Sony Ericsson k550i no Linux

Funcionamento do celular Sony Ericsson k55i no Linux, copiando arquivos, kmobiletools e agenda.

[ Hits: 21.287 ]

Por: Rogerio Spragiaro em 23/01/2008


Importando uma agenda de telefones



Agora vou explicar como importar a agenda, esta parte sofri para conseguir, pois o software que vem é para Microsoft e não consegue importar arquivos .cvs entre outros, somente arquivos do outlook e olha lá.

Vou explicar qual era o meu problema. Eu tinha um celular gradiente da Tim e troquei por um ericsson da claro. Como o celular é travado não consegui importar os contatos do chip. :(

Consegui um software que exportava os contados do celular gradiente, porém este software só exportava com formato .cvs utilizando separadores com ";".

A solução veio com o Linux é claro. Vou explicar passo a passo.

1. abra o programa Kadress book;

2. no menu file/import escolha o arquivo que deseja importar, no meu caso o .cvs;

3. você deve ver todos os seus contatos na tela, faça os ajustes que desejar com os endereços, telefones, etc;

4.. plugue o celular e escolha o modo transf arq;

5. no kubuntu ele automaticamente vai montar os 2 drivers e perguntar se você deseja abrí-los, clique em abrir;

6. serão abertas 2 pastas, sendo uma da memoria do telefone e outra do memory card;

7. ambas terão varias pastas, dentre elas uma chamada system;

8. abra a pasta system que pertence ao memory card e lá você vai encontrar uma pasta chamada pim, se não existir você deve criá-la;

9. uma dica, a pasta do memory card é montada no ubuntu com o nome PHONE CARD;

10. agora novamente no menu file escolha a opção exportar e depois o formato vcard 3.0;

11. salve o arquivo com o nome PB_Backup.vcf dentro da pasta pim;

12. desmonte os drivers referentes ao celular;

13. na agenda do celular em avançado escolha a opção restaurar backup mms;

14. pronto, sua agenda foi importada.

Conclusão

Mais uma vez fica comprovado que com um pouco de pesquisa é possível utilizar o Linux no lugar do Windows e com muitas vantagens, sem limitações. Celulares, PDAs, notebooks, etc. Se cada um contribuir com dicas e sugestões, teremos cada vez mais um Linux flexível e poderoso, comprovadamente o Linux é o melhor sistema operacional em qualquer plataforma.

Espero ter ajudado, sugestões são sempre bem vindas.

VIVA O LINUX

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Início
   2. Importando uma agenda de telefones
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Truques e dicas para o Acer Aspire One e o Linpus Linux Lite

Qualidade dos profissionais de TI

Instalando programas utilizando os fontes no seu Slackware com o checkinstall

VPN - usando SSH

Novas fontes para o seu X

  
Comentários
[1] Comentário enviado por m4tri_x em 23/01/2008 - 13:20h

Legal o artigo, pena que não tenho como testar, pois perdi meu k750i na praia...


:´(

[]´s

[2] Comentário enviado por peregrino em 23/01/2008 - 15:10h

bem legal vo fazer um teste eu tenho sustamente esse celular rss

valeu

[3] Comentário enviado por mautech em 23/01/2008 - 21:46h

Opa muito legal!!! Funcionou td perfeito em um z550i!!!

valew

mauroot

[4] Comentário enviado por hugobcar em 24/01/2008 - 17:04h

Pior foi eu, que me assaltaram e roubaram meu k750i, 2 meses depois que eu comprei... fiquei pagando os outros 10 meses sem ter cel.

Mas muito bom o artigo

[5] Comentário enviado por xeolhades em 27/01/2008 - 16:25h

Mto boa a dica.

Funciona perfeitamente no w200i também.

[6] Comentário enviado por adilima28 em 24/09/2008 - 13:43h

Uso FC9 e tenho um Sony Ericsson K550i. Instalei o kmobiletools-3.5.9-16 e tentei configurar pelo cabo USB, mas deu um erro de dispositivo, ele não encontra. Então fiz a configuração para bluetooth criando o arquivo "/etc/bluetooth/rfcomm.conf" e assim que restartei os serviços deu um sinal no meu celular pedindo para aceitar a conexão, mas mais nada funcionou, só aparece a mensagem "low battery level" mesmo estando o celular carregado. a velocidade da porta ficou em 115200 e a codificação 8859-1.
Após, modifiquei arquivo "rfcomm.conf" assim:

Primeiro, verificar o dispositivo:
# hciconfig

Para pegar o endereço do dispositivo:
# hcitool scan

Par pegar o canal do serviço "Dial-up Networking":
# sdptool browse 00:07:E0:18:9A:02

# vi /etc/bluetooth/rfcomm.conf

rfcomm0 {

bind yes;
device 00:07:E0:18:9A:02; # Endereço do aparelho obtido antes.
channel 1;
comment "treo";

}

Tudo foi criado como root.

[7] Comentário enviado por binorj em 11/12/2008 - 03:16h

Rapaz, o seu artigo é muito bom, funciona também com o Z530i, que é o meu aparelho. Valeu.
Sds.,
Fabiano Silva Duarte
[email protected]

[8] Comentário enviado por stremer em 23/05/2009 - 19:49h

Ola... o artigo realmente é bom, porém não serve para todos os modelos!
No meu caso, tenho um Sony Ericsson W380. Ao conectar o mesmo no Ubuntu 8.04, o kernel ja o reconhece pelo lsusb e monta um mapeamento de arquivos no modo transferência ou um modem (/dev/ttyACM0) caso seja optado por conexão com o telefone.
Ai o kmobile-tools funciona muito bem...

Ja a agenda... é um problema...
Porém fiz o seguinte (fica como dica). Usei a opção avançado da agenda, para fazer um backup dos contatos (antes cadastrei um contato com 4 números de telefone). Então foi gerado o arquivo PB_Backup.vcf. Foi então visualizando este arquivo (que não deixa de ser texto) que fiz um script para montar um novo arquivo a partir dos meus contatos .csv.

Deixo aqui o script, lembrando que pode precisar de modificações.
O script ta bem tosco pois fiz em alguns minutinhos... mas consegui importar meus contatos.
O meu csv estava assim:
nome;tel1;tel2;tel3;tel4;;;;;
Nem todos contatos tinham todos os tels:

O script ficou:
-------
#!/bin/bash
dados=( ${dados[@]} `cat nomes.csv | sed 's/ /_/g'`)
for item in ${dados[@]}; do
nome=`echo $item | awk -F, '{ print $1; }'`
tel1=`echo $item | awk -F, '{ print $2; }'`
tel2=`echo $item | awk -F, '{ print $3; }'`
tel3=`echo $item | awk -F, '{ print $4; }'`
tel4=`echo $item | awk -F, '{ print $5; }'`
nome=`echo $nome | sed 's/_/ /g'`
echo "BEGIN:VCARD"
echo "VERSION:2.1"
nome1=`echo $nome | awk '{ print $1 }'`
nome2=`echo $nome | awk '{ print $2 }'`
if [ -z $nome2 ]; then
nome2="ERRO"
fi
if [ $nome2 == "ERRO" ]; then
echo "N:;$nome1"
else
echo "N:$nome2;$nome1"
fi
echo "FN:$nome"

echo "TEL;CELL:$tel1"

if [ -z $tel2 ]; then
tel2="ERRO"
fi
if [ -z $tel3 ]; then
tel3="ERRO"
fi
if [ -z $tel4 ]; then
tel4="ERRO"
fi

if [ $tel2 != "ERRO" ]; then
echo "TEL;HOME:$tel2"
fi

if [ $tel3 != "ERRO" ]; then
echo "TEL;WORK:$tel3"
fi

if [ $tel4 != "ERRO" ]; then
echo "TEL:$tel4"
fi

echo "END:VCARD"

done
#-----


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts