Restaurando o LILO com o Slackware 9.1 (HOWTO)

Este artigo é destinado a usuários iniciantes. Seu objetivo é ajudar a reinstalar o LILO quando algum programa sobrescreve a MBR (tipo a instalação do Windows) e você não consegue mais carregar o Linux.

[ Hits: 22.843 ]

Por: Perfil removido em 03/05/2004


Restaurando o lilo com o Slackware 9.1 (HOW TO)




Este artigo é destinado a usuários iniciantes. Seu objetivo é ajudar a reinstalar o LILO quando algum programa sobrescreve a MBR (tipo a instalação do Windows) e você não consegue mais carregar o Linux.

Para começar vamos fazer uma suposição de como está estruturado seu HD:

/dev/hda1  Partição Windows
/dev/hda2  /
/dev/hda3  Swap
/dev/hda5  /boot
/dev/hda6  /tmp
/dev/hda7  /home
/dev/hda8  /var
/dev/hda9  /usr


OBS: Caso você não tenha instalado o Linux utilizando partições diferentes para os principais diretórios, fica mais fácil ainda reinstalar o LILO, pois você só precisa montar uma partição e já terá todos os diretórios.

1) Boot do Slackware:
Faça o boot com o CD ou disquete do Slackware 9.1. Logo no início do boot ele vai perguntar se você deseja passar alguns parâmetros para carregar o kernel, então você digita o seguinte:

bare.i root=/dev/hda2 rw

Tecle enter, aguarde carregar o kernel, e faça o login como "root".

2) Montando as partições
Agora você precisa montar as partições dos seguintes diretórios: "/" e "/boot", ou seja, /dev/hda2 e /dev/hda5, mas antes deve criar as pastas para os pontos de montagem. Para isso use os comandos:

# mkdir /mnt/root
# mkdir /mnt/boot


Agora você já pode montar as partições. Digite os comandos:

# mount /dev/hda2 /mnt/root
# mount /dev/hda5 /mnt/boot


Certo! Está tudo organizado.

3) Instalando o LILO
Você só precisa executar o "lilo", que se encontra no diretório "sbin", porém precisa informar alguns parâmetros adicionais, como a localização do arquivo de configuração ("lilo.conf") e do arquivo "map". Para isso execute o comando:

# /mnt/root/sbin/lilo -C /mnt/root/etc/lilo.conf -m /mnt/boot/map

Feito isso ele reescreve a MBR e está tudo pronto! Você só precisa reiniciar o computador.

4) Lembretes
Caso o lilo não tenha a opção "Windows" quando você reiniciar, faça o seguinte:

Entre no Linux e edite o arquivo /etc/lilo.conf. No final do arquivo, em "Linux bootable partition config", adicione as seguintes linhas:

other=/dev/hda1
      label=Windows
      table=/dev/hda

Salve o arquivo e saia. Então digite "lilo" para aplicar as modificações. Agora quando você reiniciar, basta selecionar Windows ou Linux.

Artigo escrito por Alexandro Corrêa (VirtualBoy)
Porto Alegre, 19.04.2004

   

Páginas do artigo
   1. Restaurando o lilo com o Slackware 9.1 (HOW TO)
Outros artigos deste autor

Xen - XL.cfg - Sintaxe da Configuração de Domínios - Parte II

Criando aplicação para detectar informações do sistema em Kylix

Conhecendo a planilha do OpenOffice

Pós-instalação do Arch Linux

Pesquisa com slocate, locate e updatedb

Leitura recomendada

Boot gráfico no ArchLinux

Fedorinha, fedorão: comandinhos de montão

GRUB com imagens aleatórias e KDM com vídeo de fundo

Emergindo grandes pacotes em hardwares fracos com o auxílio de outro computador no Gentoo Linux

Fresh Player no Slackware (sim, FRESH)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 03/05/2004 - 20:10h

Alexandro,

Sua tática é muito simples e funciona beleza. Queria acrescentar que existe um método que lhe pouparia bastante trabalho quando o assunto é montar as partições já existentes para restaurar o LILO, trata-se do comando chroot, que é explicado nesse ótimo artigo do Ricardo Lucca:
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=913

[]'s

[2] Comentário enviado por removido em 04/05/2004 - 10:08h

Olá Fábio! Muito obrigado! Eu li este artigo o Ricardo Lucca logo depois de pulbicar o meu... na minha opinião comando chroot facilita apenas quando o linux é instalado utilizando uma partição para todos diretórios... no caso de mais de uma partição eu me organizo melhor utilizando este método. Talvez possa ser mania minha, mas o importante é que funciona! :) Um abraço e parabéns pelos seus artivos no site, já me ajudaram muito!

[3] Comentário enviado por kaedfe em 04/05/2004 - 10:49h

Boas Alexandro e Fábio!!

Acabei de utilizar a dica do Alexandro e me ajudou muito, apenas tive que criar um link simbolico para /mnt/root/boot , já que o lilo procurava o vmlinuz em /boot que na verdade era o bare.i, agora acabei de ler o artigo com chroot e achei muito boa tb.
Essas dicas vão pro saco...rsrs
Muito obrigado a vcs pelos artigos que me ajudaram e ainda me ajudam muito.

[4] Comentário enviado por removido em 04/05/2004 - 10:58h

Fala Carlos! ;)

No seu caso, imagino que você tenha o linux instalado utilizando apenas uma partição. De um modo mais fácil e resumido, você poderia montar esta partição em /mnt e então utilizar o seguinte comando:

# /mnt/sbin/lilo -C /mnt/etc/lilo.conf -m /mnt/boot/map

[5] Comentário enviado por cvs em 05/05/2004 - 10:52h

olha, já fiz isso muitas vezes e num utilizei essa parte do -m /mnt/boot/map
E sempre funcionou. :D

[6] Comentário enviado por removido em 05/05/2004 - 11:41h

Olá Thiago, no meu caso, utilizo uma estrutura de partições como a que descrevi no artigo, e ao tentar executar o lilo, ele sempre me pediu para indicar um arquivo "map". Mas, em todo caso, 128 bits de dados a mais num comando nunca matou ninguém neh? :P

[7] Comentário enviado por Zero_X em 26/05/2004 - 16:02h

como eu Restauro o LILO com o Slackware 8.1 ?

[8] Comentário enviado por removido em 26/05/2004 - 23:09h

O procedimento é o mesmo! Você só precisa verificar como dar o 'boot' no Slack 8.1... eu não usei esta versão, então desconheço... Mas no lilo é tudo igual.

[9] Comentário enviado por renanhm em 27/03/2005 - 11:56h

Olaa... Não tenho o disquete de boot de inicialização e nem o cd do Slackware... como faço para baixar o disquete de boot da net? tenho apenas o disco de boot da instalação... n serve né? Obrigado...

[10] Comentário enviado por renanhm em 27/03/2005 - 13:36h

Olaa Pessoa...
Baixei o disco de boot em: ftp://ftp.berlios.de/pub/featherlinux/boot.img
Utilizei o programa rawrite para formata-lo para linux... Até então tudo bem! Dou o boot pelo disquete e me é solicitado um parametro de boot: ai eu coloco mount root=/dev/hdaX e sempre da errado... da a msn q n é possivel achar o Kernel mount... q estou fazendo de errado? o procedimento n esta certo? o disco de boot é realmente valido? Obrigado...

[11] Comentário enviado por thiago_jampa em 04/05/2007 - 15:18h

ai na moral isso e muito compicado
e so colocar o cd de boot slackware relativo a intalação e dar o comando
bare.i (se o kernel for esse) root=/dev/hda (a particao hda1, hda2 .hdb1.... a que tiver sido instalado o sistema) noinitrd ro
depois e so fazer o login e digitar lilo e enter pronto tudo feito.....
abraços....

[12] Comentário enviado por saxetz em 06/06/2008 - 23:22h

cara no slackware 12 é simples, basta digitar o comando que aparece no inicio do boot do slack é algo como hugesmp root=/dev/hda(sda1 sda2 ou hda1 hda2) dai entrando no sistema só abrir o terminal e logar como root:
$ su
//digita sua senha aqui
Depois executa:
# liloconfig //Nesse comando tem uma opção para configura automaticamente
Em seguida basta salvar no MBR usando o comando
# lilo


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts