Oracle-XE servidor com acesso ssh - Debian Lenny 5.0

Este artigo virá com informações para instalação do Oracle no Debian através do repositório apt.

[ Hits: 16.384 ]

Por: Marcelo em 06/05/2010


Adicionando repositório



A Oracle criou uma versão de seu SGBD para Debian GNU/Linux, facilitando e muito a vida na hora de instalar e configurar o Oracle nos servidores com este sistema operacional. Este tutorial virá explicando passo a passo como configurar a database sem ter parte gráfica ou acesso ssh com permissão X.

Acesse seu servidor com ssh ou num terminal aberto.

Primeiramente, vamos adicionar a linha de acesso ao repositório do Debian.

# vim /etc/apt/sources.list

Obs.: Use o editor de texto de seu gosto, se for acessar um servidor remoto, sem X, e quiser usar um editor gráfico tipo gedit, basta acessar o servidor com o comando:

ssh root@servidor -X

E então:

# gedit /etc/apt/sources.list

Obs. 2: Certifique-se que o servidor possua o gedit instalado, você pode instalá-lo sem necessariamente instalar o X. Para tanto:

# aptitude install gedit

Adicione a linha ao repositório:

deb http://oss.oracle.com/debian unstable main non-free

Salve e feche o sources.list.

Execute como root:

# wget http://oss.oracle.com/el4/RPM-GPG-KEY-oracle -O- | apt-key add -

Obs.: Adicionando o comando acima estaremos importando a chave de segurança do repositório para que ele passe a ser trusted.

# apt-get update
# apt-get install oracle-xe


Você fará um download de mais de 200 MB.

Ao término do download, o mesmo fará algumas perguntas, entre elas:

- Qual a porta padrão de acesso (8080):

Especifique a porta que desejar, só tome cuidado para não colocar portas que outros serviços utilizam, a porta 8080 também costuma ser utilizada pelo Tomcat, então tome cuidado.

- Qual a porta de acesso para o Listener(1521):

Esta porta será acessada pelas aplicações, especifique qual desejar ou apenas deixe a default (1521).

- Senha para usuários sys e system:

Especifique a senha que desejar, ela será usada em breve.

- Deseja que o Oracle se inicie quando o host for reiniciado(y/n):

Fica para sua decisão, se for um servidor que precisará sempre servir a base de dados, y, caso contrário você está usando localmente e nem sempre utiliza a database, n, daí basta iniciar ela manualmente toda vez que for usar, eu recomendo o n para usuários comuns porque o Oracle é pesado, e se você não utiliza correntemente ele apenas arruinará a performance do micro e ficará ocioso.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Adicionando repositório
   2. Configurando um túnel de acesso com ssh para acesso via browser das configurações
Outros artigos deste autor

VPN com PPTP + DDCLIENT em Debian 5.0 Lenny com IP dinâmico

Redirecionamento de páginas e domínios com Jetty Rewrite Handler

Leitura recomendada

Bootsplash nos kernels 2.6.17.13 e 2.6.18 no Slackware 11

nginx em conjunto com Apache - Instalação e configuração no Debian e derivados

Umask para leigos

Documentação de IPs usando o TIPP

Instalando e desmistificando o Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rodrigoow em 12/04/2011 - 09:19h

Ótimo artigo, Parabéns..

Fiz a instalação tranquilamente, a única coisa que tive que fazer de diferente no tutorial, é por estar em uma estação windows, e configurar o tunel via putty, fiz com base nesse texto:

Configurar o túnel

Rode putty.
Clique em "Session".
Como "Host Name" coloque virtual.fisica.ufc.br.
Clique em "Connection-SSH-Tunnels".
Como "Source port" coloque "1080".
Como "Destination" coloque "localhost:1080".
Clique "Add".
Clique em "Session".
Como "Saved Sessions" coloque "virtual".
Clique "Save" para guardar a sessão.
Feche putty.

Abrir o túnel

Rode putty.
Clique duplamente em "virtual".
Coloque sua conta e sua senha quando forem pedidas.
Depois de aparecer o cabeçalho do departamento, pode minimizar a janela de putty.
Após concluir a sua navegação virtual, destrua o túnel fechando a janela em que o mesmo foi estabelecido.


Fonte: http://www.fisica.ufc.br/rede/virtual/

[2] Comentário enviado por xirux em 28/02/2012 - 20:23h

Marcelo, tu foi fenomenal, aprendi muita coisa legal de maneira muito prática. Obrigado mano. Fica na paz!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts