Docker e Flannel

Veremos nesse artigo, como é possível utilizar o Flannel para criar um ambiente de multihost no Docker. Para quem não conhece ainda, o Flannel é backend para rede desenvolvido pela CoreOS, com o intuito de facilitar a administração dos clusters de Docker e da rede de cada container. Nesse artigo, abordaremos desde a instalação e configuração básica, até um exemplo prático de utilização.

[ Hits: 4.063 ]

Por: Mundo Docker em 09/10/2016 | Blog: http://www.mundodocker.com.br


Introdução



Oi pessoal!

A intenção hoje, é chamar a atenção para um dos recursos que está presente no Docker e que, às vezes, passa despercebido para muitos dos utilizadores dessa tecnologia, que é trabalhar com rede. Com a ascensão do Docker 1.12, ficou ainda mais fácil mudar a forma de trabalhar com rede; você pode integrar o Docker com diversos plugins e tecnologias, hoje veremos como utilizar o Flannel para ser seu backend de rede.

Para quem não conhece, o Flannel é um projeto que foi inicialmente desenvolvido pela CoreOS, mas que atualmente é mantido, além da própria empresa, pela comunidade. Ele utiliza um serviço de chave-valor para persistir as informações sobre alocação de ip entre hosts e containers, por padrão ele utiliza o Etcd (que por coincidência é desenvolvido e mantido pela CoreOS também), veja abaixo algumas das características do Flannel e a diferença em relação ao Docker Network:

                                   Flannel                    Docker Overlay Network     

Modelo				   VxLAN ou UDP               VxLAN
Isolamento de aplicação		   CIDR Schema                CIDR Schema
Protocolos suportados		   Todos		      Todos
Serviço de nome			   Não			      Não
Requer backend externo		   Sim                        Sim
Tipo de encriptação		   TLS			      Não
vNIC por Container		   Não			      Sim
Restrição de subnet por container  Não			      Sim

Como podem notar, o Flannel tem algumas vantagens e desvantagens em relação ao Docker Network, destacam-se a comunicação encriptada que ele provê e não ter a possibilidade de criar subnet diferente por aplicação, ou seja, todos os containers fazem parte da mesma rede. Se você está pensando em utilizar Kubernetes, leve em consideração o Flannel, pois é um dos plugins mais utilizados com esse orquestrador.

Vamos colocar a mão na massa?

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação e configuração
   3. Testes
Outros artigos deste autor

Montando Volumes no Docker

Rancher - Painel para Docker

Leitura recomendada

Nagios 3 + NagiosQL no Ubuntu Server 12.04

Docker - Containers em Linux (parte 2)

Tutorial hadoop - Guia prático de um cluster com 3 computadores

Monitorando Rede com Zabbix no Debian 7

Linux Group Policy

  
Comentários
[1] Comentário enviado por UrielRicardo em 17/10/2016 - 14:53h

Parabéns pelo artigo! Saberia me informar se a configuração é em JSON?

[2] Comentário enviado por mundodocker em 18/10/2016 - 07:04h

Olá Uriel,
Sim, o formato é em JSON, faltou essa informação ali mesmo.
Obrigado pelo feedback.

[3] Comentário enviado por UrielRicardo em 20/10/2016 - 15:37h


[2] Comentário enviado por mundodocker em 18/10/2016 - 07:04h

Olá Uriel,
Sim, o formato é em JSON, faltou essa informação ali mesmo.
Obrigado pelo feedback.


Muito obrigado


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts