01 02

Speedy Business - HowTo 2.0

Script para autenticação automática do Speedy Business. Roda em Console de Edison Figueira Junior

Por: Marcelo Donato de Lemos Rossato


Firewall Linuxman

O Firewall Linuxman é um shell script que utiliza iptables para configurar de forma semi-automatizada suas regras. Conta com as seguintes funções: Inserir automaticamente os módulos necessários ao iptables; Fazer NAT de uma ou várias redes; Fazer DNAT para um ou vários servidores em uma ou várias portas; Eliminar pacotes estranhos e/ou spoofados; Utilizar proxy transparente / Definir porta específica para o squid; Bloquear P2P; Bloquear Instant Messengers; Bloquear persona non-grata; Menu amigável de configuração. Roda em Console

Por: Marcelo Donato de Lemos Rossato


FetchYahoo 2.8.1

Script Perl para fazer download de e-mails de contas do Yahoo! Extremamente útil para usuários que possuam contas no Yahoo! americano, pois ele não fornece serviço POP gratuitamente. Com esse script é possível fazer o download de todas partes dos e-mails, incluindo arquivos anexos. Opcionalmente também pode encaminhar os e-mails para outro endereço em intervalos de tempo regulares. Roda em X11

Por: Marcelo Donato de Lemos Rossato


Atualização do AVG

Script para baixar os updates do AVG

Por: Marcelo Donato de Lemos Rossato


Script para Monitoramento

Muitas vezes, temos que disponibilizar serviços que não podem ficar fora do ar nem por alguns minutos durante o dia. Para atingir esses resultados, é necessário ter um sistema muito bem instalado e configurado e, além disso, utilizar um script que avise o administrador da rede (via e-mail) que algo não está funcionando bem e precisa ser arrumado. Foi escrito um script em PERL que verifica diversos serviços, conectividade e log de sistemas, entre eles: 1) Serviço sendmail, named, radiusd e httpd. 2) Teste de ping e traceroute. 3) Conectividade e host remoto. 4) Informações de hd e memória. 5) Últimas linhas dos log's. Segue abaixo o código que pode ser alterado, conforme necessidade. É claro que qualquer alteração, deve manter o nome do autor e os direitos autorais do script. Pronto!!! Depois de digitar essas linhas em um editor de texto, salve o arquivo e transforme em executável com o comando abaixo: chmod 700 nomearquivo Depois disso, basta colocar o arquivo no cron do usuário root para rodar de 10 em 10 minutos e receber os dados do sistema em seu e-mail.

Por: Marcelo Donato de Lemos Rossato



01 02