Executando máquinas virtuais diretamente no GDM

Nesse artigo veremos como executar máquinas virtuais criadas com o VirtualBox diretamente através da tela de login do GDM.

[ Hits: 9.343 ]

Por: edps em 04/10/2011 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Direto ao assunto...



Como dito na introdução, aqui veremos como executar máquinas virtuais criadas com o VirtualBox diretamente através da tela de login do GDM.

* embora não testada nos outros login managers como o KDM, Slim ou LXDM, acredito que funcione também, para isso vejam o comentário do colega tonnytg no tópico criado sobre esse assunto:
Partindo do principio que o VirtualBox já esteja instalado e a sua máquina virtual já esteja devidamente instalada e configurada, inicialmente com o nano ou outro editor de sua preferência criaremos um arquivo .desktop em /usr/share/xsessions com o nome da nossa VM.

No exemplo abaixo utilizarei a DebianCUT, a qual criei quando fiz o primeiro artigo do meu blog (mundo gnu: Debian Constantly Usable Testing (CUT)):

sudo nano /usr/share/xsessions/debiancut.desktop

Conteúdo do arquivo:

[Desktop Entry]
Name=debiancut
Comment=Debian CUT (Constantly Usable Testing) no VirtualBox
Exec=/usr/local/bin/vbox-debiancut
Icon=
Type=Application

Salvamos e fechamos o arquivo com Ctrl+O e Ctrl+X e partimos para a criação, dessa vez em /usr/local/bin, do script que chamará o aplicativo VBoxSDL:

sudo nano /usr/local/bin/vbox-debiancut

Conteúdo do arquivo:

#!/bin/sh

# com a opção -vm a máquina virtual será executada da forma tradicional.
# VBoxSDL -vm "DebianCUT"

# com a opção abaixo a máquina virtual será executada em tela cheia.
VBoxSDL --fullscreen -vm "DebianCUT"

Da mesma forma que no 1° passo, salvamos e fechamos o script com Ctrl+O e Ctrl+X, e a seguir damos permissão de execução para o mesmo:

sudo chmod a+x /usr/local/bin/vbox-debiancut

Feito isso... encerramos a sessão a qual estamos logados e testamos o procedimento.

A seguir veremos a janela de seleção da sessão a ser iniciada no GDM3:
A tela de início do Grub em tela cheia:
A sessão do OpenBox carregada e em tela cheia:
A mesma sessão, mas dessa vez no modo janela, e com ao fundo o papel de parede do GDM:
* na imagem acima nota-se a edição do script /usr/local/bin/vbox-debiancut, o qual localiza-se na máquina HOST.

Espero que tenham gostado, pois considero isso uma grande vantagem, sobretudo para aqueles que não tem partições suficientes para a realização de novas instalações.

Fontes consultadas:
* publicado originalmente em meu blog: mundo gnu: Executando máquinas virtuais diretamente no GDM

   

Páginas do artigo
   1. Direto ao assunto...
Outros artigos deste autor

LMDE Xfce - Instalação, configuração e extras

Vida nova para o Kurumin 7

Debian SID, OpenBox, LightDM e XFS

O Sistema Debian Alternatives

Snapshots de pacotes para o Debian

Leitura recomendada

Grade Computacional com OurGrid no Debian Lenny

Slides em PDF com o LaTeX

UNIX - Definição e História

Tunning do KDM theme

Daemons com shell script

  
Comentários
[1] Comentário enviado por eldermarco em 04/10/2011 - 10:56h

Como já havia dito: excelente artigo rapaz!

[2] Comentário enviado por rootgerr em 04/10/2011 - 15:25h

Realmente excelente favoritado

[3] Comentário enviado por removido em 04/10/2011 - 20:22h

Excelente artigo, favoritado!!!!

[4] Comentário enviado por removido em 04/10/2011 - 21:23h

Obrigado pelos comentários,

amigos @eldermarco, @rootgerr e @josueandres.

[]'s

[5] Comentário enviado por andretyn em 04/10/2011 - 22:12h

CARRRRRACAH, muito bom o artigo, vai para os "favoritos" :)
Um abraço para o colega edps por esse ótimo artigo.

[6] Comentário enviado por tatuiano em 04/10/2011 - 22:14h

sem comentários nota 100 e favoritado.quando eu crescer quero ser igual a você tio.kkk

[7] Comentário enviado por asdf2 em 05/10/2011 - 00:45h

nota 1000000000... :)

[8] Comentário enviado por Fabio_Farias em 05/10/2011 - 13:50h

Edinaldo
Muito bom saber disso. É uma excelente informação.
Parabéns!
Abraços!

[9] Comentário enviado por removido em 05/10/2011 - 19:01h

Obrigado pelos comentários,

caros colegas @andretyn, @tatuiano, @asdf2 e @FábioFarias.

um abraço.

[10] Comentário enviado por rweu em 05/10/2011 - 21:49h

Boa noite a todos,

Excelente meu caro, tomei a liberdade de incluir essa excelente matéria no meu Blog, obviamente dando o crédito para voce.
Eu usei no Mint e funfa de boa, mas ficou um gostinho amargo pois não consegui fazer funfar no Mageia, pois logo de cara
não existe o arquivo xsessions em /usr /share, uma pena!, se voce souber como fazer em outra distro que não seja Debian Like
por favor entre em contato rweu@ig.com.br ou post aqui ok??

Valeu!!

[11] Comentário enviado por removido em 05/10/2011 - 22:38h

@rweu,

não tenho intimidades com distros RPM-like, mas o caminho é o mesmo em Debian, Arch ou Gentoo, rode um:

$ locate openbox.desktop

* ou o nome de seu amibinte padrão e com isso encontre o caminho correto

no meu caso retorna:

debian h4rd3r ~
$ locate openbox.desktop
/usr/share/applications/openbox.desktop
/usr/share/gnome/wm-properties/openbox.desktop
/usr/share/kde4/apps/ksmserver/windowmanagers/openbox.desktop
/usr/share/xsessions/openbox.desktop
debian h4rd3r ~

$ locate gnome.desktop
/usr/share/xsessions/gnome.desktop
/usr/share/xsessions/openbox-gnome.desktop
/var/lib/menu-xdg/applications/menu-xdg/X-Debian-Applications-Viewers-eye_of_gnome.desktop
debian h4rd3r ~

$ locate lxde.desktop
debian h4rd3r ~

$ locate scrotwm.desktop
/usr/share/xsessions/scrotwm.desktop
debian h4rd3r ~

$ locate dwm.desktop
/usr/share/xsessions/dwm.desktop


* mas verifique se tens o caote 'mlocate' instalado e rode o updatedb antes, isso se as coisas forem iguais às distros que citei.

um abraço.

[12] Comentário enviado por edersonhonorato em 07/10/2011 - 12:27h

Parabéns,

Ótima solução para quem não tem partições sobrando no HD.

[13] Comentário enviado por removido em 07/10/2011 - 13:05h

Nossa,muito boa e facil de entender,alem de ser muito facil de aplicar e mudar de acordo com as nescessidades.

[14] Comentário enviado por removido em 25/10/2011 - 22:10h

@edersonhonorato e au@pei

obrigado pelos comentários!

* vai entender o Gmail... alguns comentários do VOL vão para a pasta SPAM, é raro mas acontece.

[15] Comentário enviado por hedbruno em 31/10/2011 - 09:58h

Muito bom o artigo, estou usando aqui no xubuntu 11.10, funciono perfeitamente, gostaria de saber se existe a possibilidade de definir a resolução da ta tela ..?

[16] Comentário enviado por niquelnausea em 01/11/2011 - 22:42h

dica pra quem usa o kdm:
abra como root o arquivo /usr/share/config/kdm/kdmrc procure pela linha "SessionsDirs=", substitua essa linha por essa
SessionsDirs=/usr/share/config/kdm/sessions,/usr/share/apps/kdm/sessions,/usr/share/xsessions,/etc/X11/sessions

[17] Comentário enviado por removido em 01/11/2011 - 22:50h

@niquelnausea,

obrigado pela contribuição, vou testar sua dica tendo em vista que estou usando KDE ultimamente.

um abraço.

[18] Comentário enviado por hedbruno em 04/11/2011 - 11:53h

Só respondendo a minha questão anterior, para que a resolução fique full ao se logar na VM, e só desligar/ fechar/salvar a Vm em modo "Tela Cheia" quando estiver logado no sistema(normal) assim você não vai ficar aparecendo as bordas quando estiver logado na VM, fora isso estou achando perfeito.

[19] Comentário enviado por filipo_tardim em 26/03/2015 - 13:26h


Excelente dica! Apesar de ser de 2011, ainda funciona perfeitamente.
O único problema que tive foi de acessar dispositivos USB, pois o menu não aparece, mesmo apertando as combinações de teclas.
Alguém conseguiu contornar essa situação?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts