de 64 bits, mas, tenho em mente que possa funcionar em outras Distros e/ou com ISOs de outras distros.

Outras dicas deste autor

Sabayon Linux - Gerenciador de Login (SDDM) não loga mais [Resolvido]

Correção de ícones dos atalhos em KDE e outros ambientes gráficos

Instalando facilmente Mercury Messenger 2.0 RC5 no OpenSUSE e no Mandriva

Escolhendo drivers para antigas placas de vídeo

SPM - compilando programas-fonte com facilidade

Leitura recomendada

Top personalizado (colorido)

Acessando a documentação de pacotes LaTeX

Traduções automáticas - Google Translate no Desktop

Básico sobre XMAME para emular jogos de Neogeo no Linux

Configurando sua resolução de tela no KDE ou com o vi

  

Comentários
[1] Comentário enviado por leandro em 13/06/2014 - 15:19h

Boa dica!

Eu costumo utilizar a ISO do Ubuntu 12.04 para esse fim. As linhas do grub.cfg mudam um pouco:

menuentry "Ubuntu 12.04 ISO"{
set root='(hd0,msdos5)'
search --no-floppy --fs-uuid --set f3a7bd57-7922-4c17-97c5-fb5040fe75cf
loopback loop /leandro/Multimídia/ISOS/ubuntu-12.04-desktop-i386.iso
linux (loop)/casper/vmlinuz boot=casper iso-scan/filename=/leandro/Multimídia/ISOS/ubuntu-12.04-desktop-i386.iso quiet splash noeject --
initrd (loop)/casper/initrd.lz
}

A partição onde está a ISO é a /dev/sda5. E o arquivo está na pasta: /leandro/Multimídia/ISOS/ubuntu-12.04-desktop-i386.iso.

[2] Comentário enviado por albfneto em 14/06/2014 - 09:32h

Obrigado pelo Comentário.
Sim ,acho que pode mudar um pouco, de Distro para Distro, porque alguns linux usam VMLinux, outros não, as linhas de boot e cheat-codes são diferentes etc...

[3] Comentário enviado por mcnd2 em 16/06/2014 - 10:37h

Boa.

Nunca testei esse procedimento. Vou pegar um tempinho livre e aplica-lo.

Bom para fazer a manutenção em máquina com mais de um sistema e assim acerta-las sem problema.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts