Administrando bancos MySQL com phpMyAdmin

Esta poderosa ferramenta lhe permite administrar seus bancos de dados via web, de forma fácil e intuitiva! Neste artigo vamos abordar todos os passos necessários para instalação do phpMyAdmin.

[ Hits: 75.770 ]

Por: Alan Cota em 07/05/2005


Download e instalação



Este artigo foi criado em sistemas SuSE Enterprise Sever 8.

Antes de começarmos vamos aos requisitos necessários para a instalação do phpMyAdmin:
  • PHP na versão 4.1.0 ou maior;
  • Se você quiser mostrar thumbnails nas imagens JPEGs, será necessário o suporte a GD2, no PHP
  • MySQL 3.23.32 ou mais novo

A versão do phpMyAdmin que vamos usar será a 2.6.1-pl3, que é a mais recente disponibilizada.

Primeiro vamos realizar o download, utilizando um mirror do SourceForge. Digite os seguintes comandos, em seu console:

# wget http://belnet.dl.sourceforge.net/sourceforge/ phpmyadmin/phpMyAdmin-2.6.1-pl3.tar.gz

Assim que o download do arquivo terminar, execute o seguinte comando para descompactá-lo:

# tar -xvzf phpMyAdmin-2.6.1-pl3.tar.gz

Depois será necessário copiar a pasta criada (phpMyAdmin-2.6.1-pl3) para o diretório do seu webserver, que no meu caso é /srv/www/htdocs.

Dentro da pasta criada, execute o seguinte comando:

# chmod 664 config.inc.php

Isto fará uma restrição para proteger o arquivo de configuração da ferramenta.

Ainda dentro da pasta descompactada do phpMyAdmin, execute o comando:

# chown -R wwwrun.www *

Onde "wwwrun" é o usuário que inicia o Apache (no SuSE 8) e "www" o grupo. O * representa todos os arquivos dentro da pasta do phpMyAdmin, que foi descompactada.

Antes de começarmos a editar o arquivo config.inc.php, vamos entender o que iremos alterar, lembrando que no site da ferramenta (http://www.phpmyadmin.net/documentation/#config) existe vasta documentação sobre este arquivo de configuração e que aqui nós iremos realizar uma configuração básica, supondo a existência de apenas 1 servidor MySQL em sua rede.

Inserindo conexões ao servidor MySQL


Dentro do arquivo config.inc.php existem as seguintes seções de configuração de servidores MySQL, que devemos alterar:

$cfg['PmaAbsoluteUri'] = '';
Neste parâmetro de configuração você deve entrar a URL completa do seu phpMyAdmin. Por exemplo, se você colocou os arquivos dentro da pasta phpmy, sua URL será: http://webserver/phpmy

$cfg['Servers'][$i]['host'] = 'localhost';
Aqui entrará o nome do seu servidor MySQL. Caso ele esteja na mesma máquina do web server, você pode deixar localhost.

$cfg['Servers'][$i]['port'] = '';
Caso sua porta de conexão ao MySQL seja diferente de 3306, coloque-a aqui, caso o contrário deixe em branco para que a default seja utilizada.

$cfg['Servers'][$i]['controluser'] = '';
Usuário de read-only na sua base MySQL. Ele precisa ter grants em "mysql/user" e "mysql/db". Eu criei um usuário "phpmy" com os grants solicitados, utilizando os seguintes scripts, como root do mysql:

mysql> GRANT SELECT ON mysql.user TO 'phpmy'@'localhost' IDENTIFIED BY 'senha';
mysql> GRANT SELECT ON mysql.db TO 'phpmy'@'localhost' IDENTIFIED BY 'senha';

$cfg['Servers'][$i]['controlpass'] = '';
Senha do usuário read-only, mencionado acima.

cfg['Servers'][$i]['auth_type'] = 'http';
Deixando como http, ao abrir a aplicação phpMyAdmin, será pedido um login e senha, que serão login e senha do banco de dados. Esta é a forma mais segura, pois se for configurado "config", você terá que inserir o usuário e senha de acesso ao banco de dados, tornando sua conexão insegura.

Bom, com estes parâmetros preenchidos nós já temos nosso phpMyAdmin funcionando. Para testar basta abrir a URL: http://seu_web_server/nome_da_pasta onde seu_web_server é o nome do servidor web onde você colocou o sistema e nome_da_pasta é o nome da pasta criada ao descompactar os arquivos, lembrando que você pode renomeá-la para ficar mais fácil a digitação.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Download e instalação
   2. Funcionalidades básicas
   3. Conclusão
Outros artigos deste autor

Por que o Linux é uma melhor opção comparado ao Windows?

Autenticação no Iptables

Gerenciando regras de Iptables com Firewall Builder (parte 2)

Certificações Novell para Linux

Implementando uma política de segurança eficaz

Leitura recomendada

MySQL Workbench no Slackware 14.0

MariaDB + phpMyAdmin no Ubuntu 12.04 LTS

SQL Dicas & Truques (parte 2)

Replicação em banco de dados MySQL

Introdução ao MySQL

  
Comentários
[1] Comentário enviado por internero em 07/05/2005 - 20:34h

Excelente artigo Alan! Detalhou legal o phpMyAdmin! Essa ferramenta é essencial para qualquer desenvolvedor web, mesmo para aqueles que trabalham em ambiente local.

Parabéns!

[2] Comentário enviado por msergios em 08/05/2005 - 16:57h

Muitos parabéns!! O seu artigo está mesmo muito bom.
abraços

[3] Comentário enviado por alexandremas em 09/05/2005 - 11:18h

Para distros baseadas no debian, para instalar basta usar
$ apt-get install phpmyadmin

[4] Comentário enviado por crayon em 10/05/2005 - 14:20h

Rapaz ... se num ta fazendo mais nada além de escrever artigos naum ?!?
Cara ta muito legal o artigo!
Parabéns ...

Abraços,
Kassiano

[5] Comentário enviado por flavioc em 12/05/2005 - 02:29h

Para usuários não analistas de sistema, ainda falta um banco de dados tipo "access", que funcione e seja gerenciado em ambiente gráfico sem a necessidade de usar a linguagem sql.

[6] Comentário enviado por PCMasterPB em 01/10/2005 - 15:04h

Realmente o phpMyAdmin é uma mão na roda!

[7] Comentário enviado por jojo83 em 21/11/2005 - 12:11h

Excelente artigo.

Eu tive um problema... ao logar .

Vai direto para o site da microsoft.

[8] Comentário enviado por henbran em 24/06/2006 - 02:48h

Muito bem.
Olha, p/ quem usa o kurumin ou outros sistemas afins, no terminal execute "apt-get install phpmyadmin" e espere instalar e pronto.
Um grande abraço a todos.

[9] Comentário enviado por Wesllay em 21/08/2006 - 21:40h

Mesmo foi as alteração no arquivo config.inc.php não deu certo, sabe como me ajudar?

[10] Comentário enviado por nill_kurumin em 04/09/2006 - 16:26h

oi galera to precisando muito da ajuda de vcs!!! é o seguinte vou logo ao assunto pois é urgente:
eu tenho um pentium4 e meu pai comprou recentemente um pentium4 pra minha irma so que ela viajou e eu aproveitei pra colocar o linux no pc dela. pois eu sou um pregador do linux ja convenci todos os meus amigos que tem pc a colocar o linux, e ate meus primos, 7 primos meus ja colocaram o linux e 26 amigos ja estao usando graças a mim, mais como eu tenho o kurumin 2.05 eu sempre instalo ele. mais eu baixei o novo o kurumin 6.0 mais nao consigo iniciar esse nao é o preblema dexa esse que eu resolvo depois. o problemas é que minha irma tinha o windows98 no pc dela ae eu instalei o linux kurumin, mais proposital eu excluir o windows98 dela mais fiz um backup dos arquivos, e coloquei no linux, intao como vcs podem ver só viz uma substituição de Sistema Operacional, mais o kurumin deu problema na resolução, ae eu tive que reinstalar, intao peguei todos os arquivos dela e coloquei em uma partição NTFS, e depois quando voltei ao linux a partição nao apareceu mais intao eu me desesperei, quase q eu me mijo de tanto medo, indoidei procuarndo mais nao axei, intao usei o cFdisk pra ver se a partição ainda existia e ele mostrou que sim, intao consegui me acalmar um pouco, depois disso eu mudei o typo de partição para uma que o linux reconhecesse ae coloquei como linux mesmo assim ele nao reconheceu e tentei de diversas formas mais ele nao reconheceu, intao usei o Testdisk pra recuperar os arquivos dela, nao sei usar esse programa mais eu me "virei" intao consegui achar em uma partição Fat32 que foi a ultima que eu testei, graças a DEUS todos os arquivos apareceram la so os nome e eu nao sei como recuperar me ajudem vou ter que devolver o pc dela hoje e se ela perceber ela vai me matar. aguardo anciosamnet respostas e urgentimente, por favor me ajudem, desde ja sou muito grato. by NILL

[11] Comentário enviado por linus black em 17/01/2007 - 18:35h

cara muito bom ,quero só lembrar que e muito impportante deixar bem claro ,como vc acabou de demonstrar a verção da distro do software que sera instalado pois eu uso o slackware 10.2 e já estava desesperassoso de encontrar uma sica para instalar o phpad,ajei show o que vc fes aoui muito obrigado ,...ha se tiver como vc escrever sobre o slackware da um toque por e-mail falo viva a liberdade...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts