HowTo: Como criar Cluster Linux - Ativo/Passivo para Postgres com DRBD, Pacemaker e Corosync

Este artigo explica como configurar (e monitorar) um Cluster Linux Ativo/Passivo para PostgreSQL, usando Pacemaker, DRBD e Corosync.

[ Hits: 112.339 ]

Por: Rafael Marangoni em 02/12/2010


Notas Preliminares



Este artigo explica como configurar (e monitorar) um Cluster PostgreSQL Ativo/Passivo, usando Pacemaker, Corosync e DRBD. Escrito por Rafael Marangoni, do time de Servidor Linux da BRLink.

Nós usamos dois nós, um ativo (que atende as requisições de usuários e aplicações) e outro nó em modo passivo. Se o nó ativo para, o passivo assume sua posição (tornando-se o nó ativo).

Distribuição Linux

Estamos usando o CentOS 5.5 (64 bits), embora não testado, este artigo deverá funcionar no Fedora, e com certeza no RedHat Enterprise Linux). A instalação do CentOS é bastante simples e clássica: selecione os pacotes base (e outras coisas que você goste/precisa).

Um ponto importante na instalação é que utilizaremos o DRBD para replicação dos dados entre os nós. O DRBD requisita um disco ou uma partição exclusiva para esta ação de replicação, portanto se você não possui um disco específico para o DRBD, lembre de deixar uma partição exclusiva para o DRBD na instalação do CentOS.

Topologia e hardware de rede

Nós usamos duas interfaces Gigabit por nó: a primeira interface (eth0) conecta o nó à rede local (LAN); a segunda interface (eth1) está conectando os dois nós, através de um cabo cross-over. A conexão cross-over aumenta a confiabilidade e performance do sistema, já que a conexão entre os nós não dependerá, por exemplo, de um switch externo que pode falhar.

Neste artigo, usamos dois nós físicos: node1.clusterbr.int e node2.clusterbr.int:
  • node1.clusterbr.int: Usa IP 10.0.0.191 (LAN) e IP 172.16.0.1 (cross-over)
  • node2.clusterbr.int: Usa IP 10.0.0.192 (LAN) e IP 172.16.0.2 (cross-over)
  • dbip.clusterbr.int: Este é o IP do Cluster, 10.0.0.190. Este é o IP que deverá ser utilizado para acesso ao banco de dados PostgreSQL.

Discos

Em nosso exemplo, cada um dos nós possui 2 discos físicos:
  • /dev/sda: para o SO
  • /dev/sdb: para o DRBD

Como foi dito anteriormente, você pode usar somente um disco, se deixar uma partição exclusiva para o DRBD.

PostgreSQL

A versão do PostgreSQL usada neste artigo é a 8.4, mas isto não importa efetivamente, porque o DRBD irá replicar tudo o que estiver no seu dispositivo. Portanto escolha a versão que for melhor para o seu cenário.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Notas Preliminares
   2. Preparando os nós
   3. Instalando pré-requisitos
   4. Configurando o DRBD
   5. Configurando o PostgreSQL
   6. Configurando o Corosync
   7. Configurando o Pacemaker
   8. Criando página para exibir status via web
   9. Instalando PhppgAdmin para gerenciar o PostgreSQL
   10. Acessando via rede e monitorando o cluster
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

PostgreSQL: SGBDOR

Autenticação no PostgreSQL - com exemplos

Como migrar banco de dados MySQL para PostgreSQL

Postgres e os Sistemas Alterdata

Criando um banco de dados espacial com PostgreSQL + PostGIS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 06/12/2010 - 01:15h

Olha o título, olha o título do trabalho!...
10!
;-))

[2] Comentário enviado por mvquintella em 13/12/2010 - 18:54h

Olá.

Estou tentando esse procedimento mas estou empacando num ponto:

# mount -t ext3 /dev/drbd0 /var/lib/pgsql

Quando eu monto a pasta conforme o tutorial, (no meu caso como uso debian, o caminho que monto é /usr/local/pgsql) todas as pastas que estao dentro do pgsql somem (incluvise a pasa bin onde está localizado o initdb). Estou fazendo algo errado será??

Abs

[3] Comentário enviado por rafatmb em 14/12/2010 - 10:04h

Olá mvquintella,

Esta pasta /var/lib/pgsql no redhat (e afins) possui por exemplo a pasta data, onde o postgres armazena os dados da base.

Não tenho certeza qual é a pasta no debian. De qualquer modo, na primeira vez que você montar, você terá que usar o initdb para iniciarlizar os dados do postgres e popular a base.

Você chegou a esse ponto?

Abraço.

[4] Comentário enviado por mvquintella em 15/12/2010 - 10:19h

Olá!

No debian o caminho da pasta data fica no caminho: /usr/local/pgsql/data

No caso eu devo fazer a montagem assim certo?

# mount -t ext3 /dev/drbd0 /usr/local/pgsql

Só que quando eu faço esse procedimento, todos os arquivos que estão dentro de /usr/local/pgsql somem... Inclusive a pasta data.
Eu devo rodar o initdb antes de fazer a montagem então?

Talvez eu esteja fazendo alguma cabaçada, gostaria de tentar entender onde hehe

Obrigado!

[5] Comentário enviado por mvquintella em 15/12/2010 - 10:49h

Cara, obrigado pela ajuda. Provavelmente era alguma besteira que eu estava fazendo!
Recomecei do zero e consegui passar desse ponto. Conto com sua ajuda se eu travar em outro ponto heeein heheheh
Abs!

[6] Comentário enviado por rafaelbiagi em 05/03/2011 - 16:05h

Amigo, otimo artigo, bem explicado.
mas eu não sei o que acontece, segui certinho as configurações, um servidor pinga o outro mas esta apresentando o seguinte status no DRBD

version: 8.3.8 (api:88/proto:86-94)
GIT-hash: d78846e52224fd00562f7c225bcc25b2d422321d build by [email protected], 2010-06-04 08:04:09

1: cs:WFConnection ro:Primary/Unknown ds:UpToDate/Outdated C r----
ns:0 nr:0 dw:20 dr:545 al:2 bm:0 lo:0 pe:0 ua:0 ap:0 ep:1 wo:b oos:1675592472


Alguem saberia me dizer pq da esse WFConnection, no http://www.drbd.org/users-guide-emb/ch-admin.html ele só fala o que significa, mas não ajuda a resolver o problema.

Obrigado
Rafael Biagi

[7] Comentário enviado por leandrojpg em 28/11/2011 - 16:50h

boa tarde estou tentando fazer meu drbd com io pacemaker mas ao rodar o comando:
crm_mon -l, aprensenta a mensagem Failed actions:
DRBD_monitor_0 (node=node1, call=7, rc=6, status=complete): not configured
drbd_monitor_0 (node=node1, call=5, rc=6, status=complete): not configured
DADOS-MOUNT_start_0 (node=node1, call=15, rc=5, status=complete): not installed
postgres_fs_start_0 (node=node1, call=25, rc=1, status=complete): unknown error
drbd_r0_monitor_0 (node=node1, call=6, rc=6, status=complete): not configured
SRV-MOUNT_start_0 (node=node1, call=14, rc=5, status=complete): not installed
r0_fs_start_0 (node=node1, call=28, rc=1, status=complete): unknown error
DRBD_monitor_0 (node=node2, call=7, rc=6, status=complete): not configured
drbd_monitor_0 (node=node2, call=5, rc=6, status=complete): not configured
DADOS-MOUNT_start_0 (node=node2, call=12, rc=5, status=complete): not installed
postgres_fs_start_0 (node=node2, call=23, rc=1, status=complete): unknown error
drbd_r0_monitor_0 (node=node2, call=6, rc=6, status=complete): not configured
SRV-MOUNT_start_0 (node=node2, call=11, rc=5, status=complete): not installed
r0_fs_start_0 (node=node2, call=26, rc=1, status=complete): unknown error

[8] Comentário enviado por sbambam em 13/06/2012 - 22:48h

Prezados,

Gostaria de uma ajuda...

Ao executar o passo "yum install -y pacemaker corosync drbd83 kmod-drbd83 heartbeat" em pré-requisitos me deparo com as informaçoes abaixo. Eu acredito que não devo continuar sem esses pacotes...alguem pode dar uma luz...

[[email protected] ~]# yum install -y pacemaker corosync drbd83 kmod-drbd83 heartbeat
Loaded plugins: fastestmirror, security
Loading mirror speeds from cached hostfile
* base: centos.redeminastelecom.com.br
* epel: mirror.cogentco.com
* extras: centos.redeminastelecom.com.br
* updates: centos-mirror.hostdime.com.br
Setting up Install Process
Package pacemaker-1.1.6-3.el6.x86_64 already installed and latest version
Package corosync-1.4.1-4.el6_2.2.x86_64 already installed and latest version
No package drbd83 available.
No package kmod-drbd83 available.
Package heartbeat-3.0.4-1.el6.x86_64 already installed and latest version
Nothing to do
[[email protected] ~]#

[9] Comentário enviado por felipeogutierrez em 15/12/2012 - 22:26h


[6] Comentário enviado por rafaelbiagi em 05/03/2011 - 16:05h:

Amigo, otimo artigo, bem explicado.
mas eu não sei o que acontece, segui certinho as configurações, um servidor pinga o outro mas esta apresentando o seguinte status no DRBD

version: 8.3.8 (api:88/proto:86-94)
GIT-hash: d78846e52224fd00562f7c225bcc25b2d422321d build by [email protected], 2010-06-04 08:04:09

1: cs:WFConnection ro:Primary/Unknown ds:UpToDate/Outdated C r----
ns:0 nr:0 dw:20 dr:545 al:2 bm:0 lo:0 pe:0 ua:0 ap:0 ep:1 wo:b oos:1675592472


Alguem saberia me dizer pq da esse WFConnection, no http://www.drbd.org/users-guide-emb/ch-admin.html ele só fala o que significa, mas não ajuda a resolver o problema.

Obrigado
Rafael Biagi


Cara, voce tem que que dar um disconnect, detach e depois um connect. Se nao for com o connect tenta o discard-my-data
Falou
Felipe

[10] Comentário enviado por paulosantos41 em 12/09/2015 - 23:38h


Boa noite a todos,
eu estava fazendo esta configuração de cluster, e tudo funciona normalmente até o passo de criar o banco pgbench no node 1, mas quando vou checar se o banco pode ser acessado pelo node 2, o postgresql informa que não existe role para o usuário admpgsql. Alguém poderia me ajudar?

Estou utilizando o debian wheezy para fazer as configurações e estou seguindo todos os passos do artigo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts