Script para controle de banda usando FreeRADIUS, PPPoE e HTB

Aqui estão os scripts que utilizo para o controle de banda dos meus clientes. O script ip-up foi feito por mim, mas como fonte de estudos utilizei alguns script que são distribuidos na internet. Aviso que qualquer semelhança se dá no modo de utilização e finalidade. Qualquer script para controle de banda usando TC será muito parecido mesmo. Veja em [ Fazer Download ] para o script ip-up. Veja em [ Código-fonte ] para o script ip-down e maiores instruções.

Por: Wilker Azevedo


Mostrando informações sobre conexões ppp dos clientes

Fiz este script porque gosto de monitorar meu servidor freqüentemente, com ele agilizo isso. Ele mostra o número de interfaces ppp criadas, o número de processos pppd para estas interfaces, a quantidade de arquivos pid referente aos processos pppd e a quantidade de arquivos radattr.pppX criados pelo radiusclient. Talvez seja necessário alterar os caminhos dentro do script. Em teoria, esses valores devem ser iguais. No entanto, devido a bugs, alguns processos pppd permanecem entre outras coisas.

Por: Wilker Azevedo


Monitorar pppe-server, radius e proxy (estilo fastfood)

Este script é bem simples, mas ajuda muito para checar o que está acontecendo com a conexão e navegação dos clientes se você tem um servidor pppoe + radius + proxy. Caso os daemons estejam em máquinas separadas, basta colocar o script nelas também. Verifique o caminho dos arquivos de log, talvez seja preciso alterar. Sei que este script qualquer um pode fazer, mas sempre tem alguém que não fez, então fica aí a idéia. É uma maneira bem rápida de olhar os logs em tempo real.

Por: Wilker Azevedo


freeradius: radwho mostrando número de usuários

Cansei de ficar contando na mão quantos clientes estavam conectados ao freeradius usando o radwho, Com isso escrevi este simples script que executa o radwho e ainda mostra o total. Ainda tem uma linha comentada que mostra a quantidade de processos pppd abertos (caso o servidor pppoe esteja no mesmo server). Deixei comentado poque no meu caso o pppoe-server está em outra máquina. Ele ainda aceita todos os argumentos de linha de comando graças ao "$*". Simples... mas ajuda bastante.

Por: Wilker Azevedo






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts