Instalando Firebird 1.5 no Ubuntu 10.04 LTS

Depois de tanto procurar, googlar e até perder noites (e dias) de sono e trabalho, consegui as fontes necessárias para conseguir implantar em um servidor rodando Ubuntu Server 10.04 a versão 1.5 do famoso Firebird.

[ Hits: 23.037 ]

Por: Raphael Monteiro em 08/02/2011


Introdução



Como iniciante em Linux, quase surtei para instalar o Firebird 1.5 em um servidor. Minha luta começou quando precisei instalar um programa de gerenciamento de agências de propaganda no servidor de um cliente.

O que eu fiz?

Fui no terminal, digitei:

apt-cache search firebird1.5*

E... Nada... não haviam instaladores nos repositórios.

Adicionei "um kilo" de repositórios na lista...

E...? Nada... Não existia nada relacionado ao Firebird 1.5.*.

Googlei por vários artigos, websites especializados... Sem sucesso.

Em alguns artigos, o autor chegava a mencionar que o Firebird 1.5 era o Firebird 2.0.

Sem acreditar muito, corri atrás e achei uma solução que RESOLVEU o meu problema. Creio que irá resolver o problema de muitos, já que, às vezes, não dá para rodar a última versão de uma aplicação (como é o caso do banco e do programa que só roda com o FB1.5).

Primeiramente, segui procurando pelo google até cair neste link, que era quase o que eu precisava.
Neste caso, o autor mencionava praticamente o mesmo problema pelo qual eu passava, que era conseguir instalar o Firebird 1.5 no Ubuntu, para servir um programa que só rodava com banco gerenciado pelo Firebird 1.5.*.

Fiz como o autor mencionou.

Desinstalei o Firebird 2.0 através do comando:

# apt-get remove firebird2.0

Até aí, beleza.

Só que no artigo, não haviam referências de onde baixar os pacotes necessários para a instalação. Googlei e consegui achar.

Baixei os pacotes abaixo:
  • firebird1.5-common*
  • firebird1.5-super*
  • libeditline0_1*
  • libfbclient1_1*

Faça o download para arquitetura i386:

# wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/firebird1.5-common_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# wget http://ubuntu.load.lv/ubuntu/pool/universe/e/editline/libeditline0_1.12-5_i386.deb
# wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/firebird1.5-super_1.5.4.4910rel-6_i386.deb

Faça o download para arquitetura amd64:

# wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/firebird1.5-common_1.5.4.4910rel-6_amd64.deb
# wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_amd64.deb
# wget http://ubuntu.load.lv/ubuntu/pool/universe/e/editline/libeditline0_1.12-5_amd64.deb
# wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/firebird1.5-super_1.5.4.4910rel-6_amd64.deb

Feito o download de acordo com a sua arquitetura, instale os pacotes como segue abaixo.

Para i386:

# dpkg -i firebird1.5-common_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# dpkg -i libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# dpkg -i libeditline0_1.12-5_i386.deb
# dpkg -i firebird1.5-super_1.5.4.4910rel-6_i386.deb


Para amd64:

# dpkg -i firebird1.5-common_1.5.4.4910rel-6_amd64.deb
# dpkg -i libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_amd64.deb
# dpkg -i libeditline0_1.12-5_amd64.deb
# dpkg -i firebird1.5-super_1.5.4.4910rel-6_amd64.deb


Durante a instalação, como eu já havia instalado o Firebird 2.0, mas mesmo desinstalando, apareceu uma mensagem perguntando qual versão deveria rodar. Então selecionei FIREBIRD1.5 e dei ok.

Depois de tudo, digite o comando "dpkg-reconfigure firebird1.5-super" para alterar a senha e pronto.

Salve o banco em /var/lib/firebird/1.5/system.

Qualquer erro em nomes ou atribuições, desconsiderem, sou iniciante e como todos aqui, estou aprendendo. Só quis postar um artigo que até agora, não consegui encontrar de forma tão clara.

Abraços.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Instalando VirtualBox 4.0 no CentOS 5.5

Leitura recomendada

Firebird, fazendo valer o lado do servidor

Interbase no Debian

Lazarus com Firebird e JVUIB

Criando um banco de dados no Flamerobin (Firebird)

Instalando o Firebird no Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por andrezc em 08/02/2011 - 18:21h

Caramba! Firebird 1.5? Já estamos na versão 2.5. E olha, à partir da versão 2.0 muita coisa melhorou, principalmente a segurança.


http://www.firebirdsql.org/index.php?op=files&id=engine_250

Mas como você especificou o motivo do uso dessa versão...

[2] Comentário enviado por andersondefaro em 08/02/2011 - 19:14h

rmonteiraum,

Também já passei por essa dor de cabeça!
No meu caso eu usei a versão Firebird Super Server v1.5.6.

No meu caso foi para o Freedom ERP e a versão 2.0 não servia.

No link http://code.google.com/p/freedom-erp/wiki/preLinux você vai encontrar mais informação sobre a instalação dessa versão.

-----
Anderson Faro
Blog: http://andersonfaro.net

[3] Comentário enviado por andremorro em 09/02/2011 - 17:03h

Amigo,

Já passei por isso, mas achei uma solução relativamente mais simples.
Na página do Firebird:

http://www.firebirdsql.org/index.php?op=files&id=engine_156

Temos 3 tipos de Firebird para Linux, o Classic, o Superserver e o Superserver o NPTL.
Como no meu caso o Kernel suportava o NPTL (para descobrir digite getconf GNU_LIBPTHREAD_VERSION , se não voltar algo tipo NTPL 2.x.x não rola) eu baixei o :

FirebirdSS-1.5.6.5026-0.nptl.i686.tar.gz

que é um tar.gz de 4 MB com o "compressed tarball"
Extrai o pacote, e rodei o install.sh que tá dentro dele. Se quizer, dá pra alterar o install.sh para ficar a critério as pastas e td mais.

Não lembro como alterei a senha, mas lembro que não foi nem um pouco dificil.

Abraço
André


[4] Comentário enviado por nukelinux em 07/05/2011 - 11:51h

funcionou comigo, mas tive que seguir uns passos a mais:

ao instalar o firebird1.5-common, o usuário firebird foi criado.
quando instalei o firebird1.5-server , obtive um erro na configuração do pacote justamente quando o mesmo tentava configurar o usuário, então
removi o usuário firebird antes de instalar o firebird1.5-server e depois configurei o pacote para habilitar o servidor.
os passos que segui foram os seguintes

# dpkg -i firebird1.5-common_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# dpkg -i libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# dpkg -i libeditline0_1.12-5_i386.deb
; modifiquei daqui em diante
# deluser firebird
# dpkg -i firebird1.5-super_1.5.4.4910rel-6_i386.deb
# dpkg-reconfigure firebird1.5-server

rodei o ps e vi o processo rodando ( fiquei muito feliz :D )
# ps ax | grep firebird
12718 ? S 0:00 /usr/lib/firebird/1.5/bin/fbguard -f
12719 ? Sl 0:00 /usr/lib/firebird/1.5/bin/fbserver
12831 pts/0 S+ 0:00 grep --color=auto firebird

[5] Comentário enviado por henriquecorbo em 22/05/2011 - 14:48h

Caro Rmonteiraum,

Eu precisava de um tutorial para instalar o Firebird Classic. Por ventura, tu sabes me informar se os passos são os mesmo? Penso que deverá ser feito o download de outros arquivos. Tu podes me dar alguma dica?

Desde já agradeço pela ajuda.

[6] Comentário enviado por rmonteiraum em 22/05/2011 - 15:41h

acho que o comentário [3] pode te ajudar.

Qq coisa, estamos aí.

Abraços

[7] Comentário enviado por abi em 21/09/2011 - 10:03h

É isso ai,

Eu concordo com o amigo que disse que a versao 2.5 do FB e melhor, mas em alguns casos como o meu por exemplo que trabalho com softwares do SUS
nao tem como usar porque o proprio SUS, nao atualiza as versoes.

Achei o artigo bem interessante.



In corde Iesu semper,
Joao Abi

[8] Comentário enviado por Tacioandrade em 07/06/2012 - 10:43h

Valeu mesmo cara, você salvou meu feriado. Quando tive que fazer o mesmo no Debian Squeeze foi um trabalho muito grande achar a resposta e hoje fui colocar no Ubuntu Server e com seu artigo em 3 minutos já estava rodando o SGBD. =]


Sucesso.

[9] Comentário enviado por Tacioandrade em 14/06/2012 - 18:13h

Amigo está funcionando perfeitamente, porem o firebird está consumindo muito pouco processamento e memória do servidor, gostaria de aumentar a quantidade de processador e memória para ele disponível para melhorar o desempenho do mesmo.

Alguem teria um arquivo de configuração customizado ou algumas dicas de como colocar para os 2 processadores do meu Xeon 1.8Ghz sejam utilizados e que ele fique com um cache um pouco maior dos dados, pois pelo TOP só está com 15M de memória sendo usado pelo mesmo, sendo que mais de 30 clientes utilizam a aplicação.

[10] Comentário enviado por rmonteiraum em 19/10/2012 - 18:03h

[9] Comentário enviado por Tacioandrade em 14/06/2012 - 18:13h: Amigo está funcionando perfeitamente, porem o firebird está consumindo muito pouco processamento e memória do servidor, gostaria de aumentar a quantidade de processador e memória para ele disponível para melhorar o desempenho do mesmo.Alguem teria um arquivo de configuração customizado ou algumas dicas de como colocar para os 2 processadores do meu Xeon 1.8Ghz sejam utilizados e que ele fique com um cache um pouco maior dos dados, pois pelo TOP só está com 15M de memória sendo usado pelo mesmo, sendo que mais de 30 clientes utilizam a aplicação.


Tacio,

Não sei se no fb1.5 rola de "aumentar" o consumo por variável, mas se não me engano, o próprio linux já faz isso de forma automática (talvez eu esteja falando besteira rsrs).

Sei que no window$ , pode-se fazer o "aumento" ou divisão de processamento por um ou mais cores através do arquivo firebird.conf, alterando a linha cpuaffinitymask de acordo com o numero de processadores ou cores disponíveis. Sendo o mais comum o valor 15, que utiliza o processamento de dois cores ao mesmo tempo, balanceando a carga.

Porém, como vc disse, está consumindo pouco processamento e memória. Isso não seria bom? Se está consumindo pouco, é pq a demanda é pouca.

De repente, a aplicação consome pouco.

Se estivesse com problemas, estaria consumindo muito ;)

[11] Comentário enviado por Tacioandrade em 19/10/2012 - 18:22h


Tacio,

Não sei se no fb1.5 rola de "aumentar" o consumo por variável, mas se não me engano, o próprio linux já faz isso de forma automática (talvez eu esteja falando besteira rsrs).

Sei que no window$ , pode-se fazer o "aumento" ou divisão de processamento por um ou mais cores através do arquivo firebird.conf, alterando a linha cpuaffinitymask de acordo com o numero de processadores ou cores disponíveis. Sendo o mais comum o valor 15, que utiliza o processamento de dois cores ao mesmo tempo, balanceando a carga.

Porém, como vc disse, está consumindo pouco processamento e memória. Isso não seria bom? Se está consumindo pouco, é pq a demanda é pouca.

De repente, a aplicação consome pouco.

Se estivesse com problemas, estaria consumindo muito ;)


Raphael já procurei isso, porem na versão 1.5 este tipo de coisa não é implementada na versão Linux, apenas no Windows. =(

Sobre o consumo, concordo que quanto menor, melhor, porem o que vejo é que a demanda em si do local não é tão baixa, são cerca de 30 maquinas utilizando, sendo que estamos tendo problemas quando temos que atualizar a versão da aplicação (pois ele varre TODO o banco antes de fazer qualquer modificação), nisso fica travado e a aplicação não atualiza, além da quantidade de CPU/Memoria se manter a mesma.

Para atualizar só estamos conseguindo durante a madrugada e olhe lá, quando a quantidade de acessos ao banco é minima, sem ser desta forma não da. =(

[12] Comentário enviado por rmonteiraum em 22/10/2012 - 09:58h


[11] Comentário enviado por Tacioandrade em 19/10/2012 - 18:22h:


Tacio,

Não sei se no fb1.5 rola de "aumentar" o consumo por variável, mas se não me engano, o próprio linux já faz isso de forma automática (talvez eu esteja falando besteira rsrs).

Sei que no window$ , pode-se fazer o "aumento" ou divisão de processamento por um ou mais cores através do arquivo firebird.conf, alterando a linha cpuaffinitymask de acordo com o numero de processadores ou cores disponíveis. Sendo o mais comum o valor 15, que utiliza o processamento de dois cores ao mesmo tempo, balanceando a carga.

Porém, como vc disse, está consumindo pouco processamento e memória. Isso não seria bom? Se está consumindo pouco, é pq a demanda é pouca.

De repente, a aplicação consome pouco.

Se estivesse com problemas, estaria consumindo muito ;)

Raphael já procurei isso, porem na versão 1.5 este tipo de coisa não é implementada na versão Linux, apenas no Windows. =(

Sobre o consumo, concordo que quanto menor, melhor, porem o que vejo é que a demanda em si do local não é tão baixa, são cerca de 30 maquinas utilizando, sendo que estamos tendo problemas quando temos que atualizar a versão da aplicação (pois ele varre TODO o banco antes de fazer qualquer modificação), nisso fica travado e a aplicação não atualiza, além da quantidade de CPU/Memoria se manter a mesma.

Para atualizar só estamos conseguindo durante a madrugada e olhe lá, quando a quantidade de acessos ao banco é minima, sem ser desta forma não da. =(


Deixa eu ver entendi:
Você precisa atualizar o banco de tempos em tempos, certo?

Em que exatamente consiste essa atualização?
Pois, se for algo que mexe com a estrutura do banco, deve ser feito sem que o banco esteja sendo acessado pelos usuários.

Em um artigo/dica que deixei aqui no VOL, descrevi como fazer um backup, limpeza, restauração e manutenção de um banco online. De repente, pode servir pra você.

[13] Comentário enviado por Tacioandrade em 22/10/2012 - 16:48h


Deixa eu ver entendi:
Você precisa atualizar o banco de tempos em tempos, certo?

Em que exatamente consiste essa atualização?
Pois, se for algo que mexe com a estrutura do banco, deve ser feito sem que o banco esteja sendo acessado pelos usuários.

Em um artigo/dica que deixei aqui no VOL, descrevi como fazer um backup, limpeza, restauração e manutenção de um banco online. De repente, pode servir pra você.


A atualização nada mais é do que uma verificação de todos os dados das tabelas, seguidos por um sequencia de update e alter table, pelo que da para perceber.

Sobre isso de ser feito quando o usuário não estiver usando, o proprio sistema atualizador faz isso, ele desativa a tabela que está sendo usada até terminar de fazer a execução, então é possível ir trabalhando (porem os clientes trabalham em menor velocidade).

Porem acho que vou dar uma olhada nesse seu artigo, pode ser que me ajude.


Att. Tácio Andrade

[14] Comentário enviado por johnhenrique em 12/10/2014 - 15:55h

Obrigado pelo post, estava procurando muito, vou testar e ver se consigo fazer funcionar aki no meu ubuntu server 14.04.

[15] Comentário enviado por Creto em 10/12/2014 - 19:38h

Como sou usuário GNU/Linux seja em casa na empresa e em tudo que faço, peço por favor a correção do link sobre o pacote libfbclient que está quebrado podendo ser baixado deste outro link abaixo:

wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_i386....

Atenciosamente,

Paulo Benedito Corrêa "Creto"

[16] Comentário enviado por rmonteiraum em 14/12/2014 - 10:54h


[15] Comentário enviado por Creto em 10/12/2014 - 19:38h:

Como sou usuário GNU/Linux seja em casa na empresa e em tudo que faço, peço por favor a correção do link sobre o pacote libfbclient que está quebrado podendo ser baixado deste outro link abaixo:

wget http://old-releases.ubuntu.com/ubuntu/pool/universe/f/firebird1.5/libfbclient1_1.5.4.4910rel-6_i386.....

Atenciosamente,

Paulo Benedito Corrêa "Creto"


Bacana, Creto.

Não consegui atualizar o artigo, mas obrigado pelo update em seu comentário.

Grande Abraço, Raphael Monteiro.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts