Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · SoftwareLivre.org · UnderLinux

Linux banner
Linux banner


» Screenshot


Artigo

Enviar e-mail pelo terminal com mutt
Linux user
rai3mb
25/11/2011
Neste artigo pretendo cobrir uma forma simples e rápida de usar o mutt para enviar e-mails pelo terminal, usando uma conta do GMail.
Por: Raimundo Alves Portela | Blog: http://portela.tendalinux.com
[ Hits: 30773 ]
Conceito: 10.0   4 voto(s)4 voto(s)4 voto(s)4 voto(s)4 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Instalando, Configurando e Enviando e-mail

Vi algumas pessoas precisando desse tipo de recurso, usei no início do ano e até tinha me esquecido como ;-), resolvi resgatar alguns arquivos de configuração que tenho e voltei a brincar com isso; e acho que vou usá-lo mais daqui pra frente.

A ferramenta usada para fazer o envio de e-mails, é o mutt :

"Mutt é um software de baseado em texto (para terminais) pequeno, mas muito poderoso para a leitura e envio de e-mails em sistemas operacionais UNIX, incluindo suporte para cores em terminais, MIME, OpenPGP, e um modo de classificação threaded."

(Tradução livre de parte do man mutt, apoiada pelo http://translate.google.com.br)

Bom como você pode ver o mutt serve tanto para ler (receber) como para enviar e-mail, nesse artigo vou apenas cobrir uma forma rápida de configurá-lo para enviar, e posto algumas dicas para automatizar o envio da mesma mensagem para diversos destinatários.

Instalando o mutt

Testando no Ubuntu 11.10 e Debian 6.

Como já faz parte dos repositórios padrões, para instalar, basta usar o comando:

$ sudo apt-get install mutt

Após o download e instalação automática pelo apt-get, no Debian passe para a configuração, no Ubuntu alguns telas de configurações serão mostradas:
Linux: Enviar e-mail pelo terminal com mutt

Essa tela avisa sobre as configurações de servidor de e-mail disponível, apenas dê um ENTER, já a próxima tela:
Linux: Enviar e-mail pelo terminal com mutt

Pede para você escolher a configuração de servidor de e-mail que melhor atende as suas necessidades, como nossa necessidade no momento é só enviar e-mail, escolhe a primeira opção 'No configuration' e dê ENTER.

Configurando o arquivo .muttrc

Agora vamos configurar o arquivo de usuário que o mutt irá usar para coletar as informações para envio de e-mail.

Esse arquivo não existe por padrão, então iremos criá-lo, dentro do diretório do usuário desejado:

$ nano ~/.muttrc

# Nome do Remetente
set realname="Raimundo Portela"

# Email do Remetente
set from="rai3mb@gmail.com;"

# Usuario da conta de email
set my_user=rai3mb@gmail.com

# Senha da conta de email
set my_pass='SENHA_FACIL'

# Autenticacao no servidor smtp de email, nesse caso do gmail.com
set smtp_url=smtps://$my_user:$my_pass@smtp.gmail.com

# Camada de segurança, requerida pelo gmail.com
set ssl_force_tls = yes

Usei o editor nano, você pode usar qualquer um, basta colocar o conteúdo indicado fazendo as adaptações e salve dentro do seu diretório de usuário com o nome '.muttrc' (observe o ponto no inicio do nome) , deixei-o comentado para facilitar.

Enviando o e-mail

Bom, agora começa brincadeira, basta abrir um terminal e passar alguns parâmetros básicos para o mutt, eu uso a seguinte sintaxe:

$ echo 'conteúdo do e-mail' | mutt -s 'assunto do e-mail' email_destino@dominio.com

Exemplo:

$ echo "Ao rai3mb,
Testando envio de email com mutt
Att,
tu mesmo" | mutt -s "assunto teste" rai3mb@gmail.com


Linux: Enviar e-mail pelo terminal com mutt

Email com arquivo anexo

Para enviar um ou vários arquivos em anexo ao e-mail, basta informar o parâmetro '-a' seguindo do nome dos arquivos:

$ echo 'Este é um email teste enviado para mim mesmo ;-)' | mutt -s 'teste para VOL' -a pgadmin.log log-7z.txt -- rai3mb@gmail.com

Obs.: Observe que após o nome do último arquivo a anexar deve-se colocar '--' (dois traços) para depois informar o(s) destinatário(s).
Linux: Enviar e-mail pelo terminal com mutt

    Próxima página >>




Páginas do artigo
   1. Instalando, Configurando e Enviando e-mail
   2. Dicas extras

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por lemuelroberto em 25/11/2011 - 08:24h:

Muito obrigado.

Muito bom poder enviar um email de forma tão fácil pelo terminal, e de forma automática.



[2] Comentário enviado por ribafs em 25/11/2011 - 08:52h:

Caro Portela, uma beleza sua dica.
Testei aqui num Mint e funcionou beleza.
Isso é realmente trabalhoso de achar.
Quando trabalhamos em servidores sem ambiente gráfico fica muito útil.
Valeu camarada, muito grato pela dica!


[3] Comentário enviado por hellnux em 25/11/2011 - 10:20h:

Bela contribuição,

Já utilizo o mutt em alguns scripts. Fiquei curioso com o código "while read LINHA" e decidi testa-lo aqui no Ubuntu, a priori não funcionou. Só funcionou quando deixei uma linha em branco no final do arquivo dos destinatarios, acredito que o correto seja assim. A versão do meu bash é 4.1.



[4] Comentário enviado por izaias em 25/11/2011 - 12:03h:

Não falei, Rai.

É um excelente trabalho!
Parabéns pinguim!


[5] Comentário enviado por rai3mb em 25/11/2011 - 18:56h:

Valeu pessoal, que bom que esteja sendo útil.

@hellnux
O meu bash GNU bash, version 4.1.5(1)-release (i486-pc-linux-gnu)
Tá funcionando normalmente, sem colocar a linha em branco no final, achei estranho o erro pra vc, pra mim sempre funcionou ;-)

Pode ser a formatação de alguma coisa que determina o fim do arquivo ;-), meu $LANG_C = en_US.utf8

Mas o importante mesmo é que funcionou ;-)



[6] Comentário enviado por rodrigo.a.sc em 26/11/2011 - 10:33h:

No Caso ele seria um client que se logaria na sua conta no GMAIL e de lá enviaria um e-mail, certo ?!


[7] Comentário enviado por sansimon em 26/11/2011 - 12:55h:

Vale lembrar que no arquivo .muttrc a senha fica em modo texto legível , então é seguro depois que enviar remover a senha do .muttrc.
Valeu pela post, muito útil.

saudações a todos.


[8] Comentário enviado por rai3mb em 26/11/2011 - 22:04h:

@rodrigo.a.sc

Sim, assim como outros programas cliente Thunderbird e Evolution, eles precisam de um servidor configurado para o envio do e-mail, nesse caso demonstrei usando o smtp (servidor de envio) do GMail, mas pode ser outro basta trocar o servidor de autenticação, usuário e senha ;-)

Abraços


[9] Comentário enviado por rai3mb em 26/11/2011 - 22:10h:

@sansimon

Isso mesmo a senha fica legível, no caso se alguém não quiser colocar a senha no arquivo por achar que pode ser uma brecha de segurança do seu ambiente, pode não deixar a senha no arquivo, deixando as outras configurações, e fazer o seguinte:

Antes de enviar um e-mail no terminal, digite:

export my_pass='coloque_sua_senha'
echo 'conteúdo do email' | mutt -s 'assunto' e-mail_destino@dominio.com

Prontinho, vai funcionar do mesmo jeito e a senha fica na variável my_pass em memória podendo ser apagada logo em seguida, com:

my_pass='' ou unset my_pass

Abraços




[10] Comentário enviado por chimico em 27/11/2011 - 13:54h:

@rai3mb

parabéns quase chará, eu também estava procurando algo sobre o mutt, eu ia até perguntar sobre comom utilizar duas contas de email, mas vejo que dá para usar um shell script para cada uma. Quanto a segurança da senha creio que compilar o script deve resolver, ao invés de usar a senhar como variável de ambiente (http://www.vivaolinux.com.br/dica/Compilar-shell-script).


[11] Comentário enviado por rai3mb em 27/11/2011 - 21:22h:

@chímico

beleza, usar como variável de ambiente é mais seguro que compilar ;-), pois vc usa e logo em seguida apaga, compilando tem engenharia reversa, mas essa questão de segurança é para casos extremos mesmo, para o caso de alguém acessar seu micro e ficar fuçando arquivos como esse, nesse caso usando como variável e logo em seguida apagando não há problema.

Abraços


[12] Comentário enviado por duke_nukem em 28/11/2011 - 03:19h:

Bem legal, mas no meu aparece " alerme de tempo"


[13] Comentário enviado por rai3mb em 28/11/2011 - 10:00h:

@duke_nukem em que momento aparece essa mensagem?
é "alarme de tempo" ?? revise as configurações, está demorando para finalizar o comando? o problema pode ser outro...


[14] Comentário enviado por junior.rocha em 28/11/2011 - 18:00h:

Muito bom Raimundo!

Eu estava utilizando o sendEmail para enviar e-mails via PHP, mas vou pensar no mutt.
Hehe.

Um abraço.


[15] Comentário enviado por hellnux em 29/11/2011 - 11:33h:

@rai3mb

Desculpe a demora, pois a VM (Ubuntu 10.10) fica no meu trampo. Segue:

LANG=pt_BR.utf8

Estranho mesmo. Ninguém além de mim comentou sobre, então devo ser o único. ^^


[16] Comentário enviado por horion em 13/05/2012 - 12:48h:

Tem como usar o mutt com o logwatch para envio de e-mail, grande abraço


[17] Comentário enviado por rai3mb em 16/05/2012 - 12:31h:

Não conheço a ferramenta, mas se ela colocar sua saída em um arquivo ou na saída padrão, tem como sim, bastaria algo como

logwatch | mutt -s 'assunto' destinatario

ou

cat arquivo_de_saida | mutt -s 'assunto' destinatario


[18] Comentário enviado por removido em 02/06/2012 - 18:20h:

olá pra todos, hoje é meu primeiro dia.

sou novo no linux e estou apanhando a varios dias pra fazer meu servidor debian enviar mail. configurei o ssmtp e funciona mais como ele é muito limitado resolvi seguir este artigo e configurar o mutt só que ao enviar não dar menssagem de erro nem o e-mail chega. Alguem pode me ajudar?

é bem provavel que o erro seja no smtp que no ssmtp eu tive que configurar mailhub=smtp.supercabo.com.br:465 mais no mutt nao sei onde configurar.

desde já muito obrigado


[19] Comentário enviado por removido em 02/06/2012 - 18:27h:

é bem provavel que o erro seja no smtp que no ssmtp eu tive que configurar mailhub=smtp.supercabo.com.br:465 mais no mutt nao sei onde configurar.


[20] Comentário enviado por ivomar em 04/06/2012 - 08:55h:

Olá pra todos,

Fiz a configuração do mutt conforme o artigo. Quando envio o e-mail não chega. como verificar se existe algun erro?

sds,
Ivomar


[21] Comentário enviado por rai3mb em 05/06/2012 - 01:24h:

@ivomar veja o log, fica em /var/log/syslog

recomendo que execute o comando

cat /var/log/syslog | egrep 'mutt'


[22] Comentário enviado por rbortholin em 15/08/2012 - 09:44h:

Bom dia !!!

Estou tentando enviar o e-mail, porém está me retornando a mensagem.

"Could not connect to smtp.gmail.com (Network is unreachable).
Could not send the message."

Alguém faz ideia como resolver ou verificar a origem do erro ?


[23] Comentário enviado por rai3mb em 15/08/2012 - 23:15h:

@rbortholin "problema de rede inacessível" essa rede é sua? sabe se tem firewall?


[24] Comentário enviado por eabreu em 10/09/2012 - 20:43h:

gostei rai3mb!!! vou criar um script em dialog.

valeu pela contribuição.



[25] Comentário enviado por mscomp em 11/09/2013 - 12:54h:

rai3mb, parabéns pelo artigo, já me ajudou muito, consegui enviar email sim, sem problemas, mas ao executar o comando,

#mutt -s 'teste' murilomscomp@gmail.com

Ele entra em uma tela, acredito do mutt, aonde vai no editor nano, e depois preciso apertar y para enviar, minha dúvida é, há como enviar sem precisar entrar nessa tela? ou seja, executar o comando e ele já enviar direto o email?


Obrigado!!!


[26] Comentário enviado por hellnux em 11/09/2013 - 17:06h:

@mscomp

Acredito que ele entre nessa tela porque ficou faltando o Corpo da Mensagem. Eu tentaria da seguinte forma:

echo "" | mutt -s 'teste' murilomscomp@gmail.com


[27] Comentário enviado por maicheldp em 18/04/2014 - 12:19h:

No meu caso, não retornou erro, não houve log, e não chegou email...


[28] Comentário enviado por cesar em 28/04/2014 - 14:50h:

Muito bom, valeu!!


[29] Comentário enviado por alexsabc em 02/06/2014 - 10:16h:

Tenho a seguinte dúvida: No arquivo ~/.muttrc tem um campo de senha em texto claro. Isso gera um risco de segurança. Queria saber se tem um jeito de configurar o mutt para enviar email sem ter que informar a senha em texto claro. Gostaria (se possível) que o remetente fosse o próprio computador (localhost). Imagino que neste caso o computador deveria ter um serviço de email instalado e configurado. Se estiver errado, por favor me corrijam.


[30] Comentário enviado por woc em 17/06/2014 - 11:56h:

Boa tarde, fiz alguns ajustes no seu script que ficou ótimo e atende a minha necessidade.


#!/bin/bash

echo "Bem vindo ao meu script de envio de E-mails!!!"



ASSUNTO_EMAIL="$1" #Aqui deve ser colocado o arquivo do Assunto do E-mail
CORPO_EMAIL="$2" #Aqui deve ser colocado a mensagem do Corpo do E-mail
ANEXO_EMAIL="$3" #Aqui deve ser colocado o anexo do E-mail
EMAIL_DESTINO="$4" #Aqui deve ser colocado o arquivo dos E-mails de destino

while read LINHA
do
NOME=$(echo "$LINHA" | cut -d';' -f1)
EMAIL=$(echo "$LINHA" | cut -d';' -f2)
sed "s/_NOME_/$NOME/g" "$CORPO_EMAIL" | mutt -s "$ASSUNTO_EMAIL" -a "$ANEXO_EMAIL" -- "$EMAIL"
done < "$EMAIL_DESTINO"> /dev/null


echo "E-mails enviados aos destinatarios!!!"

##Desde Já agradeço pelo Tópico##



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.