Ambiente gráfico LXQt no Sabayon

Publicado por Alberto Federman Neto. em 17/09/2014

[ Hits: 5.171 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Ambiente gráfico LXQt no Sabayon



Introdução

O LXQt é um novo ambiente gráfico:

Que combina os antigos LXDE e Razor-qt.

Dizem que substituirá, no futuro, tanto o LXDE como o Razor-qt.

Embora exista em várias distros, ainda não existe compilação oficial para Sabayon. Entretanto, ele existe para Gentoo:

Você poderia compilá-lo e instalá-lo com Portage (tanto em Sabayon como em Gentoo), seguindo tutoriais relacionados, como estes:

Mas já poupamos o seu trabalho! rssrrs!

Eu compilei alguns poucos pacotes, mas a maior parte do trabalho foi feito pelo usuário de Sabayon e Gentoo, Sabayonino da Itália:

Ele compilou a maior parte do pacotes, em 64 bits.

Para facilitar no futuro, em pedi ao time do Sabayon para recompilar e colocar nos repositórios Entropy, um LXQt oficial:

Porém ainda não está pronto, quando estiver, eu atualizo esta dica.

Instalar

Para que os Sabayoneros brasileiros possam usar, eu compilei e empacotei o LXQt, usando estes métodos:

Depois comprimi e disponibilizei. Você pode baixar da minha área de download público do Dropbox:

Baixe o arquivo, salve em uma pasta que conheça a localização, e expanda:

tar -vzxf lxqt-base.tbz2.tar.gz

Será criada uma nova pasta chamada "lxqt-base.tbz2".

Usando comandos:

cd /
$ cd ~/
$ cd caminho_e_pasta_onde_salvou_o_arquivo/lxqt-base.tbz2


sudo cp * /var/lib/entropy/client/packages/packages/amd64/5
Ou:
sudo mv * /var/lib/entropy/client/packages/packages/amd64/5


Ou utilize o gerenciador de arquivos em modo root (mais fácil):

gksudo nautilus

Copie ou mova todos os arquivos para o diretório /var/lib/entropy/client/packages/packages/amd64/5.

Vá para a pasta especificada e instale com os comandos:

cd /
$ cd var/lib/entropy/client/packages/packages/amd64/5
$ sudo equo i -av lxqt-openssh-askpass lxqt-session lxqt-runner lxqt-qtplugin lxqt-powermanagement lxqt-policykit lxqt-panel lxqt-notificationd
lxqt-meta lxqt-globalkeys lxqt-config-randr lxqt-config lxqt-common lxqt-about libsysstat liblxqt-mount liblxqt


Detalhes desse método de instalação:

Funcionamento

O screenshot abaixo, mostra o funcionamento.

Micro AMD Phenom, 64 bits, 16 Giga de RAM, com placa de vídeo ATI, Sabayon Linux 14.10 atualizado, múltiplas interfaces gráficas, sessão aberta em LXQt, com Compiz-Fusion e plugin de aquário (Atlantis):
Linux: Ambiente gráfico 
LXQt no Sabayon
Outras dicas deste autor

Serão os Últimos Sabayon Linux?

muCommander - um gerenciador de arquivos completo, amigável e fácil de instalar

FlashGot - Usando aceleradores de download, sem precisar de linha de comando

Forçando a montagem do sistema de arquivos e do disco rígido para corrigir problemas

Contornando problemas de falta de bibliotecas - Links simbólicos

Leitura recomendada

Instalando VMware no Ubuntu Gutsy 7.10

Roteamento com marcação de pacotes

Comando time no zsh (shell Linux)

Wireless broadcom bcm43xx no Slackware Linux

Configurando o PHP-Weathermap no Cacti

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 12/12/2014 - 13:01h

ATUALIZAÇÃO DA DICA:

12 de Dezembro de 2014.


Agradecimentos a Joost Ruis, Holanda, Membro do Time Sabayon e mantenedor do Entropy, pois ele adicionou os Pacotes aos Repositórios.

Agora , para instalar LXQt, substitua todo o texto da Dica acima, apenas pelos comandos:

# equo up
# equo u
# equo i -av lxqt-openssh-askpass lxqt-session lxqt-runner lxqt-qtplugin lxqt-powermanagement lxqt-policykit lxqt-panel lxqt-notificationd
lxqt-meta lxqt-globalkeys lxqt-config-randr lxqt-config lxqt-common lxqt-about libsysstat liblxqt-mount liblxqt

Isso bastará para instalar o LXQt no Sabayon. Compilação será necessária apenas no Gentoo.



Contribuir com comentário