Jails em SSH: Montando sistema de Shell Seguro

Neste artigo vamos aprender a criar sistemas de Jail em SSH e assim separar recursos a usuários shell de acordo com suas necessidades, criando um ambiente secundário, o que aumenta a segurança na disponibilização de acessos remotos a terceiros.

[ Hits: 62.813 ]

Por: Anderson L Tamborim em 19/02/2008 | Blog: http://y2h4ck.wordpress.com


Prólogo



Autor: Anderson Luiz Tamborim (y2h4ck)
Título: Jails SSH: Montando uma solução segura para clientes SSH.
Interface: Português
Assunto: /Linux/Segurança



Esta publicação on-line não oferece nenhum tipo de suporte ou garantia sobre os softwares e informações aqui demonstrados, a não ser o que foi declarado e testado durante o desenvolvimento do mesmo. Não me responsabilizo por algum eventual problema com o sistema ou o software. Siga por sua própria conta e risco.

A divulgação e publicação em outros portais fica permitida desde que, eu seja comunicado e também, mantidos os créditos do autor, assim como a integridade do artigo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Prólogo
   2. Introdução - Jail Chroot e funcionalidades
   3. Iniciando o Projeto: Recursos necessários
   4. Montando a estrutura de Jail
   5. Projeto sob fogo: Testando o nosso sistema Jail
   6. Considerações finais
Outros artigos deste autor

Carnivore e Altivore: Os predadores do FBI

PHLAK :: [P]rofessional [H]acker's [L]inux [A]ssault [K]it

Análise Passiva: Analisando seu tráfego de maneira segura

OpenVZ: Virtualização para servidores Linux

Race condition - vulnerabilidades em suids

Leitura recomendada

Terceirização de segurança gera dúvidas em profissionais de TI

MSN-Proxy no Debian Etch

Block Hosts: Bloqueando ataques de força-bruta (brute force) em FTP, SSH e outros

Principais formas de anonimato ao navegar na Internet

SAMSB - Snort + Apache2 + MySQL + Snorby e BarnYard2 no Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por alpkaiser em 20/02/2008 - 11:45h

Muito bom.

Mais uma vez um ótimo artigo que vem ajudar em muito na implementação de segurança em servidores Linux.

Parabéns.

[2] Comentário enviado por capitainkurn em 20/02/2008 - 11:49h

Ótimo artigo! Aliás gosto muito de seus artigos e frequentemente costumo tirar umas colas.
Já está em meus favoritos.

Parabéns!

[3] Comentário enviado por marcaoguitarra em 20/02/2008 - 12:32h

Bonzinho!!!
heheehe
muito bom cara, eu já tinha feito um apache em chroot mas não tão bem configurado assim, gostei desse jaill_kit...

[4] Comentário enviado por kalib em 20/02/2008 - 14:46h

A primeira coisa q me veio a cabeça foi um honey pott... rsrsrs
Parabéns pelo artigo camarada...o conteúdo está excelente, didático...
O conteúdo é bastante interessante...ainda não conhecia essa prática.
Parabéns novamente pelo excelente trabalho. ;]

[5] Comentário enviado por tinti em 21/02/2008 - 09:35h

Vc deitou cara!!! Muito bom!!!

[6] Comentário enviado por maran em 21/02/2008 - 21:12h

Assim eu fiquei pensando aqui né em como fazer um comentário, e cara não precisa dizer nada, simplesmente perfeito...

Abraços.

[7] Comentário enviado por removido em 25/02/2008 - 12:02h

Simplesmente fantástico!! Parabéns, com certeza utilizar Jails e Chroot é mais uma forma de mantermos nossos servicos mais seguros.

Continue postando novos artigos e utilizando a mesma didática.

Abracos.

[8] Comentário enviado por rfmartins em 01/03/2008 - 19:09h

fiz tudo que esta notutorial, mas quando crie o usuario, ele nao aparece no home.
verifiquei o /etc/passwd e o usuario esta da sequinte forma:

bandit:x:1002:1002::/home/bandit:/bin/sh

como posso ressolver isto ??

[9] Comentário enviado por danimontelo em 03/12/2009 - 12:13h

Excelente tutorial! Ajudou-me bastante em tornar mais seguro o acesso remoto aos servidores que administro.

Grata e abraços, Dani

[10] Comentário enviado por carlosparisotto em 25/08/2014 - 09:26h

Primeiramente, muito bom o artigo.
Estou usando essa ferramenta há um tempo já, porém agora estou precisando fazer um SSH sem senha
para um desses usuários enjaulados e não estou conseguindo. Sabe se é possível? Se já conseguiste
fazer, favor passar o procedimento, pois estou fazendo o mesmo procedimento que para um usuário
comum e não está funcionando. Obrigado

[11] Comentário enviado por carlosparisotto em 25/08/2014 - 11:11h

Opa, descobri que o problema na verdade é o meu SELinux, então já entra em outro tópico. Vou verificar. Valeu!


Contribuir com comentário