Cluster de Alta disponibilidade do Zimbra Collaboration System

Este documento destina-se a todos os administradores de sistemas que desejam ter um serviço de alta disponibilidade em seu sistema de colaboração.

[ Hits: 20.264 ]

Por: Braulio Gomes Rodrigues em 17/11/2015 | Blog: http://www.linuxajuda.org


Configuração dos serviços de DNS do cluster



Você deverá configurar em seu servidor de DNS os hosts do cluster os dois nós se chamarão srvp1 e srvp2 para facilitar o entendimento de todos e o cluster se chamará mail.
Split DNS IP:   10.0.1.100    mail.linuxajuda.org
Nó primário:    10.0.1.101    psrvp1.linuxajuda.org
Nó secundário:  10.0.1.102    srvp2.linuxajuda.org

Em ambos os nós a configuração do /etc/hosts ficará da seguinte forma:
127.0.0.1   localhost localhost.localdomain localhost4 localhost4.localdomain4
10.0.1.101  srvp1.linuxajuda.org    srvp1
10.0.1.102  srvp2.linuxajuda.org    srvp2 
10.0.1.100   mail.linuxajuda.org    linuxajuda.org

Instalação do DRBD

O DRBD é um software que permite fazer RAID pela rede, ou seja, podemos replicar dados de partições inteiras pela rede. É um recurso extraordinário para servidores críticos, onde seus dados não podem ser perdidos.

Instale os pacotes drbd-versaoatual-utils e kmod-versaoatual-drbd em ambos os nós:

# rpm -Uvh http://www.elrepo.org/elrepo-release-6-6.el6.elrepo.noarch.rpm
# yum install drbd84-utils.x86_64 kmod-drbd84.x86_64


Deixe os arquivos /etc/drbd.conf e /etc/drbd.d/global_common.conf por padrão e crie o arquivo optzimbra no diretório /etc/drbd.d:

resource optzimbra {
   startup {
      wfc-timeout 0;
      degr-wfc-timeout
      20;
   }

   syncer {
      rate 10M;
      al-extents 257;
   }

   disk { on-io-error detach; }

   on srvp1.linuxajuda.org {
      device      /dev/drbd0;
      disk        /dev/sda3;
      address     10.0.1.101:7788;
      meta-disk   internal;
   }

   on srvp2.linuxajdua.org {
      device      /dev/drbd0;
      disk        /dev/sda3;
      address     10.0.1.102:7788;
      meta-disk   internal;
   }
}

Remova qualquer referência ao /dev/sda3 no arquivo /etc/fstab, pois o drbd é que vai se encarregar de montar o filesystem.

Primeiramente iremos zerar os dados da partição em ambos os nós:

# dd if=/dev/zero of=/dev/sda3 bs=1M count=128

Agora iniciaremos o módulo do DRBD:

# modprobe drbd

Uma vez configurado o drbd, vamos criar o metadata no recurso optzimbra.res, em ambos os nós:

# drbdadm create-md optzimbra

Nó srvp1:

# drbdadm create-md optzimbra
Writing meta data...
initializing activity log
NOT initialized bitmap
New drbd meta data block successfully created.


Nó srvp2:

# drbdadm create-md optzimbra
Writing meta data...
initializing activity log
NOT initialized bitmap
New drbd meta data block successfully created.


Conectando e inicializando o recurso, em ambos os nós:

# drbdadm up optzimbra

Vamos realizar a primeira sincronização entre os nós. Execute apenas no nó primário, que no nosso caso, será o srvp1. Então somente no srvp1, rodar:

# drbdadm -- --overwrite-data-of-peer primary optzimbra
# drbdadm --discard-my-data connect optzimbra


No servidor primário deverá ficar:

# cat /proc/drbd
version: 8.4.6 (api:1/proto:86-101)
GIT-hash: 833d830e0152d1e457fa7856e71e11248ccf3f70 build by [email protected], 2015-04-09 14:35:00 0: cs:Connected ro:Primary/Secondary ds:UpToDate/UpToDate C r----- ns:7304 nr:0 dw:1856548 dr:726541 al:106 bm:0 lo:0 pe:0 ua:0 ap:0 ep:1 wo:f oos:0


E no secundário:

version: 8.4.6 (api:1/proto:86-101)
GIT-hash: 833d830e0152d1e457fa7856e71e11248ccf3f70 build by [email protected], 2015-04-09 14:35:000: cs:Connected ro:Secondary/Primary ds:UpToDate/UpToDate C r-----ns:0 nr:365436 dw:365436 dr:0 al:0 bm:0 lo:0 pe:0 ua:0 ap:0 ep:1 wo:f oos:0


Criando agora o sistema de arquivos no servidor primário:

# mkfs.ext4 /dev/drbd0

Agora iremos rebaixar o nó srvp1 para secundário para criar o sistema de arquivos no secundário:

# drbdadm secondary optzimbra

Agora execute no servidor srvp2 o comando abaixo:

# drbdadm primary optzimbra
# mkfs.ext4 /dev/drbd0


Feito isso iremos reverter os servidores novamente colocando o primário como primeiro nó e o secundário como segundo nó.

Em ambos os nós faça o seguinte:

# drbdadm disconnect optzimbra

Agora no nó secundário:

# drbdadm secondary optzimbra
# drbdadm connect --discard-my-data optzimbra


E no nó primário:

# drbdadm connect optzimbra

Agora vamos verificar a sincronização:

# cat /proc/drbd
version: 8.4.6 (api:1/proto:86-101)
GIT-hash: 833d830e0152d1e457fa7856e71e11248ccf3f70 build by [email protected], 2015-04-09 14:35:00 0: cs:Connected ro:Primary/Secondary ds:UpToDate/UpToDate C r----- ns:7304 nr:0 dw:1856548 dr:726541 al:106 bm:0 lo:0 pe:0 ua:0 ap:0 ep:1 wo:f oos:0


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Considerações iniciais
   2. Configuração dos serviços de DNS do cluster
   3. Instalação do Zimbra Collaboration System
   4. OFC
   5. Pacemaker
   6. Comandos para controlar e checar os serviços
   7. Criando uma página para exibir o status via web
Outros artigos deste autor

Tutorial completo de implementação de LDAP + Samba + Squid

Leitura recomendada

Post-la - Gerador de relatórios para o Postfix

Exim4 com MailScanner + Clamav

Fazendo backup no Gmail via cliente de e-mail e IMAP

Solução completa com o sendmail (segunda edição)

Webmail Roundcubemail em PHP4/PHP5 com skins, LDAP e extras

  
Comentários
[1] Comentário enviado por qxada07 em 03/08/2016 - 09:56h

Parabéns mano...
Att.

01010010 01101001 01100011 01100001 01110010 01100100 01101111 00100000 01010110 01100001 01110011 01100011 01101111 01101110 01100011 01100101 01101100 01101100 01101111 01110011


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts