Instalação Tesseract 4.1 e Apache Airflow no CENTOS 7

Este documento tem o objetivo de explicar como instalar e configurar passo a passo as ferramentas Tesseract 4.1 e Apache Airflow 2.1.0 no Linux CentOS 7. Já com o troubleshooting corrigindo problemas como versão do SQLite por exemplo, que impede a instalação correta do Apache Airflow. Depois de muita pesquisa e juntar as informações necessárias, consegui chegar em um conjunto de informações para facilitar o trabalho de todos que venham precisar efetuar a instalação e configuração dos mesmos. Espero poder ajudá-los com o conteúdo.

[ Hits: 721 ]

Por: Wagner em 04/01/2022


Pré-requisitos de instalação



Como pré-requisito de instalação das ferramentas, será necessário alguns pacotes básicos como o "Development Tools" e repositório "epel-release", abra o terminal e digite o seguinte comando:

# yum group install -y "Development Tools"
Após a instalação do "Development Tools", deverá ser instalado o repositório "epel-release", digite:

# yum install epel-release
Agora os pacotes dos pré-requisitos poderão ser instalados, digite:

# yum install java-1.8.0-openjdk gcc openssl-devel bzip2-devel libffi-devel zlib-devel xz-devel wget libstdc++ autoconf automake libtool autoconf-archive gcc gcc-c++ make libjpeg-devel libpng-devel libtiff-devel sqlite-devel libsqlite3x-devel.x86_64
Como último passo deve-se atualizar o sistema operacional, para isso digite:

# yum update -y

INSTALAÇÃO TESSERACT 4.1

Próxima etapa após a atualização do SO e instalação dos pré-requisitos é a instalação do Tesseract, primeiro é preciso que importe a chave pública do repositório que será usado para que seja permitido a instalação. Digite:

# rpm --import https://build.opensuse.org/projects/home:Alexander_Pozdnyakov/public_key
Agora será necessário baixar o repositório para download do pacote, digite:

# yum-config-manager --add-repo https://download.opensuse.org/repositories/home:/Alexander_Pozdnyakov/CentOS_7/
Inicie a instalação do Tesseract e o pacote de idioma, que no caso foi escolhido em inglês, digite:

# yum install tesseract tesseract-langpack-eng

INSTALAÇÃO MARIA DB 10.5

Como no passo anterior será preciso instalar o pacote do repositório, neste caso será criado manualmente o arquivo de repositório para o Maria DB da versão 10.5, criar o arquivo inicialmente, para isso digite:

# touch /etc/yum.repos.d/MariaDB.repo
Após a criação, deve-se editar o arquivo com o repositório escolhido, digite:

# vi /etc/yum.repos.d/MariaDB.repo
Agora coloque as informações do repositório conforme informado abaixo:

# MariaDB 10.5 CentOS repository list - created 2021-11-05 20:08 UTC
# https://mariadb.org/download/
[mariadb]
name = MariaDB
baseurl = https://mirrors.gigenet.com/mariadb/yum/10.5/centos7-amd64
gpgkey=https://mirrors.gigenet.com/mariadb/yum/RPM-GPG-KEY-MariaDB
gpgcheck=1

Salve o arquivo e saia.
Após configurar o repositório, instale os pacotes:

# yum install MariaDB-server MariaDB-client
Agora inicie o banco de dados:

# systemctl start mariadb
Para que o serviço do banco de dados seja iniciado junto com o sistema operacional, digite:

# systemctl enable mariadb
A mensagem abaixo irá aparecer confirmando que o serviço foi habilitado.

ATUALIZAR VERSÃO DO SQLITE PARA 3.28

Para que seja possível a instalação do Apache Airflow é preciso que o SQLite esteja atualizado acima da versão 3.15, dessa forma iremos instalar a versão 3.28, será necessário baixarmos o pacote de forma manual, para isso digite o comando:

wget https://www.sqlite.org/2019/sqlite-autoconf-3280000.tar.gz


Descompacte o pacote usando tar:

tar zxvf sqlite-autoconf-3280000.tar.gz
Entre na pasta que acabou de descompactar no caso é sqlite-autoconf-3280000, digite:

cd sqlite-autoconf-3280000
Execute o script de configuração com o comando:

./configure
Compile o pacote com a ferramenta automática que encontra-se na pasta, digite:

make


Agora instale o pacote com o comando:

# make install
Após o término a seguinte mensagem abaixo será mostrada:

CONFIGURAR VARIÁVEIS DE AMBIENTE

Neste passo deverá ser criado todas as variáveis que será utilizado com as ferramentas, no caso utilizaremos para o Java, Airflow, Python3, pip e para o "path", para conceito de aprendizagem está sendo feito no usuário root, mas é recomendado que seja criado um usuário para isso.

O arquivo .bash_profile contém comandos para definir variáveis de ambiente. Consequentemente, os shells futuros herdarão essas variáveis.

Em um shell de login interativo, o bash primeiro procura o arquivo /etc/profile. Se encontrado, o Bash o lê e executa no shell atual. Como resultado, /etc/profile define a configuração do ambiente para todos os usuários.

O .bashrc contém comandos que são específicos para os shells Bash. Cada shell interativo sem login é lido o .bashrc primeiro. Normalmente o .bashrc é o melhor lugar para adicionar aliases e funções relacionadas ao Bash. O shell Bash procura o arquivo .bashrc no diretório inicial e o executa no shell atual usando o código-fonte. Iremos utilizar ambos os arquivos. Digite:

# java ".bash_profile"
# echo "export JAVA_HOME=/usr/lib/jvm/java-1.8.0-openjdk-1.8.0.302.b08-0.el7_9.x86_64/jre/bin/java" >> /root/.bash_profile
Airflow ".bash_profile":

# echo "export AIRFLOW_HOME=/opt/airflow" >> /root/.bash_profile
Python ".bashrc":

# echo "alias python3='/usr/local/bin/python3.7'" >> /root/.bashrc
Pip ".bashrc":

# echo "alias pip='/usr/local/bin/pip3.7'" >> /root/.bashrc
Airflow ".bashrc":

# echo "alias airflow='/usr/local/bin/airflow'" >> /root/.bashrc
Path ".bashrc":

# echo "export PATH=${PATH}:/usr/local/bin" >> /root/.bashrc
Para que os alias funcionem imediatamente, digite:

# source /root/.bashrc
# source /root/.bash_profile
No caso do Path, para que funcione de imediato faça o export como mostra abaixo:

# export PATH=${PATH}:/usr/local/bin

INSTALAR PYTHON 3.71.11

Para instalar o Python em uma versão mais atual que a padrão do SO, é preciso que seja feito de forma manual, iremos utilizar a versão 3.71.11, acesse a pasta abaixo para instalação:

# cd /usr/src/
Baixe o pacote com o wget, digite:

# wget https://www.python.org/ftp/python/3.7.11/Python-3.7.11.tgz
Descompactar o pacote, digite:

# tar zxf Python-3.7.11.tgz
Acesse a pasta que acabou de descompactar, digite:

# cd Python-3.7.11


Para executar a configuração automática com o caminho correto do SQLite que foi atualizado nos passos anteriores será necessário adicionar uma variável para a biblioteca junto, para isso digite:

# LD_RUN_PATH=/usr/local/lib ./configure
Para compilar digite:

# LD_RUN_PATH=/usr/local/lib make
Para instalar digite:

# LD_RUN_PATH=/usr/local/lib make altinstall
Abra o python e valide a versão do SQLite se alterou, utilize o comando abaixo para abrir a versão 3 que foi instalada agora, digite:

# python3
Dentro da aplicação digite os seguintes comandos abaixo para verificar se a versão está atualizada para a 3.28.0:

> import sqlite3
> sqlite3.sqlite_version
Caso esteja ok, pode sair do aplicativo digitante:

> quit()

INSTALAR JAVA DEVELOPMENT KIT SE 8u291

Outro pacote necessário é o Java JDK SE 8, para isso é necessário baixar o pacote do site e disponibilizar no server, o site para acesso é:
Após baixar o pacote deve-se efetuar a instalação como um pacote rpm normal.

Digite:

# rpm -Uhv jdk-8u291-linux-x64.rpm

INSTALAR APACHE AIRFLOW 2.1.0

Com todos os pré-requisitos instalados nos passos anteriores podemos instalar o Airflow sem nenhum problema ou erro que possa impossibilitar essa tarefa, é preciso instalar a ferramenta "pip" via python, para isso digite:

# python3 -m pip install -U pip
Agora instale o Airflow 2.1.0, digite:

# pip3 install apache-airflow==2.1.0
Inicie o serviço de banco de banco de dados do Airflow:

# airflow db init
Para criar um usuário insira o comando abaixo, alterando as informações conforme a necessidade:

# airflow users create \
    --username admin \
    --firstname Wagner \
    --lastname Linux \
    --role Admin \
    --email [email protected]
Digite a senha e repita novamente
Suba o serviço do airflow com o seguinte comando:

# airflow webserver --port 8080 -D
Acesse a página:

http://localhost:8080
Use o usuário que foi criado para logar na aplicação e validar o acesso:
   

Páginas do artigo
   1. Pré-requisitos de instalação
Outros artigos deste autor

Configuração de Servidor SFTP

Integração de servidores Linux com Active Directory

Adicionando Novo Disco - RHEL e CentOS

Servidor de Repositório Yum - CentOS / Oracle Linux

Integrando Servidores Linux no Active Directory com Samba

Leitura recomendada

Octave - Programação científica no Linux

Atualize rapidamente os PC's da sua LAN com Debian

Stoq (Sistema de Automação Comercial) - Instalação e configuração no Ubuntu e derivados

Instalando o Opera e plugin Flash Player no Debian

Jogos via Internet em 2 minutos com Hamachi

  
Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 09/01/2022 - 11:52h


Ótimo artigo.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/mxnt10 [/code]


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts