i3 para computadores antigos

Bom dia a todos do VOL, hoje vou mostrar como vocês podem usar uma interface minimalista e bela para dar vida a um computador antigo de um jeito bem simples. Aqui nessa dica eu mostro como fiz para ressuscitar um notebook Acer Aspire 5570Z de 32 bits e usá-lo no meu dia a dia como programador de sites.

[ Hits: 2.181 ]

Por: Cézar Augusto em 19/08/2020


Instalação do ambiente



Bom dia a todos do VOL, hoje vou mostrar como vocês podem usar uma interface minimalista e bela para dar vida a um computador antigo de um jeito bem simples.

Aqui nessa dica eu mostro como fiz para ressuscitar um notebook Acer Aspire 5570Z de 32 bits e usá-lo no meu dia a dia como programador de sites.

O i3 é um gerenciador de janelas conhecido pelo seu fluxo de trabalho orientado a teclado, isto é, nenhum mouse é necessário para a maioria das aplicações, além disso o i3wm consome poucos recursos de hardware e é muito customizável.

Tendo isso em mente vamos instalar o Debian testing non-free sem interface gráfica no computador. Após o primeiro boot entre como usuário root e faça aquela rotina de atualizações básicas antes de começar:

# apt-get update
# apt-get upgrade -y

Agora precisamos instalar o i3 e um gerenciador de login. De todos os DM's, os mais simples que conheço são o Xdm e o Lightdm. Recomendo mais o Lightdm para não dar dor de cabeça, porém eu instalei o XDM no meu.

# apt-get install i3 xdm

O xdm precisa ser precisa ser configurado pra iniciar o i3, então edite o seguinte arquivo:

# editor /etc/X11/xdm/Xsession

Adicione 'i3' no final do arquivo e agora reinicie o computador:

# systemctl reboot

Após a reinicialização a tela de login será apresentada a você, entre com o seu usuário e senha.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalação do ambiente
   2. Customização
   3. Aplicativos
Outros artigos deste autor

Como usar o Heimdall

Como fazer root em aparelhos Samsung

Introdução ao Heimdall

Instalando o Adminer, do jeito certo, no Debian

Computador e Placas Antigas Nvidia em Pleno 2019

Leitura recomendada

Criando um mirror LVM nível 1

Instale/Reinstale/Recupere seu sistema sem perder seus arquivos

Stalonetray - Um system tray provisório para o Plasma 5

Configurando a placa de rede Braview com chipset REALTEK RTL8139D (Silan) no Debian Sarge

Espelhos Mais Rápidos no Debian e Derivados

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 19/08/2020 - 11:23h

Esse i3 é bom demais! Em meados dos anos 2000 eu passei um bom tempo utilizando-o.

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 19/08/2020 - 12:54h

Eu ainda não tive oportunidade de usa-lo. Mas, vou ver se no Slackware eu instalo junto.

___________________________________
conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[3] Comentário enviado por T.D.Reis em 20/08/2020 - 17:55h

Eita, esses dias fiz uma instalação do Debian Testing + iso netinstlal com o i3. Tava até começando fazer um artigo aqui para o VOL kkkkkkk você chegou na minha frente. Muito interessante o artigo.

Não tenho muita experiência no i3, mas eu prefiro o slim como gerenciador de login. E eu usei o networkmanager, sem o applet eu criei um alias para conectar e desconectar com o nmcli. Fiquei com preguiça de usar o nm-appplet ou qualquer coisa parecida, porque ele ficar feio na barra. E raramente tenho que me conectar a outra rede wifi. Gosto de instalar o thunar também, junto com o tumbler e o ffmpegthumbnailer (é bom usar o --no-install-recommends, caso contrário ele instala uma pancada de coisa). Porque assim posso ver miniaturas do arquivos. Gosto também do cmus para as músicas, porque, que eu saiba, ele é o único player em modo texto que tem suporte a múltiplas playlists. Enfim, mas seleção de pacotes é uma opção muito individual, de qualquer forma.

Desde que comecei a usar o i3, ainda não voltei para o xfce. Ele é bem prático e produtivo. O único problema que tive, e ainda não consegui resolver, foi com algumas aplicações do wine. Quando abro e preciso minimizá-las, as vezes eu não consigo abri-las novamente. Não faço ideia do que possa ser isso.

Esse i3-themer eu não conhecia, não. O painel padrão que ele utiliza é o polybar?

[4] Comentário enviado por cezargaiteiro em 20/08/2020 - 21:08h


[3] Comentário enviado por T.D.Reis em 20/08/2020 - 17:55h

Quando abro e preciso minimizá-las, as vezes eu não consigo abri-las novamente. Não faço ideia do que possa ser isso.

Sabe que comigo acontece o mesmo? rsrs

[3] Comentário enviado por T.D.Reis em 20/08/2020 - 17:55h

Esse i3-themer eu não conhecia, não. O painel padrão que ele utiliza é o polybar?

Sim, o i3 themer na verdade é um programa de um gringo que eu bifurquei e adaptei pro Debian, a minha versão está muito diferente da original, mas a principal diferença é que ela feita em bash enquanto que a versão do cara é feita em python e adaptada pro Arch Linux.


[5] Comentário enviado por clickbr em 26/08/2020 - 14:07h

O i3 não é só pra dar vida a micros velhos, ele também é ótimo em produtividade e é o meu gestor padrão. Eu gosto de combinar i3wm com xfce4, devido a que ele possui ótimas ferramentas como o xfce4-terminal, xfce4-finder, xfce4-panel e tantas outras. Fiz um debian numa vm para testar estes temas e gerei esta screenshot. Parabéns ótimo artigo.

https://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Xfce-debian-10-i3wm-xfce4

Obs. Já alterei com o tema cron

[6] Comentário enviado por pinduvoz em 26/08/2020 - 18:54h

Gostei do artigo. É sempre bom ter uma opção para uso de computadores antigos com segurança.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts