Rede de telefonia móvel e a popularização da internet

Esse acesso ainda é pouco conhecido da população, mas em breve poderá ser uma alternativa viável para as pessoas que utilizam conexão discada. Planos a partir de R$9,90 já são oferecidos pelas companhias que disputam com muitas vantagens cada novo cliente.

[ Hits: 9.072 ]

Por: GRMak em 19/11/2007


Os excluídos digitais



Atualmente metade da população que possui computador em casa, cerca de 20% dos brasileiros, acessa a internet utilizando o modem tradicional (acesso lento discado via telefone), segundo o comitê gestor da internet no brasil (cetic).

As alternativas usadas pela outra metade da população para obter uma melhor velocidade de conexão se estende pela rede de telefonia fixa (dsl) com 28.64%, pela rede televisiva (tv a cabo) com 6.11%, por rádio com 4.83% e até mesmo conexão via satélite com 1.69%, segundo o comitê gestor.

A realidade é dura e mostra que o acesso a uma conexão rápida em nosso país ainda está longe de se tornar popular como em outros países. Dentre os motivos apontados por essa população excluída digitalmente estão o elevado custo do computador e o elevado custo de acesso a web, segundo relatório do cetic das barreiras ao acesso à internet no domicílio.

Iniciativas do governo para a inclusão digital, a disputa de mercado entre grandes fabricantes de hardware, a inevitável demanda por software livre e o dólar em baixa tem gerado um quadro favorável a quem nunca pensou em ter um computador em casa. Isso torna possível hoje encontrarmos computadores a partir de R$700,00 e notebooks a partir R$1.300,00. Algo impossível e inacreditável há pouco mais de um ano. E como a pesquisa foi realizada há mais tempo que isso, vamos considerar que o primeiro problema do custo do computador tenha sido resolvido. Nos concentremos então no segundo problema, o elevado custo de acesso a web.

A maior parte das conexões rápidas é realizada pela rede de telefonia fixa que por muitas vezes é a única opção existente. Esse tipo de "monopólio da informação digital" que essas empresas formaram pode estar com os dias contados. Há pouco tempo as principais empresas de telefonia móvel estão oferecendo, a preços cada vez mais baixos, o acesso rápido a internet a PCs comuns.

Esse acesso ainda é pouco conhecido da população, mas em breve poderá ser uma alternativa viável para as pessoas que utilizam conexão discada. Planos a partir de R$9,90 já são oferecidos pelas companhias que disputam com muitas vantagens cada novo cliente. Algumas oferecem gratuitamente os modems de conexão à rede e não se cansam de informar que a abrangência do serviço é a abrangência da rede da operadora e que não há necessidade de provedores de acesso. Na prática esse modem é algo parecido com um cartão telefônico, o que permite ser levado de forma prática para ser utilizado em qualquer computador.

Mas nem tudo são flores, a maioria dos planos limitam a quantidade de downloads realizados, o que inibirá o uso de compartilhadores de arquivos.

Mas quem sabe não está surgindo um novo modelo de conexão rápida capaz de popularizar o uso da internet em nosso país? Resta-nos aguardar e torcer para que isso realmente aconteça.

   

Páginas do artigo
   1. Os excluídos digitais
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Rodando Half-Life 2 e Counter-Strike Source

Cálculo dos preços de nossos serviços

Para o usuário leigo, qual o melhor: Kurumin ou Ubuntu?

Minha experiência com Linux

Compartilhando o Terminal

  
Comentários
[1] Comentário enviado por acollucci em 19/11/2007 - 10:39h

bacana.. pra conhecimento geral, fora a net do trampo meu unico acesso e atraves de uma internet desse tipo.. e hoje eu uso ela para tudo.. vc esqueceu de falar que ela e muito conveniente pra quem usa note book^^

[2] Comentário enviado por adrianoturbo em 19/11/2007 - 14:03h

Seria uma boa alternativa se o alto valor agregado não fosse incorporado .Vejo Vivo,Tim ,Claro e etc,explorando esse território ,infelismente a conectividade não é garantida sem falar na limitação no qual o usuário tem planos de até 1 GB de armazenamento por um preço que daria para encomendar uma banda larga tradicional.
Se não tivesse limitação de download seria excelente ,o modem é bem prático de instalar.

[3] Comentário enviado por nandodutra em 19/11/2007 - 15:52h

Bacana essa iniciativa das operadoras de telefonia móvel, a minha cidade natal por exemplo até pouco tempo o povo só acessava internet via discagem, agora estão todos migrando para esse novo tipo de acesso. acho que realmente vai ajuda a popularização da internet em nosso país.

[4] Comentário enviado por removido em 19/11/2007 - 16:00h

Voces ja viram?

A telefonica esta lancando banda larga de 30Mbps, mas apenas para os Jardins (para quem nao sabe, bairros nobres de SP)...

Absurdo, ne?

Na Suecia ja se estuda bandas IGNORANTES de 40Gbps... E MOLE?

Mas ta ai o conhecimento pra quem ainda nao viu...

Obs, desculpem a falta de acentos...

[5] Comentário enviado por nandodutra em 19/11/2007 - 16:18h

Agora eu fiquei realmente impressionado, quais as fontes sobre essas notícias??

[6] Comentário enviado por removido em 19/11/2007 - 17:23h

da telefônica ví na Info, dos 40Gbps, ví na Geek, faz um tempinho já...
uns 3 meses...

[7] Comentário enviado por adrianoturbo em 19/11/2007 - 23:51h

No Japão a galera já navega a 100 mbps ,sem falar que já tem muita gente lá navegando por fibra óptica.

[8] Comentário enviado por removido em 20/11/2007 - 14:43h

Bom artigo, mostra que nem todas as pessoas possuem acesso à internet banda larga e ainda usam ( e muito ) o modem discado, o Linux em si ainda ofereçe pouco suporte aos softmodems devido aos mesmos fabricantes também não disponibilizarem drivers compatíveis para Linux, mas graças à muitos colaboradores e o pessoal do linmodems.com este quadro é revertível na maioria dos casos...

[9] Comentário enviado por removido em 20/11/2007 - 15:37h

Esse esquema da telefônica pretende levar fibra até o usuário...
mas é só pra quem têm né... pelo menos de início...

[10] Comentário enviado por Teixeira em 21/11/2007 - 08:08h

Após verificar os preços de algumas operadoras, eu continuo sem entender a dimensão dos custos.
Por exemplo, elas cobram por volume de transmissão de dados mais ou menos R$ 15,00 por megabyte.
Atualmente, navegando via modem 33600 eu APAGO com o CleanUp cerca de 4 a 25 megabytes DIÁRIOS de lixo (temporary internet files) o que significa que o meu tráfego foi na realidade maior que isso.
Devo entender que eu pagaria mais de 300 reais diários para navegar dessa forma?
Acho que está faltando a mim algum conhecimento adicional.
Podem me ajudar a esclarecer?

[11] Comentário enviado por silvioadl em 23/11/2007 - 10:06h

Esse serviço ainda esta deixando a desejar, uma vez que ha limitação nas quantidades de download e é muito caro o modem.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts