Stripe no LVM

Dando continuidade ao meu artigo Filesystem LVM, onde expliquei algumas funções do LVM e também comecei a explicar sobre o Stripe no LVM, além mostrar alguns outros comandos.

[ Hits: 1.479 ]

Por: Faustino em 18/04/2017


Alguns comandos úteis



Primeiro artigo da série: Filesystem LVM [Artigo]
Iniciaremos com alguns comandos para identificar se um volume está usando stripe ou está concat.

Vamos iniciar com o comando vgs, onde é possível identificar o nome de todos os vgs existentes, além disso, temos mais algumas outras informações importantes, vamos ver a figura abaixo:
Na figura abaixo podemos o significado de cada atributo da coluna "ATTR":
Na saída do comando abaixo, temos a última coluna #STR que mostra se o Filesystem está em stripe e quantas colunas:

# lvs -a -o devices,vg_name,lv_name,stripes,stripe_size,segtype

  Devices             VG           LV           #Str   Stripe   Type
  /dev/sda2(0)        VolGroup     lv_root      1      0        linear
  /dev/sda2(7050)     VolGroup     lv_swap      1      0        linear
  /dev/sdd1(0)        backup_vg    backup_lv    1      0        linear

Não temos nenhum VGS com stripe.

Aqui temos um exemplo de como fica a saída do comando se tivéssemos stripe:

# lvs -a -o devices,vg_name,lv_name,stripes,stripe_size,segtype

   Devices                    VG                LV              #Str   Stripe     Type
  /dev/sda2(0)                VolGroup          lv_root         1      0          linear
  /dev/sda2(7050)             VolGroup          lv_swap         1      0         linear
  /dev/sdf1(0),/dev/sde1(0)   appl_stripe_vg    appl_stripe_lv  2      128.00k   striped
  /dev/sdd1(0)                backup_vg         backup_lv       1      0         linear

Criando o filesystem

Irei pular a etapa inicial, onde usamos o comando fdisk, além do reconhecimento dos discos alocados e vamos para a criação do volume. Essa etapa não tem muito segredo, temos vários artigos que explicam essa etapa, então não irei me ater a detalhes

# pvcreate /dev/sdf1
   Physical volume "/dev/sdf1" successfully created

# pvcreate /dev/sde1
  Physical volume "/dev/sde1" successfully created

# vgcreate appl_stripe_vg /dev/sdf1
    Volume group "appl_stripe_vg" successfully created

# vgextend appl_stripe_vg /dev/sde1
   Volume group "appl_stripe_vg" successfully extended

Agora sim, vamos criar o LVOL com o stripe:

# lvcreate -L1.9G -i2 -I 128 -n appl_stripe_lv appl_stripe_vg
  Rounding up size to full physical extent 1.90 GiB
  Rounding size (487 extents) up to stripe boundary size (488 extents).
  Logical volume "appl_stripe_lv" created

Onde:
  • -L: Tamanho em GIGA/MEGA
  • -i: Quantidade de discos
  • -I: Tamanho da coluna
  • -n: Nome do LVOL

Pronto, o filesystem está criado com stripe.

Aumentando o volume

Agora que aprendemos como criar um fs com stripe de 2 duas colunas e a blocagem de 128K, iremos expandi-lo.

Observações:
  1. Se utilizarmos um stripe com 2 disco o resize (aumento) usaremos dois discos.
  2. Os discos devem ter o mesmo tamanho.

Vamos incluir os dois discos no mesmo VG, que o que foi recém criado, irei omitir a fase inicial, pularei para a fase que interessa.

# vgextend appl_stripe_vg /dev/sdg1 /dev/sdh1
    Volume group "appl_stripe_vg" successfully extended

Vamos executar o comando vgs para mostrar a quantidade de discos que temos no VG "appl_stripe_vg", onde temos 4 discos.

# vgs

  VG               #PV    #LV  #SN   Attr     VSize    VFree
  VolGroup         1      2    0     wz--n-   29.51g   0
  appl_stripe_vg   4      1    0     wz--n-   3.97g    2.06g
  backup_vg        1      1    0     wz--n-   2.00g    200.00m

Executando o resize. Não tem muito segredo, basta o processo, é semelhante aumentar um filesystem normal:

# lvextend -L+1.9G -i2 /dev/appl_stripe_vg/appl_stripe_lv
  Rounding size to boundary between physical extents: 1.90 GiB
  Using stripesize of last segment 128.00 KiB
  Rounding size (975 extents) up to stripe boundary size for segment (976 extents)
  Extending logical volume appl_stripe_lv to 3.81 GiB

   

Páginas do artigo
   1. Alguns comandos úteis
Outros artigos deste autor

Filesystem LVM

Configurações Básicas no CentOS 7

Leitura recomendada

Recuperação de Dados com o PhotoRec

Sistemas de arquivos para GNU/Linux

Cotas de Disco

Reparticionando ReiserFS via linha de comando

Instalando Linux em segundo HD IDE, Sata, USB ou Pendrive

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts