Dispositivos no Linux

adz

Esse artigo é voltado para os usuários iniciantes no mundo Linux que ainda não entendem claramente o que significam os hda1, ttyS0 e sda1 da vida que soam tão estranhos a princípio. Também estudaremos o arquivo /etc/fstab.

[ Hits: 17.074 ]

Por: tétinho.. em 29/01/2004


Introdução



No Linux, todos os dispositivos localizam-se no diretório /dev. Os mais comuns são:

Dispositivo Descrição /dev/fd0 primeira unidade de disquete. /dev/hda primeiro drive na primeira IDE (master), sendo /dev/hda1 a primeira partição primária. /dev/hdb segundo drive na primeira IDE (slave), geralmente o CD-ROM (symlink /dev/cdrom). /dev/hdc primeiro drive na segunda IDE (master). /dev/hdd segundo drive na segunda IDE (slave). /dev/sda1 a primeira partição SCSI. /dev/scd0 primeiro cdrom SCSI (ou /dev/sr0). /dev/ttyS0 a porta serial, a COM1 do DOS (symlink /dev/mouse). /dev/lp0 a porta paralela, a LPT1 do DOS (symlink /dev/printer).


O zip drive é considerado como formatado na quarta partição do disco, ou seja, se estiver como master na segunda IDE, estará portanto em /dev/hdc4.

O acesso aos drives é feito através dos pontos de montagem, na inicialização através dos diretórios definidos no fstab (/etc/fstab) ou ao se executar o comando mount.

Exemplos de montagem de disquete e CD:

# mount -t vfat /dev/fd0 /mnt/floppy
# mount /dev/hdd /cdrom

Se o CDROM já estiver definido em fstab, o comando para montá-lo se resume a "mount /cdrom".

Exemplo de fstab:

/dev/hda2     swap      swap     defaults               0   0
/dev/hda3     /         ext2     defaults               1   1
/dev/hda1     /mnt/dos  vfat     defaults               1   0
/dev/hdd      /cdrom    iso9660  ro,user,noauto,unhide  1   0
none          /dev/pts  devpts   gid=5,mode=620         0   0
none          /proc     proc     defaults               0   0

O fstab tem várias opções que podem ser úteis, como a possibilidade de se montar o disco automaticamente na inicialização do sistema (auto), somente leitura (ro), sem suid (nosuid), sem esconder arquivos (unhide) e sem fsck (último 0). Se esta última for igual a 1, indicará o primeiro a ser verificado (o '/') e 2 os seguintes (outras partições).

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Configuração da impressora HP Deskjet 3650

Leitura recomendada

Instalando placa wireless no OpenSUSE 11.0 (método genérico para qualquer placa)

Modens PCTEL/LG/VIA sem complicação (talvez um pouquinho)

Tabela de Partição GUID - Uma Pequena Introdução

Configurando o COMBO (DVD/CDRW) no CL8

Configurando Wireless LG LW2110P com chipset rtl8180 (Realtek)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 30/01/2004 - 14:06h

Parabéns, muito bom o tutorial! Mas eu acho que seria interessante também dar ênfase em dispositivos USB, que estão se tornando cada vez mais populares e o material sobre isso é um pouco escasso e complicado.

[2] Comentário enviado por nico_di_mafre em 12/05/2004 - 16:09h

O artigo sobre o comando mount está bom, mas poderia falar um pouquinho mais :)

[3] Comentário enviado por chumbeto em 22/08/2004 - 11:02h

P/ montar partições com usuario comum e ter permissão p/ gravar, coloque as opções user,rw

Ex.: /dev/hda2 /mnt/hda2 reiserfs noauto,user,rw 0 0

[4] Comentário enviado por saiden em 17/12/2004 - 11:21h

Bom trabalho, adz
[]s


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts