Dispositivos no Linux

adz

Esse artigo é voltado para os usuários iniciantes no mundo Linux que ainda não entendem claramente o que significam os hda1, ttyS0 e sda1 da vida que soam tão estranhos a princípio. Também estudaremos o arquivo /etc/fstab.

[ Hits: 17.143 ]

Por: tétinho.. em 29/01/2004


Introdução



No Linux, todos os dispositivos localizam-se no diretório /dev. Os mais comuns são:

Dispositivo Descrição /dev/fd0 primeira unidade de disquete. /dev/hda primeiro drive na primeira IDE (master), sendo /dev/hda1 a primeira partição primária. /dev/hdb segundo drive na primeira IDE (slave), geralmente o CD-ROM (symlink /dev/cdrom). /dev/hdc primeiro drive na segunda IDE (master). /dev/hdd segundo drive na segunda IDE (slave). /dev/sda1 a primeira partição SCSI. /dev/scd0 primeiro cdrom SCSI (ou /dev/sr0). /dev/ttyS0 a porta serial, a COM1 do DOS (symlink /dev/mouse). /dev/lp0 a porta paralela, a LPT1 do DOS (symlink /dev/printer).


O zip drive é considerado como formatado na quarta partição do disco, ou seja, se estiver como master na segunda IDE, estará portanto em /dev/hdc4.

O acesso aos drives é feito através dos pontos de montagem, na inicialização através dos diretórios definidos no fstab (/etc/fstab) ou ao se executar o comando mount.

Exemplos de montagem de disquete e CD:

# mount -t vfat /dev/fd0 /mnt/floppy
# mount /dev/hdd /cdrom

Se o CDROM já estiver definido em fstab, o comando para montá-lo se resume a "mount /cdrom".

Exemplo de fstab:

/dev/hda2     swap      swap     defaults               0   0
/dev/hda3     /         ext2     defaults               1   1
/dev/hda1     /mnt/dos  vfat     defaults               1   0
/dev/hdd      /cdrom    iso9660  ro,user,noauto,unhide  1   0
none          /dev/pts  devpts   gid=5,mode=620         0   0
none          /proc     proc     defaults               0   0

O fstab tem várias opções que podem ser úteis, como a possibilidade de se montar o disco automaticamente na inicialização do sistema (auto), somente leitura (ro), sem suid (nosuid), sem esconder arquivos (unhide) e sem fsck (último 0). Se esta última for igual a 1, indicará o primeiro a ser verificado (o '/') e 2 os seguintes (outras partições).

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Configuração da impressora HP Deskjet 3650

Leitura recomendada

Configurando o COMBO (DVD/CDRW) no CL8

Melhorando a performance das aplicações em redes de longa distância

Instalação do driver Nvidia no Debian e em distros derivadas

Configurando placa de som Sound Blaster Live!

Ajustando o desempenho de discos rígidos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 30/01/2004 - 14:06h

Parabéns, muito bom o tutorial! Mas eu acho que seria interessante também dar ênfase em dispositivos USB, que estão se tornando cada vez mais populares e o material sobre isso é um pouco escasso e complicado.

[2] Comentário enviado por nico_di_mafre em 12/05/2004 - 16:09h

O artigo sobre o comando mount está bom, mas poderia falar um pouquinho mais :)

[3] Comentário enviado por chumbeto em 22/08/2004 - 11:02h

P/ montar partições com usuario comum e ter permissão p/ gravar, coloque as opções user,rw

Ex.: /dev/hda2 /mnt/hda2 reiserfs noauto,user,rw 0 0

[4] Comentário enviado por saiden em 17/12/2004 - 11:21h

Bom trabalho, adz
[]s


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts