Instalando Linux em segundo HD IDE, Sata, USB ou Pendrive

Este artigo visa orientar novos usuários GNU/Linux a instalar o sistema em HDs IDE, SATA, USB, ou pendrives diferentes do HD principal.

[ Hits: 9.720 ]

Por: Carlos Adriano em 20/04/2016


A inicialização do computador



Ao ligarmos o computador, quando o botão de ligar é pressionado, a fonte leva eletricidade para a placa-mãe, que em seguida ativa o processador e o cooler.

O BIOS (Basic Input/Output System / Sistema Básico de Entrada/Saída) é carregado.

Um sistema operacional pré-gravado no chipset, que garante a tradução dos códigos de hardware. Sua interface de configuração (Setup Utillity) é azul, famoso "SETUP da BIOS".

O BIOS é quem passa as primeiras ordens para o processador, além de verificar quais itens estão instalados na máquina.

O BIOS também é responsável por carregar a memória RAM, placa de vídeo, teclado, cachê básico e, por fim, possibilitar a inicialização do sistema operacional.

Vamos entender em ordem cronológica as etapas que o BIOS trabalha:

1. Acessa a memória CMOS, um circuito integrado que grava informações referentes ao hardware. Nela, o BIOS estabelece reconhecimento e comunicação com peças como placas de vídeo e memória RAM.

2. Power-on Self Test (POST) o próprio nome já diz, testa o hardware para verificar se está tudo certo para iniciar (podendo apresentar beeps ou mensagens de erros).

3. Procurar por alguma fonte para inicializar o sistema operacional. Tal fonte é configurável e pode ser um disco rígido padrão IDE, SATA, USB, CD-ROM, pendrive, disquete, entre outros.

4. Agora, o BIOS lê o setor zero (que contém apenas 512 bytes, denominado Master Boot Record) do HD. Essa área contém um código que alavanca a inicialização do sistema operacional. Outros dispositivos de boot (CDs, disquetes etc.) têm a capacidade de emular esse setor zero.

5. O Master Boot Record (MBR) verifica qual partição do HD está ativa (configurada como Master). E inicializa o "setor um" dela - essa área tem um código com a simples missão de carregar o setor dois.

6. A etapa seguinte consiste na leitura de um arquivo de configuração de boot, o Boot Loader. No caso do Linux, pode ser o LILO, ou o GRUB. (quando falamos do Windows, trata-se do NTLDR).

7. A partir dele, é inicializado o núcleo (kernel). Nessa fase, o sistema operacional assume o controle do computador.

Ou seja, se seu hardware estiver com tudo certo, e seu sistema operacional estiver operante, seu sistema operacional irá iniciar!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. A inicialização do computador
   2. MBR - Master Boot Record
   3. E agora, como instalar Linux em um segundo HD?
Outros artigos deste autor

Live do Ubuntu com programa PartImage como Ferramenta para Backup do Windows 7

Segurança no Linux: Antivírus, Firewall, Wine - Mitos e Verdades

Clonar HD com o comando pv salvando em .img

Informações sobre Hardware no GNU/Linux - Guia Geral e Prático

CentOS 7 - Guia prático pós-instalação

Leitura recomendada

Dm-crypt - Criptografia no filesystem - Kernel 2.6

Aprendendo NFS - Network File System

Tunando sistemas de arquivos para GNU/Linux

Removendo vírus de Windows com LiveCD GNU/Linux

Utilizando quota em XFS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por guicr em 22/04/2016 - 08:21h

Excelente! Isso me deu uma idéia.

[2] Comentário enviado por Adilson2380 em 22/04/2016 - 23:06h

Artigo perfeito, parabéns pelo ótimo trabalho.

[3] Comentário enviado por clodoaldops em 25/04/2016 - 12:31h

Eu sempre deixo grub do Linux principal na sda e do outro Linux na sdb
E crio apenas uma swap no sda

[4] Comentário enviado por CarlosAdriano em 25/04/2016 - 13:36h

[3] Comentário enviado por clodoaldops em 25/04/2016 - 12:31h
Eu sempre deixo grub do Linux principal na sda e do outro Linux na sdb
E crio apenas uma swap no sda


Eu também gosto de deixar cada hd com seu grub instalado, e atualizar o grub de cada hd, com os S.O. dois hds.
Deste modo, caso um falhe, o outro funciona normalmente, sem eu ter que configurar para conseguir iniciar.


__________________________________________
Quer aprender mais sobre Linux ?
http://www.guiafoca.org/

Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
(Provérbios 3:5)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts