Programação orientada a objetos e o Java (parte 3)

Neste artigo vamos nos aprofundar mais na utilização de atributos em classes Java e começar a entender como utilizar os atributos de uma classe na construção de objetos.

[ Hits: 37.856 ]

Por: Ygor Thomaz em 16/02/2004 | Blog: http://www.ygorthomaz.net/


Instanciação



No mundo da orientação por objetos, a operação de criar um objeto chama-se "instanciação". Um objeto é um modelo concreto de uma classe. No caso da nossa classe Radio ela representa apenas um modelo abstrato de Radio.

Tendo em mente os atributos de uma classe, podemos declarar diferentes tipos de Radios com a mesma características, ou seja, altura 15cm, largura 30, ligado e outro altura 30, largura 45 e desligado.

Instanciação também corresponde a alocação de memória, através do ponto de vista da computação, para armazenar informações sobre um certo objeto. É importante lembrar que o processo de ocupação e organização de memória é transparente para o programador. O programador é responsável por instanciar novos objetos num programa.

O operador "new" é utilizado para instanciar um objeto. Exemplo:

NomeDaClasse nomeDoObjeto;            // declaração do objeto
nomeDoObjeto = new NomeDaClasse();    // instanciação do objeto

Radio sharp;
sharp = new Radio();

Na primeira parte declaramos um objeto como uma variável, exceto pelo fato de que seu tipo na verdade é o nome de uma classe. Existe uma forma mais reduzida de se escrever isso:

NomeDaClasse nomeDoObjeto = new NomedaClasse();

Radio sharp = new Radio();

Podemos dar extensão a isso criando vários objetos para uma mesma classe, desta forma manuseamos diversos objetos do mesmo tipo com características diferentes, mantendo apenas uma variável objeto distinta para cada um deles.

A classe Radio define os atributos Altura, Largura e Estado (On/Off). Para trabalhar com os atributos no objeto usamos o operador ".", chamado de selector:

nomeDoObjeto.nomeDoAtributo

ou atribuindo um valor;

nomeDoObjeto.nomeDoAtributo = 10;
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Objetivo do artigo
   2. Atributos de classes
   3. Instanciação
   4. Construindo um exemplo
   5. Terminando e referências
Outros artigos deste autor

Dominando o iptables (parte 1)

Manipulando erros com try catch finally

Programação orientada a objetos e o Java (parte 2)

Programação orientada a objetos e o Java (parte 1)

Instalando o QMail e ferrramentas de administração

Leitura recomendada

Utilizando tratamento de exceções em java

Android e Eclipse no Ubuntu 11.10 - Problemas? Eis a solução

Programação orientada a objetos e o Java (parte 5)

Programe em JAVA - Instalação, configuração e exemplos

Java no Ubuntu 12.04 - Instalação à moda antiga

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ygorth em 31/03/2004 - 13:18h

O codigo do exemplo esta errado o correto é :

public class Radio {
public float altura;
public float largura;
private boolean estado;
public boolean desligar() {
return estado=false;
}
public boolean ligar() {
return estado=true;
}
public static void main(String args[]) {
// Instanciando um objeto
Radio sharp = new Radio();
// Armazenando os valores
sharp.largura = 10;
sharp.altura = 5;
sharp.estado = true;
// Usando os valores
sharp.largura = 2 * sharp.largura;
// Exibindo os valores
System.out.println(" Largura: " + sharp.largura);
System.out.println(" Altura: " + sharp.altura);
System.out.println(" Status: " + sharp.estado);
}
}

[2] Comentário enviado por bhl em 09/09/2004 - 09:22h

Na classe Radio foi utilizado o atributo "status" e nos exemplos (main) foi usado "estado".
Cuidado, pessoal ;)

[3] Comentário enviado por wasleysouza em 31/07/2009 - 15:44h

vlw artigo muito bom

[4] Comentário enviado por Luan Techio em 18/08/2009 - 08:58h

Muito bom o artigo...
Parabens...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts